Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o melhor puré de batata doce do planeta: com natas azedas e vinagre balsâmico

Tenho uma confissão a fazer: sofro de um grave problema de adição a batata doce. Aquilo que começou como a descoberta de uma alternativa mais doce e mais saudável à batata, está a transformar-se numa obsessão na minha vida. Hoje em dia, como batata doce a qualquer hora: ao pequeno-almoço (aqui), ao almoço (aqui), ao lanche (aqui), ao jantar (aqui), à ceia (aqui) ou até mesmo a dormir (aqui).

A batata doce está a substituir a minha querida Mulher Mistério na minha vida: sonho com ela, converso com ela, discuto com ela quando as receitas não saem bem e, melhor de tudo, ela nunca me contraria – o que quase nunca acontece com a minha prezada Mulher Mistério. E foi num destes momentos de paixão assolapada pela batata doce que encontrei esta fabulosa e facílima receita do fantástico site The Kitchn e que eu ainda não consegui bem qualificar: será um acompanhamento? Será uma sobremesa? Será uma ceia? Ou será só a melhor receita de puré de batata doce que eu já vi na vida?

Não sei. O que sei é que leva uma fabulosa combinação de natas frescas azedas e vinagre balsâmico, o que provoca um contraste viciante entre o doce da batata e do açúcar mascavado, o azedo das natas e o agridoce do balsâmico. Olhe só para esta fotografia irresistível...

bddbd7ce34b1fe7324d1c2212069992be95a368e.jpeg

 

Oh, meu Deus, porque é que me estás a fazer passar por esta provação?!

Tudo o que vou precisar é de batata doce cozida e descascada, açúcar mascavado, natas frescas azedas (sour cream), vinagre balsâmico e flor de sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Esmague bem a batata, ainda quente, numa taça grande até ficar com um puré muito suave. Junte o vinagre balsâmico, as natas, o açúcar mascavado e a flor de sal e mexa tudo. Se quiser, acrescente mais um pouco de sour cream com vinagre balsâmico e açúcar mascavado por cima. Além de ser divinal, dá um aspecto à receita que me deixa de coração partido. A minha querida Mulher Mistério que me perdoe esta traição.

 

Um óptimo puré para si onde quer que a batata doce esteja,

Ele

 

receita e foto: the kitchn