Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

os três ingredientes obrigatórios do pequeno-almoço ideal para a saúde segundo uma médica de harvard

Primeira surpresa: um dos ingredientes é fruta congelada. Exactamente: congelada. Monique Tello é médica e colaboradora da Harvard Health Publishing, a revista da prestigiada Harvard Medical School, nos Estados Unidos. No início deste mês, Tello publicou um artigo em que divulga os três melhores ingredientes para comer de manhã, se quer ter um pequeno-almoço saudável. 

iStock-646863852.jpg

 

Frutos vermelhos congelados

berries-1546125_960_720.jpg

Segundo a especialista, "a fruta é congelada no pico da sua frescura, por isso a qualidade e a riqueza vitamínicas podem ser maiores do que quando comprada fresca, nos supermercados". Além disso, a fruta congelada é mais barata do que a fresca e não se estraga. 

Monique Tello aconselha a comer 300 a 450 g de frutos vermelhos congelados de manhã. Não é suposto que a fruta seja um complemento do pequeno-almoço, mas sim o seu principal ingrediente. Além de ricos em fibras, os morangos, framboesas e mirtilos estão cheio de vitaminas A, C e K.

 

Frutos secos ou sementes

cashew-nut-1098177_960_720.jpg 

A médica de Harvard aconselha cajus sem sal. Mas também pode optar por outros frutos secos, sementes tostadas no forno ou cereais preparados em casa. Se gostar, pode ainda misturar tudo isto, fazendo a sua granola caseira. O importante é que não tenha açúcar adicionado. Pode seguir a receita de granola que Monique Tello recomenda aqui, ou ver esta receita de granola sem açúcar que já publicámos no blog. O importante é ir buscar as gorduras saudáveis que estão presentes nestes ingredientes.

 

Iogurte

yogurt-1442034_960_720.jpg

Na verdade, não é bem iogurte, é mais o islandês skyr, que não é tecnicamente um iogurte mas um queijo fresco feito a partir de leite desnatado. E, mais importante de tudo, que tem um baixíssimo teor de açúcares. A especialista de Harvard costuma optar pela marca Siggi's, que está à venda em algumas mercearias em Portugal: tem muitas proteínas e pouco açúcar. Pode escolher outra marca ou até um iogurte grego – tem é de ser sempre natural e com um perfil nutricional semelhante ao skyr.

 

Como fazer 

Depois de escolhidos os ingredientes, prepare o pequeno-almoço. De véspera, coloque a fruta dentro de um tupperware e deixe descongelar. No dia seguinte, está pronta a comer. Se não conseguir, também pode retirar a fruta do congelador no próprio dia e descongelá-la no microondas.

Coloque a fruta numa taça, com os frutos secos por cima e termine com o skyr. Misture tudo e coma à vontade.

 

Porque é que este pequeno-almoço é o ideal?

A fruta dá-lhe os açúcares naturais e as vitaminas de que precisa, os frutos secos dão-lhe as gorduras e o skyr as proteínas, além da sensação de saciedade que é fundamental para não se ir desgraçar nos braços de uma bolachinha de chocolate uma hora depois de ter comido.

 

Um óptimo e saudável pequeno-almoço para si onde quer que esteja,

Ele