Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o que fazer no dia dos namorados?

Não caia na tentação de marcar um restaurante para essa fatídica noite. Tivemos uma vez essa experiência e jurámos para nunca mais: 14 de fevereiro é sinónimo de restaurantes a abarrotar de casalinhos a olharem para o relógio, a espreitarem discretamente o Facebook debaixo da mesa, a ouvirem as conversas da mesa do lado, tudo isto sem trocarem uma única palavra entre eles. Um restaurante cheio é, quase sempre, sinónimo de serviço medíocre e de potencial desastre na cozinha, e pior de tudo: é sinónimo de ementas fixas especiais que incluem invariavelmente espumante rasca e morangos congelados. Por tudo isto, se puder fuja. E se a sua carteira o permitir, fuja para bem longe. Pegue na sua cara-metade e surpreenda-a com um destino realmente romântico. Aqui ficam quatro sugestões:

 

Paris 

As pontes sobre o Sena são um dos principais símbolos do romantismo da cidade. Já reparou que quase todas estão cheias de cadeados, muitos com mensagens de amor? O ritual começou na Pont des Arts e rapidamente se estendeu às restantes pontes sobre o rio da capital francesa: os casais apaixonados prendem um cadeado à ponte e atiram a respetiva chave ao rio, como promessa de amor eterno. Há lá coisa mais romântica do que isto?  

 

Maldivas 

Areia branca, mar azul, quente e transparente, recifes de corais, praias desertas, luxo em todos os detalhes, coqueiros, bungalows na areia, bungalows em cima da água, piscinas privadas, snorkelling, passeios a pé de mão dada, jantares na praia à luz de velas ou de tochas. Há lá coisa mais romântica do que isto? 

 

Veneza­ 

Cidade dos canais, do amor, da sedução, das máscaras, das pontes, dos táxis marítimos, dos vaporettos, do festival de cinema, da praça de São Marcos, da ponte dos suspiros, dos passeios de gôndola pelos canais… Há lá coisa mais romântica do que isto? 

  

Santorini 

Provavelmente um dos sítios mais românticos do mundo. Porquê? Não sei explicar. A ilha, a paisagem, a música nas ruas e ruelas, os tons de azul e branco, a vista deslumbrante para a cratera do vulcão, as esplanadas dos restaurantes nas encostas. O ar que se respira é o antídoto para casais desavindos. Impossível discutir ou zangar-se quando se está em Santorini. Há lá coisa mais romântica do que isto?  

Feliz Dia dos Namorados,

Ela

 

11 comentários

Comentar post