Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

os sete erros que não pode mesmo cometer a preparar um gin tónico

Captura de ecrã 2015-06-23, às 20.58.10.png

Confesse lá: já estava a estranhar, não estava? Três longos dias de Verão e ainda não tínhamos escrito uma única e raquítica linha sobre gin tónico... Andamos a brincar com coisas sérias, não andamos? Foi o que eu pensei. E por isso decidi escrever o texto que aqui faltava sobre a arte de "ginar". "Ginar"? Ginar: sem aspas nem nada. Por muito que possa parecer, ginar não é uma palavra imbecil acabada de inventar num momento de fraqueza à frente do computador. É um verbo que já há muito tempo deveria ter sido reconhecido pelos mais respeitáveis dicionários da lusofonia. Falta um movimento nacional a favor da introdução da palavra ginar no léxico lusitano. Mas antes de marchar por essas alamedas fora a favor desta revolução verbal, veja aqui quais são os sete pecados mortais que não pode cometer quando estiver a preparar um gin tónico.

 

#1 Usar rodelas ou sumo de limão (ou outra fruta)

A ideia não é deixar o gin a saber a limão ou a outra fruta qualquer. A ideia é apenas "realçar o aroma e a sua experiência sensorial", explica ao Buzzfeed Zoe Zambakides, da Sipsmith Distillery London. Por isso, basta torcer uma tira de casca de limão por cima do copo e adicioná-la à bebida. Além disso, o sumo de limão torna o gás da água tónica mais fraco. Casca de fruta é a solução.

enhanced-14797-1434035005-1.jpg 

#2 Usar cubos de gelo pequenos

O gás é um elemento fundamental do gin tónico. Por isso é que se deita a água tónica por cima de uma colher torcida. E por isso também é que só se usam cubos de gelo grandes e consistentes. Quanto maiores forem os cubo de gelo, menos vão derreter – e menos aguado ficará o seu gin tónico.

 

#3 Acabar o gin depois de o gelo derreter

E é também para evitar um gin tónico aguado que nunca, jamais, em tempo algum deverá acabar o seu gin depois de o gelo derreter. 

 

#4 Mexer o gin e a água tónica

Há uma nova tendência surreal nos Estados Unidos: chocalhar a garrafa de água tónica antes de a abrir. Não consigo sequer perceber bem qual é a genial ideia por trás desta tendência, mas é evidente que é um gigantesco disparate: liquida todo e qualquer vestígio de gás. Nem sequer deve mexer o gin tónico, quando está pronto, com a colher. Zambakides diz que isso desfragmenta as bolhas de gás. O ideal é dar só uma volta ao copo, com a colher, muito lentamente.

enhanced-21633-1433937700-7.jpg

#5 Comprar só gin inglês

Esta até me deixou a mim abasurdido. O historiador de bebidas Jared Brown explica ao Buzzfeed que o "London Dry Gin é um processo, não uma localidade. Significa que todos os ingredientes têm de ser acrescentados antes da destilação". Depois da destilação só se pode juntar água ou mais gin. Hoje, é possível encontrar óptimos London Dry Gin produzidos fora do Reino Unido e óptimos gins que não são London Dry dentro do Reino Unido. É o caso do Hendrick's, por exemplo, que acrescenta a essência de pepino depois da destilação.

 

#6 Beber só água tónica Schweppes

Da mesma forma que o gin não tem de ser inglês, a água tónica não tem de ser Schweppes. Experimente, por exemplo, uma Fever Tree. Vai ver a diferença que faz.

enhanced-10962-1434147757-11.jpg

#7 Usar um copo alto

Os ingleses podem ficar chocados com isto, mas eu vou dizer: o gin tónico não deve ser bebido num copo alto. E porquê? Porque o balão tem uma boca mais larga e, quando bebe o gin, sente melhor os aromas todos que estão no copo. Esta tendência nasceu em Espanha e é um dos melhores contributos para a arte de bem ginar.

Agora vou ali buscar o meu copo de balão. A partir do meio-dia já se pode começar a ginar para abrir o apetite para o almoço.

 

Uma boa ginadela para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: hendrick'sbuzzfeed

 

19 comentários

Comentar post

Pág. 1/2