Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

os 7 erros que não pode cometer para cozinhar as panquecas perfeitas

Acha que aquela textura suave e fofinha acontece por acaso? Acha que só os ingredientes é que contam para fazer as melhores panquecas do mundo? Acha que todas as panquecas são feitas da mesma maneira?

Pois bem, Meghan Splawn está aqui para acabar com todas essas perigosas ideias feitas. E quem é Meghan Splawn?, pergunta V. Exa. com o cepticismo de quem está prestes a ouvir Jorge Jesus a dar uma palestra sobre arte sacra. Splawn é uma colaboradora habitual do fantástico site The Kitchn que, come panquecas desde que se lembra. Mais. Mal os seus filhos começaram a comer sólidos, ela cozinha um pequeno-almoço de panquecas por semana. Feitas as contas, ela orgulha-se de já ter feito mais de 286 pequenos-almoços de panquecas ao longo da sua vida.

São mais panquecas do que sábados de Inverno. E é por isso que estes conselhos são essenciais para qualquer aspirante a panquequeiro.

84077781c6a692a02101704561530cfc635d207e.jpeg

 

1. Não usar fermento fresco

Primeiro: use sempre fermento. Quando vê aquelas panquecas altas, leves e fofinhas, isso deve-se muito ao fermento. É ele que vai transformar um crepe fininho numa panqueca alta. Segundo: confirme sempre se tem o fermento dentro da validade. Como estamos a falar de um ingrediente que usamos em pequenas quantidades e só muito de vez em quando, é fácil deixar passar o prazo. E isso significa que o fermento já não vai funcionar tão bem como devia. Ou seja, as panquecas vão ficar fininhas.

 

2. Não bater os ingredientes secos 

Parece uma contradição, mas é isso mesmo que acabou de ler. Junte numa taça todos os ingredientes secos – farinha, fermento, açúcar, flor de sal – e bata-os à mão com uma vareta, como se estivesse a bater uns ovos para uma omelete. Assim, os grãos vão soltar-se bem e acabar milagrosamente com aqueles irritantes grumos que se formam nas panquecas.

 

3. Bater demasiado a massa

Depois de misturar bem os ingredientes secos, não deve precisar de batê-los muito quando os junta com os ingredientes líquidos. Bater demais a massa nesta fase pode evitar os grumos, mas vai fazer com que as suas panquecas fiquem aborrachadas e demasiado densas depois de cozinhadas.

 

4. Não deixar a massa descansar

Se quer mesmo que os grumos desapareçam da massa, deixe esta assentar depois de a bater, durante uns 15 a 30 minutos. É isso que vai fazer com que a farinha absorva bem os líquidos sem a bater demais. O conselho de Meghan Splawn é simples: trate primeiro de bater a massa, depois prepare tudo o resto do seu pequeno-almoço enquanto a massa desacansa. Assim as panquecas vão ficar leves, lisas e fofinhas.

573da3a884d4b7a50d9f2ea7c59afea9d0cc223c.jpeg

5. Usar uma frigideira pequena

Se quer manter as suas panquecas quentes e acabadinhas de fazer quando for para a mesa, não pode fazer uma panqueca de cada vez. Splawn aconselha a usar a maior frigeira que encontrar – e se puder ser eléctrica, melhor. A ideia é conseguir fazer cinco a seis panquecas de cada vez, mantendo sempre a frigideira bem quente para que estas fiquem bem douradinhas por fora.

 

6. Não limpar a frigideira entre cada conjunto de panquecas

Se costuma colocar a manteiga no início e depois fazer as panquecas todas de seguida, o mais provável é que a manteiga fique queimada. E isso vai estragar o sabor das panquecas e, mais importante ainda, a sua saúde. O ideal é colocar a manteiga e fazer uma leva de panquecas. Depois limpe os restos de manteiga com papel de cozinha e volte a colocar mais manteiga fresca antes de passar para o conjunto de panquecas seguinte. Faça isto entre cada leva de panquecas.

 

7. Distrair-se enquanto cozinha as panquecas

É fácil. Como é sempre a mesma coisa, é muito fácil distrairmo-nos. E isso pode ser o primeiro passo para umas panquecas nhac. As panquecas estão a tostar muito rapidamente? Reduza a temperatura da frigideira. Estão a agarrar-se à frigideira? Coloque mais gordura. Estão a aparecer bolhas no topo das panquecas? Vire-as ao contrário. E tudo isto exige a máxima atenção.

Agora pode ir para a cozinha descansado. E preparar o seu brunch de fim-de-semana.

 

Umas óptimas panquecas para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: the kitchn

1 comentário

Comentar post