Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o novo serra da estrela

 

 

Um regional sofisticado

 

Ponto prévio.

Não há nada mais irritante do que chegar a um restaurante e:

- Para beber queria uma Coca-cola Zero com gelo e limão.

- Pode ser Pepsi Light?

 

O que apetece mesmo é:

- Não, é evidente que não pode ser Pepsi Light. Eu pedi Pepsi Light? Não pedi, pois não? Então não pode ser. É a mesma coisa que pedir um sumo de laranja natural e perguntar-me se pode ser Joy. Ou pedir um bife do lombo e perguntar-me se pode ser da rabadilha. Não pode. Odeio Joy, odeio rabadilha, odeio Pepsi e odeio mais ainda Pepsi Light. Parem com o massacre! Quero Coca-cola! É assim tão difícil de perceber?????!!!!!

 

 

 

Agora que já estou um pouco mais relaxado, podemos passar ao que interessa. Tirando esse gigante detalhe que é a perseguição da Pepsi aos clientes com bom gosto, vamos às notícias: o restaurante Serra da Estrela foi remodelado no Centro Comercial Alegro, em Alfragide. Abriu o novo espaço em Dezembro e só tem coisas boas. Algumas, boas demais.

 

 

O serviço

Uma coisa é um empregado simpático, outra coisa é um empregado com um espasmo muscular que o faz passar 24 horas por dia, 3600 segundos por hora a sorrir. É - como é que posso dizer isto sem ser ofensivo? - um pouco, muito pouco, incomodativo. Eu gosto de alguém que sabe sorrir quando deve ser simpático e sabe fazer um ar sério quando deve ser credível. De qualquer forma, para não dizerem que eu estou sempre a embirrar, também não é por aí. O serviço é rápido, eficiente e só um bocadinho simpático demais. Se houvesse um ar trombudo de vez em quando, seria perfeito.

 

O ambiente

A nova decoração não tem nada a ver com a Serra da Estrela. Mas isso não é obrigatoriamente mau. Especialmente quando a decoração que tem a ver com a Serra da Estrela é a que existia antes e ainda existe nos outros shoppings pelo país. Aqui o espaço é clean, bonito, branco e chama a atenção. Talvez um pouco sofisticado demais para um restaurante regional. Mas quem disse que este quer continuar a ser um restaurante regional?

 

 

A ementa

O couvert

Aqui houve a decência de manter o espírito regional: há presunto, queijo e tudo o resto que possa imaginar. Mas tudo isso se paga e, acima de tudo, demora. Ora, um almoço num centro comercial, entre uma reunião de manhã e uma conferência à tarde, não é programa para demorar nem para custar caro demais. É para ser rápido, barato e saboroso. E, por isso, fiquei apenas pelo pão, pela broa e pelo pão de passas. Tudo muito bom.

 

O prato principal

Aqui houve a ousadia de arriscar alguma coisa mais moderna. A descrição "costeletas de borrego grelhadas com molho de romã e vinho do Porto, folhado crocante de cogumelos e grelos salteados com presunto" dá-lhe vontade de apanhar o primeiro táxi em direcção a Alfragide? A mim dá, mesmo que isso implique 20 minutos a ouvir o taxista a falar das desgraças do País e das tragédias do Mundo. E há boas razões para esse entusiasmo. O prato é fantástico, o molho de romã e vinho do Porto é uma surpresa que joga na perfeição com o borrego, os grelos salteados são óptimos e o folhado crocante é isso mesmo - um folhado crocante. Uma única ligeiríssima crítica. Costeletas de borrego grelhadas têm de vir ligeiramente tostadas e estas estavam ligeiramente moles. Não é perfeito. Mas é bom. Muito melhor do que era antes.

 

Antes de me despedir, porque também não houve tempo para sobremesas, um último pedido - e este vem do fundo do coração: vejam lá isso da Coca-Cola, que eu já não tenho idade para me irritar desta maneira...

  

 

 

E para relaxar, aqui vai uma frase mais comprida:

Em nome de toda a equipa que produziu, relaizou e levou até si este blog, uma boa semana de trabalho,

Ele

2 comentários

Comentar post