Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o restaurante mais bem classificado do tripadvisor em londres nunca existiu, era uma fraude!

É uma das mais fabulosas histórias que eu já li. Em Novembro, o The Shed at Dulwich atingiu orgulhosamente o primeiro lugar do ranking de restaurantes do TripAdvisor, em Londres. Tinha 5 estrelas, 96 críticas e estava à frente de uma lista de 18.092 restaurantes localizados numa das maiores e mais importantes metrópoles do Mundo. Pequeno problema: o restaurante nunca existiu. Era uma fraude. Uma experiência criada por um jornalista da Vice seis meses antes.

A loucura começou em Abril, quando Oobah Butler, um jornalista freelance que colabora com publicações com o jornal The Guardian ou a revista online Vice, decidiu fazer uma experiência: será possível criar um restaurante fictício e fazê-lo chegar ao topo do ranking do site TripAdvisor?

1511977429821-ChrisBethell-5.jpeg

 

Primeiro, comprou um telemóvel pré-pago por €11 para poder aceitar reservas de eventuais clientes. Depois, foi preciso resolver o problema da morada. Qualquer endereço fictício poderia ser facilmente desmascarado por algum céptico mais curioso. Então, Oobah decidiu transformar o The Shed num restaurante exclusivo: não revela o endereço, os horários dependem do chef e só está aberto a quem reservar mesa com antecedência. Tudo o que revelou é que o espaço ficava em Friern Road, East Dulwich, a rua onde ele próprio mora. Só quem consegue fazer uma reserva é que pode ficar a saber o número da porta.

O passo seguinte foi inventar uma ementa e criar um site e uma página de Facebook. E, claro, publicar fotografias apetitosas e Instagramáveis dos pratos exclusivos. Como esta...

1511977381295-ChrisBethell-1.jpeg

...ou esta... 

1511977429821-ChrisBethell-5.jpeg

...ou esta...

1511977539129-ChrisBethell-3.jpeg

Têm bom ar, não têm? Agora as más notícias: como Oobah não é um cozinheiro e não tem qualquer ideia de cozinha, teve de improvisar. O primeiro prato, por exemplo, foi feito com pastilhas de lixívia e espuma para a barba.

1511977409280-ChrisBethell-2.jpeg

O segundo com uma esponja, tinta castanha e mais espuma para a barba.

1511977465232-ChrisBethell-6.jpeg

O terceiro é um ovo verdadeiro, sim senhor, mas ecostado ao pé descalço de Oobah.

1511977598728-ChrisBethell-4.jpeg

Foram estas fotografias que o jornalista publicou no site do restaurante e nas suas redes sociais. E foram estas "apetitosas" imagens que ajudaram o restaurante a ser aceite no TripAdvisor. Com site, telefone, redes sociais e menu, o registo foi enviado para o gigante mundial. No dia 5 de Maio deste ano, Oobah recebeu um email: "Estamos entusiasmados por lhe dizer que o seu pedido foi aprovado e está no nosso site para que toda a gente possa ver. (...) Obrigado por nos dar a oportunidade de permitir que a comunidade TripAdvisor conheça o The Shed at Dulwich". Missão cumprida.

No primeiro dia, o restaurante estava na posição 18.149, o último lugar do ranking TripAdvisor em Londres. O jornalista contactou vários amigos e pediu-lhes que publicassem críticas positivas sobre o restaurante, a partir de diferentes computadores para que o esquema não fosse detectado pelo site.

Duas semanas depois, o The Shed já estava entre os 10 mil melhores restaurantes de Londres. Até que um dia, o telefone pré-pago recebeu a primeira chamada: era um cliente a tentar marcar mesa. Oobah respondeu que estavam cheios durante as seis semanas seguintes.

1511976183044-IMG_5746.jpeg

Um dia depois, novo contacto: uma família a tentar marcar mesa para daí a quatro meses. Nove pessoas. Os telefonemas multiplicaram-se, começaram a chover mensagens e emails com tentativas de marcação.

Oobah chegou a receber pedidos de reserva de executivos de estações de televisão, solicitações e cunhas de toda a espécie para conseguirem mesa. De repente, o seu restaurante fictício estava a tornar-se cobiçado por toda a gente, estava a virar moda. "O mistério e a exclusividade do espaço é tão atraente que as pessoas perdem a noção. A certa altura estão a babar para fotografias de um ovo encostado ao meu pé", escreve o autor na Vice

No final de Agosto, o seu restaurante fictício já era o 156º mais bem classificado do TripAdvisor. Oobah continuou repetidamente a publicar reviews positivos sobre o espaço, a partir de diferentes computadores. E os contactos não pararam de chegar. Depois de um fim-de-semana comprido, em que deixou o telemóvel do restaurante em casa de um amigo, o jornalista tinha 116 chamadas não atendidas com tentativas de reserva. Recebeu pedidos de todo o mundo e até chegou a ser abordado na rua por pessoas a perguntarem se ele sabia onde era o The Shed.

1512579956603-156shed.jpeg

Até que um dia recebeu o email. Era do TripAdvisor e tinha como assunto: "Pedido de informação". Oobah pensou que tinha sido desmascarado. Nada disso. Só no último dia, o seu restaurante fictício tinha sido pesquisado 89 mil vezes no site. Havia dezenas de utilizadores a pedirem informação sobre o The Shed ao TripAdvisor. E porquê? Porque no dia 1 de Novembro de 2017 o The Shed at Dulwich tinha chegado ao primeiro lugar do ranking do TripAdvisor, à frente de uma lista de 18.092 restaurantes de Londres.

Oobah contactou o site internacional, apresentando-se como jornalista e revelando toda a fraude. Como resposta, recebeu um email de um representante do TripAdvisor a explicar que o que mais preocupa o site é a manipulação sobre restaurantes que realmente existam e não a criação de restaurantes que nunca tenham existido. "Geralmente as únicas pessoas que criam falsos restaurantes são jornalistas numa tentativa de nos testar", adiantou o TripAdvisor. "Por isso este teste não é um exemplo do mundo real".

O registo do The Shed acabou por ser apagado do TripAdvisor e tudo o que resta é esta publicação arquivada. Com mais de 100 críticas publicadas e umas imaculadas cinco estrelas, claro.

 

Um óptimo restaurante para si onde quer que o TripAdvisor esteja,

Ele

 

fotos: chris bethell e theo mcinnes / vice