Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o segredo para conservar os morangos no frigorífico sem os deixar apodrecer

O post que se segue pode conter linguagem ou informações susceptíveis de ferir a sensibilidade dos leitores. Não pelo mesmo motivo que levou a Assunção Cristas a mudar de canal ao primeiro segundo do Império dos Sentidos, mas porque aquilo que me preparo para dizer pode chocar qualquer pessoa que goste de fruta.

Sabe qual é a melhor forma de guardar os morangos no frigorífico sem os deixar apodrecer de bolor ao fim de 48 horas? Não sabe? Calculei... A fórmula milagrosa e chocante consiste em mergulhar a fruta em água quente durante pouco tempo. Na verdade não é água quente, é água a 52º C. E na verdade também não é durante pouco tempo, é durante uns rigorosíssimos 30 segundos.

Agora que já passou por essa sensações de choque que é ver os frutos vermelhos a cozer em água quente, o melhor é dar algumas explicações. A técnica foi inventada por Harold McGee, um cientista alimentar que testou várias temperaturas e vários períodos de tempo antes de chegar à fórmula da felicidade da frutaria. As conclusões foram reveladas ao mundo num artigo publicado por McGee no jornal americano The New York Times. E foram testadas por vários blogs e sites de notícias, como o respeitadíssimo The Kitchn. O resultado foi sempre o mesmo: a técnica da água quente conserva os frutos vermelhos durante mais tempo.

shutterstock_129155660.jpg

 

Só precisa de seguir estes cinco passos:

  1. Aqueça a água a 52º C em lume brando (é melhor ter um termómetro, mas a 50º C também resulta).
  2. Coloque os morangos dentro da panela durante 30 segundos rigorosamente cronometrados.
  3. Retire os morangos de dentro de água e seque-os bem.
  4. Deixe-os arrefecer e coloque-os num tupperware com uma folha de papel de cozinha dobrada no fundo e a tampa parcialmente fechada.
  5. Guarde o tupperware na gaveta do frigorífico.

 

A justificação é que o banho de água quente suprime o desenvolvimente de bolor em frutos vermelhos, uvas e frutas com caroço, como ameixas, pêssegos ou cerejas. A técnica chama-se termoterapia e é defendida em vários estudos de especialistas em agricultura. 

Está preparado para experimentar? Se não resultar, pode sempre fazer uma morangoska com os destroços da sua experiência.

 

Uma boa termoterapia para si onde quer que esteja,

Ele

 

foto: the kitchn

 

1 comentário

Comentar post