Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

novidade! novidade! o novo restaurante de diogo noronha abre já para a semana com peixe, marisco e comida biológica

Chama-se Pesca e é a grande novidade do dia. Na próxima terça-feira, dia 26 de Setembro, o chef Diogo Noronha, ex-Rio Maravilha e ex-Casa de Pasto, vai abrir o seu novo restaurante no Príncipe Real, em Lisboa. Para já, sabe-se que a ementa vai andar à volta do peixe e do marisco cozinhados de forma criativa. A acompanhar, haverá ingredientes biológicos: cogumelos, couves, batata doce, espinafres selvagens ou beringelas, por exemplo.

Há meses que Diogo Noronha está a trabalhar na nova carta e, na sua página de Instagram, tem revelado algumas experiências que fez, como este tentador prato.

1.png

 

Com o anúncio da data de abertura, foram também divulgadas algumas das especialidades que Diogo Noronha vai ter no Pesca e que já me deixaram a babar descontroladamente: umas vieiras braseadas com crocante de espargos e funcho do mar e da terra; um pargo braseado com puré de topinambor; um polvo na brasa com puré de batata doce de Aljezur; ou um salmonete (é só o meu peixe preferido) braseado com ovo a baixa temperatura.

Em relação ao espaço, ainda não há muitos detalhes, mas eu encontrei estas duas fotografias tiradas pelo chef e que mostram a esplanada e a cozinha.

4.png

3.png

O restaurante terá uma carta de cocktails elaborada por Fernão Gonçalves, o autor da carta inicial do Rio Maravilha. E as sobremesas foram criadas pelo pasteleiro Claiton Ferreira.

Para poder experimentar o Pesca nestes primeiros dias de soft-opening (eu sei, é uma moda que se está a espalhar pelo país...), pode ir ao site e reservar uma mesa. O restaurante vai estar aberto de terça a domingo, entre as 12h e as 15h e as 19h e a meia-noite. Ao fim-de-semana, não fecha durante a tarde.

Eu adorei o Rio Maravilha quando lá estava Diogo Noronha (leia a crítica aqui), por isso estou morto por experimentar o novo espaço.

 

Um óptimo restaurante para si onde quer que as novidades estejam, 

Ele

 

fotos: diogo noronha