Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

os 3 arraiais dos santos populares que não pode perder este ano em lisboa...

13403335_1202211249798823_7305978658221916432_o.jp

São as novidades mais originais do Santo António, em Lisboa. O chef Chakall vai fazer um arraial semi-sul-americano nas ruas de Marvila, o Xafarix vai dar uma festa especial de rua durante três dias para comemorar os 30 anos do bar e Kiko Martins volta a juntar-se ao mítico Sr. Oliveira, do quiosque do Príncipe Real, para fazer um bailarico com algumas das especialidades do Talho e da Cevicheria.

Não quer nada disto e prefere os clássicos? Também temos arraiais para si. Veja em baixo.

 

O Arraial do Chakall

Nós bem avisámos aqui que Marvila está a começar a bombar e um dos principais culpados é o chef argentino Chakall. Primeiro criou, num antigo armazém do bairro, o El Bulo Social Club, um espaço que mistura gastronomia, arte, música ao vivo e até jogos de futebol.

12654442_645566485575525_5104855647416259770_n.jpg

Agora de 10 a 18 de junho, Chakall vai levar o El Bulo Social Club para a rua para celebrar os Santos Populares como manda a tradição: as sardinhas, os pregos e as bifanas vão concorrer com ceviches e alfajores de dulce de leche.

13051587_685564311575742_7441542271171858339_n.jpg

Além disso, pode contar com show cookings do próprio Chakall e degustações gratuitas de cerveja Estrella Galicia. Tem imperiais ou pastéis de nata a €1, sardinha no pão a €1,5, pregos e bifanas a €3… e o mais caro que vai encontrar são os ceviches a €5.

Arraial do Chakall.png

Um programa a não perder entre as 18h00 e a meia-noite, na rua do Açúcar, no parque de estacionamento da Agência byDisplay.

 

O Arraial do Kiko e do Oliveira

Depois do sucesso da primeira edição no ano passado, o Arraial do Kiko e do Oliveira regressa ao Jardim do Príncipe Real no dia 24 de junho, a partir das 17h30.

13305160_777825135653113_3761425924875755005_o.jpg

A ideia foi juntar o talento e os sabores do chef Kiko com a tradição do famoso Sr. Oliveira, dono do mítico quiosque do Príncipe Real. Não vão faltar deliciosos petiscos d’ O Talho e da Cevicheria, muita animação e boa onda, tão característica desta zona da cidade.

11391246_645104378925190_675718946826893873_n.png

 

O Baile do Costume

Os Suspeitos do Costume e o lendário Xafarix, o bar onde passei a minha adolescência, tiveram a brilhante ideia de criar este ano um pequeno festival que promete tornar-se um Costume, por esta altura, numa zona que não podia ser mais típica: entre Santos e o bairro da Madragoa.

Salla.alfama.jpg

Aproveitando os Santos Populares e o aniversário do Xafarix, vão ser 3 dias de festa, de arraial típico, com comes e bebes e concertos com Quim Barreiros, Miguel Azevedo e Tributo Popular. E ao terceiro dia… ninguém descansa, porque se celebram os 30 anos do Xafarix, com a atuação de artistas convidados de Luís Represas.

ca80a14098c1856900fdc211a8511a4e.jpg

 

...E ainda os clássicos

E, claro, se não quiser nada disto, tem sempre os arraiais tradicionais. Não se esqueça do mítico Arraial da Vila Berta, no bairro da Graça, onde não faltam a sardinha fresquinha, o pão e o caldo verde, entre 3 a 13 de junho ou o super trendy e alternativo Arraial da Bica.

Se for jovem e corajoso, arrisque passar por Alfama, porque vale sempre a pena a experiência, especialmente se quiser ir comer umas ótimas sardinhas ao Lautasco (conheça aqui). E se já for pai ou mãe de família, e tiver pânico de perder um filho no meio da confusão, opte pelo Arraial da Estrela, organizado pelo Grupo Dramático Escolar “Os Combatentes”, na Rua do Possolo (nas Instalações dos Inválidos do Comércio). Este arraial é mais tranquilo e é num recinto mais ou menos controlado, onde basta estar de olho no portão. Prolonga-se durante todos os fins-de-semana do mês de junho.

Se quiser saber mais informações, espreite o site das Festas de Lisboa.

 

Bons santos, de preferência regados com muita sangria e sardinhas à mistura,

Ela

 

fotos: câmara municipal de lisboa, facebook chef kiko