Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o bar com uma das mais simpáticas vistas de mar (mas com um dos mais antipáticos serviços de cascais)

10010285_1028252880518274_4822256609413840338_o.jp

O serviço

O que é que será melhor: uma empregada que não sorri ou uma empregada que não lhe responde quando diz boa tarde? Hmmm... Deixe cá ver... 

O que é que será melhor: uma empregada que se queixa à colega de outra pessoa à sua frente ou uma empregada que continua a falar com a colega, de costas para si, enquanto espera ao balcão. Hmmm...

O que é que será melhor: uma empregada que tem uma enorme dificuldade em dizer "obrigado" ou uma empregada que tem uma manifesta incapacidade de dizer "se faz favor"? Hmmm...

São, de facto, dilemas difíceis de resolver, mas na Duna da Cresmina, em Cascais, não existe essa dúvida – até porque as empregadas conseguem reunir todas estas características numa equipa una e indivisível. Ali não há sorrisos, não há disponibilidades, não há boas vontades. Ali não há simpáticas e antipáticas. Ali faz-se aquilo que tem de se fazer. E nada mais. É preciso responder aos clientes? Responde-se – mas sem simpatias. É preciso levantar os pratos da mesa? Levanta-se – mas não se limpa a mesa. É preciso receber o dinheiro dos clientes? Recebe-se – mas não se agradece. Ou seja, o serviço cumpre – mas não agrada.

É pena, porque, no que diz respeito à vista, o sítio é imbatível.

 

10669044_862290713781159_2698632893435733429_o.jpg

O ambiente 

Este é provavelmente o bar com a melhor vista da Costa do Estoril. Aberto em Março de 2014, em cima da praia do Guincho, em Cascais, tem vista para as dunas, o pinhal, a praia, o mar e o pôr-do-sol no horizonte. Precisa de mais? Temos mais. Vire a cabeça ligeiramente para a direita e aprecie também a Serra de Sintra a cair em cima da água. Tudo isto pode ser visto de uma grande varanda com espreguiçadeiras de lona, pufes ou cadeiras de plástico. Também há mesas e bancos corridos de madeira sem encosto, mas isso é para os jovens que ainda não sofrem de lombalgias agudas.

O único defeito é o vento típico do Guincho. Apesar de a esplanada ter umas fundamentais protecções em vidro (que não retiram a vista), nos dias de mais vento não há nada que resolva o problema.

As tostas 

Tem duas hipóteses: pode vir aqui beber uma caipirinha ao fim do dia ou pode vir almoçar alguma coisa leve. E, nesse caso, há saladas ou tostas em pão escandinavo. Trata-se de um pão branco muito fino (como se fosse pita) que dobra e vai à tostadeira. Lá dentro pode levar ovo, bacon, frango, tomate e rúcula; pasta de atum ou pasta de frango e tomate; salmão e queijo creme com rúcula; queijo brie, mostarda de Dijon, rúcula e compota; ou ainda outras variedades. Eu escolhi a tosta de brie e abacate (€4,20). São dois óptimos ingredientes, mas também são dois ingredientes gordos. Resultado: a tosta torna-se um pouco enjoativa. Se o abacate viesse com tomate, com atum ou até mesmo com frango, ligaria melhor. Outra hipótese é acrescentar umas gotas de limão ou de vinagre balsâmico para cortar a gordura. Ou substituir as batatas fritas de pacote que acompanham a tosta por um pouco de alface temperada. Resulta.

As saladas 

Quanto às saladas, há com cuscuz, com massa, com quinoa ou com espinafres baby. Eu prefiro claramente esta última, que leva também pepino, alcaparras, bacon e queijo ralado por cima. A minha querida Mulher Mistério estava meio dividida entre a tosta de queijo brie com mostarda (€4,50) e a salada de espinafres baby (€5,50), mas acabou por resolver o problema da melhor maneira: convenceu as crianças a pedir a tosta e escolheu Ela a salada. Assim fingiu que teve um almoço light, mas acabou por comer metade das batatas fritas dos miúdos e cerca de um quinto das tostas. Segundo Ela, a de brie e mostarda estava óptima – só as batatas é podiam ser melhorzinhas.

Os crepes 

Se for muuuuuuito esquisitinho e nada disto lhe agradar, tem sempre os crepes – mas só depois do fim do Verão (já não falta muito). Não consegui provar, mas são prometedores: mel, chocolate, gelado, sumo de limão e coco ou Nutella.

10996983_979844938692402_4826152551076809785_n (1)

Os cães 

É verdade, os cães também têm direito a beber um copo aqui. Um dos cantos da esplanada é para eles. Está lá uma indicação ao lado de um prato com água fresca. Regularmente, a empregada vai mudar a água para o seu cão. E nunca houve um cão que se tivesse queixado de antipatia.

 

Um bom fim de tarde para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: duna da cresmina

 

3 comentários

Comentar post