Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

peitos de frango com molho de coco e manga: como fazer um jantar exótico com os ingredientes que tem em casa

Pode não acreditar mas eu sou provavelmente uma das piores donas de casa da história das donas de casa. Acho que sou boa mãe, lá isso sou, ou pelo menos tento ser. Os nossos Mini-Misteriosos estão sempre a presentear-me com dedicatórias, livros e cadernos a dizer que sou a melhor mãe do mundo e eu fico nas nuvens. Se calhar só me estão a dar graxa mas eu não me importo, fico feliz na mesma.

Agora, como dona de casa sou um absoluto desastre. Não me interprete mal, sou muito arrumadinha, obcecada com limpeza e a nossa casa costuma estar a brilhar. Mas há um aspeto que tenho de assumir com frontalidade: sou uma lástima a planear refeições, sobretudo o jantar. Esqueço-me. Não há nada a fazer! Admiro aquelas pessoas que fazem ementas semanais, que têm os jantares planeados para praticamente um mês. 

E o que é que acontece? Chego a casa e, sorrateiramente, longe dos olhares críticos do meu querido Marido Mistério e da nossa prole, descongelo bifes à pressa. OK, de vez em quando são bifes de peru, ou peitos de frango, ou strogonoff de peru, ou strogonoff de frango. Os miúdos queixam-se amargamente!

– Outra vez bifes? O que vale é que somos filhos do Casal Mistério! Que sorte que temos!

– Experimentem trabalhar o dia inteiro e chegar a casa e ainda escrever um blog! A cabeça não dá para tudo!

OK, não é desculpa, eu sei. Quando é o meu querido Marido Mistério a tratar do jantar, temos receitas dignas de restaurantes estrelas Michelin. Por mim, podia passar a ser sempre o pelouro dele, mas o pobre ainda chega mais tarde do que eu a casa e não posso escravizá-lo todos os dias. 

Por isso, hoje, para evitar um PREC em casa, hoje vou descongelar os peitos de frango do costume mas vou dar-lhes um toque exótico graças a esta maravilhosa receita que descobri no blog Carlsbad Cravings.

Demora meia hora a fazer e os miúdos nem vão perceber que estão a comer os peitos de frango do costume.

Chicken-in-Coconut-Mango-Verde-Sauce-9.jpg

 

Só vou precisar de azeite, peitos de frango cortados às fatias (tipo strogonoff), um pimento vermelho picado e um pimento verde também picado.

Para o molho, vou precisar de leite de coco, "salsa verde" (é um molho mexicano que encontra no Jumbo), manga cortada em pedaços, açúcar mascavado, sumo de lima, cominhos, piripíri, paprika, sal e coentros picados para decorar. A receita original ainda sugere pimento jalapeño, mas como não tenho em casa não vou usar. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita completa.

Comece por misturar todos os ingredientes do molho de coco e manga no liquidificador até obter um creme macio. Finalize com os conetros picados por cima e reserve.

Aqueça uma frigideira anti-aderente, em lume médio-alto. Quando estiver muito quente, junte o frango e deixe cozinhar até os pedaços de frango deixarem de estar cor de rosa. Nessa altura, junte os pimentos e cozinhe durante mais 2 minutos. Acrescente o molho de coco e manga e mexa até o frango ficar totalmente cozinhado e o molho bem quente. Decore com coentros frescos e sirva com arroz.

Agora venham lá dizer que cá em casa se come sempre a mesma coisa, suas crianças insolentes!

 

Leia ainda:

 

Um ótimo e exótico jantar,

Ela

 

receita e foto: carlsbad cravings