Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o refúgio para umas mini-férias: herdade do vau (para quem gosta de vinho, paz e do alentejo)

grupo_img_1380098581639_1380098592750.jpg

Tudo começou com o Riso, o que me arrancou logo um sorriso. Que nome fantástico para um vinho. Otimista, alegre, adoro. Foi em janeiro de 2008 que Miguel de Sousa Otto e a mulher, Maria Manuel, naturais do Porto, decidiram arrancar com uma exploração vínicola numa herdade junto ao rio Guadiana. E a escolha do nome do vinho que produziram foi um prenúncio do que viria por aí. “Quisemos ir mais longe do que apenas escolher uma marca, quisemos proclamar uma atitude, uma forma de estar na vida! Positiva, alegre, inconformista, de partilha e com o sentido do tempo…” explicam os proprietários no site do Atmosphere Hotels.

 

grupo_img_1415182599549_1415182807970.jpg

Depois das primeiras vindimas e do sucesso da primeira colheita e das que se seguiram, a herdade de 21 hectares abriu as portas ao público e, assim, nasceu um turismo rural que se define como biochic. Uma expressão que pretende explicar a atitude dos proprietários em defesa do equilíbrio ambiental mas tendo em conta, obviamente, o conforto e o bem-estar dos hóspedes. Cercada por três cidades alentejanas, Beja, Serpa e Mértola, junto ao rio Guadiana, a Herdade do Vau surpreende pela simplicidade da decoração de uma casa rodeada por uma paisagem deslumbrante.

grupo_img_1380098148550_1380098161359.jpggrupo_img_1380098172914_1380098185750.jpggrupo_img_1380099349024_1380099360937.jpg

grupo_img_1380099391998_1380099403257.jpg

A casa senhorial do século XIX foi totalmente recuperada, preservando a arquitetura típica do Alentejo. A alma da casa é uma imensa sala com lareira, onde não faltam recantos para ler, jogar, descansar, relaxar… A decoração é clean e minimalista. Os oito quartos localizados no edifício principal são simples, espaçosos, elegantes e contemporâneos, com grandes janelas em forma de arco com vista para as vinhas: são 2 quartos superiores com cama de casal, 5 com duas camas singles e 1 triplo. Todos com casa-de-banho privativa e alguns com cama de dossel. Ao lado da casa principal, há ainda a Casa do Lagar, um apartamento com um quarto, sala de estar e cozinha, ideal para dois adultos e duas crianças.

grupo_img_1380097614101_1380097633949.jpg

grupo_img_1380097656493_1380097665640.jpg

grupo_img_1380097726774_1380097761805.jpg

grupo_img_1380097776187_1380097790858.jpg

Mas o melhor da Herdade do Vau é o exterior: as vinhas lá fora, o terreiro que rodeia a casa e de onde se contempla a planície alentejana, as varandas, a deliciosa piscina, o campo de ténis, o pátio, os jardins, todo um mundo para explorar. Sente-se que tudo aqui foi feito com paixão. Paixão pelo vinho, paixão pela caça, paixão pelo Alentejo. Com inúmeros programas ligados ao vinho, (da vindima aos cursos, passando pelas provas) e à gastronomia, onde a produção de compotas locais e de ervas aromáticas se “harmonizam” com os pratos típicos alentejanos, a Herdade do Vau organiza ainda piqueniques, passeios pedestres ao longo do Guadiana, passeios de balão de ar quente, entre outras atividades... Tem tanto por onde escolher que vai ser díficil ter tempo para não fazer nada.

grupo_img_1380098549622_1380098563076.jpg

grupo_img_1415186895324_1415186912661.jpg

1525298_643205819129761_4949953585126401889_n.jpg

Não perca a promoção que está a decorrer neste momento, até março: 2 noites em quarto duplo (para 2 pessoas), pequeno almoço incluído; prova de vinhos RISO e jantar para 2 pessoas. Preço: 320€ para duas pessoas. Se não puder ir já, aproveite as férias do Carnaval que já estão quase aí.

 

Boa semana,

Ela

 

fotos: herdadedovau

 

1 comentário

Comentar post