Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o programa de fim-de-semana com que sonhava há anos: degustação de cervejas artesanais na baixa do porto

Estou dividido. Deixei crescer o cabelo, fiz uma caprichada permanente e comecei a cantar. Todos os dias de manhã, mal saio do duche, faço um pequeno espectáculo em que canto "Eu tenho dois amores", enquanto atiro o microfone ao ar com a melena ao vento.

A partir de agora podem chamar-me Paulo, Marco Paulo. Por favor, não confundam com o Marco Polo, que esse, coitado, não tem nada a ver com o assunto. O que provocou esta minha mudança abrupta de personalidade foi o surgimento de uma série de cervejas artesanais absolutamente divinais. E agora o meu coração divide-se entre a loira (a cerveja) e a morena (o gin tónico). Ou será ao contrário?

 

Bom, o que interessa é que já não sei o que pedir quando janto fora, em casa ou nos dois sítios ao mesmo tempo. E grande parte da culpa por esta minha nova paixão assolapada é da cerveja Letra. Produzida por dois cientistas da Universidade do Minho, é uma pequena maravilha arrebatadora. 

Foi, por isso, com uma profunda alegria que descobri que a cerveja Letra se juntou ao restaurante Astória, no Hotel Intercontinental, na baixa do Porto, para fazer um dia de degustação de cervejas artesanais. É já no próximo dia 11 de Outubro, entre o meio-dia e as 23h, que a esplanada do Astória vai estar aberta a esta pequena generosidade para com a humanidade.

Além das quatro cervejas Letra – a weiss, a pilsner (também conhecida por loira), a stout (ou morena) e a red ale (aka ruiva) –, o restaurante preparou uma selecção especial de petiscos e refeições ligeiras para não caírmos para o lado ao segundo gole. Haverá cinco hambúrgueres diferentes, sanduíches e comida para picar enquanto prova. As cervejas serão vendidas a partir de €2,5 em copos de plástico (quem é que se lembrou de uma ideia dessas?!) e €3,5 em copos de vidro (assim está melhor...).

Eu cá já decidi. No próximo sábado, Porto aí vou eu. Por isso, já sabem: se virem alguém com o cabelo assim...

...não é o Marco Paulo, nem o Dino Meira, nem o José Malhoa. Como se dizia no Alô, Alô, "It is I, Leclerc".

 

Um abraço para o Marco Paulo onde quer que ele esteja,

Ele

 

6 comentários

Comentar post