Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

parece um vaso, não parece? mas é o melhor cheesecake que já comemos: com banana caramelizada e bolachas oreo

Cantina 32 - Cheesecake.jpg

Já sabe o que é que vai oferecer no próximo Dia dos Namorados? Ah, pois é, o dia 14 de Fevereiro está a aproximar-se à mesma velocidade a que Ricardo Salgado colecciona processos em tribunal. E por isso é preciso agir urgentemente para não chegar a casa, no Dia dos Namorados, com o último pijaminha da Primark debaixo do braço. 

Hoje tenho aqui três sugestões para surpreender o amor da sua vida com o presente mais inesperado da década. Está preparado? Então vamos a isso. 

Hipótese número 1: desloque-se que nem uma flecha até à livraria mais próxima e compre o livro do Casal Mistério, que já vai para a 4ª edição (é verdade, se não se despachar, arrisca-se a chegar lá com o livro esgotado!).

Hipótese número 2: vá dar um passeio tranquilo até ao Chiado, em Lisboa, ou à zona dos Clérigos, no Porto, entre numas lojas de roupa, espreite para dentro de umas sapatarias e depois acabe no interior de uma livraria onde pode encontrar esse marco da literatura moderna que dá pelo nome de As Escolhas do Casal Mistério e que pode ser adquirido pela módica quantida de €17,50 (isto se não tiver os 10% de desconto habituais em quase todo o lado).

Hipótese número 3: apanhe um Uber, saia na livraria mais próxima, pegue no livro do Casal Mistério, abra-o na página 180 e decore rapidamente a maravilhosa receita de cheesecake de banana caramelizada com bolachas Oreo, do chef Luís Américo, do Cantina 32, no Porto. Volte para casa e faça-lhe este doce divinal como surpresa. Vai ver que é um presente inesquecível.

Se o presente for o sucesso que eu prevejo, volte à livraria e, então, sim, compre o livro para fazer mais surpresas destas. Estamos conversados? Claro que não. Caso a sua memória já não seja a mesma dos tempos da quarta classe, eu estou aqui para ajudar e para lhe dar a receita deste que é um dos melhores cheesecakes que eu já comi na vida. 

Captura de ecrã 2016-11-26, às 17.07.36.png

 

À primeira vista, parece terra, mas se provar vai perceber que o topping é feito com bolachas Oreo trituradas em migalhas. Por dentro, leva banana caramelizada no fundo do vaso e, no meio, um suave creme de iogurte grego e queijo Philadelphia. O crocante da banana caramelizada misturado com a suavidade do iogurte e do queijo e o aveludado da bolacha ralada por cima é soberbo. E a apresentação, dentro de um vaso, é espectacular.

 

Ingredientes

Para 16 doses

Para o creme de iogurte e queijo

6 iogurtes gregos açucarados

1 kg de queijo Philadelphia

300 g de açúcar

10 folhas de gelatina

Algumas gotas de limão

Para a banana caramelizada

1 kg de bananas

125 g de manteiga

250 g de açúcar

Para a cobertura

4 pacotes de bolachas Oreo com recheio de chocolate trituradas numa picadora até ficarem com a aparência de terra

Pontas de hortelã (ou outra erva)

 

Comece por preparar o creme de iogurte e queijo. Demolhe as folhas de gelatina em água fria. Aqueça ligeiramente um iogurte, e adicione a gelatina escorrida, dissolvendo-a bem. Junte os outros iogurtes e o queijo, umas gotas de limão e o açúcar, e bata tudo com a batedeira durante um minuto. Tem de obter um creme homogéneo.

Agora chegou a vez da banana caramelizada. Aqueça a manteiga e o açúcar numa frigideira até conseguir uma pasta ligeiramente escurecida. Coloque a banana às rodelas e deixe cozinhar durante 5 minutos em lume forte.

Finalmente só tem de colocar num vaso de terracota – vidrado ou com um copo lavável no interior – a banana caramelizada, o creme de cheesecake e as Oreo raladas (a imitar a terra), por esta ordem. Finalize com os rebentos de hortelã (como se estivessem a nascer da terra). E já está: a mistura das três texturas é fabulosa.

É ou não é uma grande surpresa para o Dia dos Namorados?

 

Um óptimo cheesecake para si onde quer que os namorados estejam,

Ele

 

receita e foto: luís américo