Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

pistácios de caril tostados, um aperitivo com um leve toque indiano para esta páscoa

Sou fanática por pistácios. Adoro. Mas confesso que me irrita solenemente o vício em que se tornam. Porque é que, depois de uma pessoa meter o primeiro à boca, só consegue parar quando a taça fica vazia? É completamente irracional. Bem, eu sou totalmente irracional no que toca a comida. E esta receita, que descobri no ótimo site The Kitchn enquanto procurava aperitivos originais para a Páscoa, prevê-se ser mais uma desgraça para a minha malfadada dieta.

Tudo o que vai precisar é de geleia de agave, óleo de coco, sumo de lima, caril em pó, pimenta caiena, raspas de uma lima, pistácios com casca e uma colher de sopa de açúcar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

53250cf6dbfa3f3a10002336._w.540_s.fit_.jpg

 

Pré-aqueça o forno a 150º C. Junte numa panela pequena o xarope de arroz integral (ou de agave), o óleo de coco, o sumo de lima, o pó de caril, a pimenta caiena e as raspas de lima. Aqueça em lume brando, mexendo várias vezes, até o óleo de coco ter derretido e ficar uma mistura homogénea.

Coloque os pistácios numa taça e despeje por cima o molho de caril quente. Revolva com uma espátula ou uma colher até os pistácios estarem bem cobertos pela mistura. Espalhe os pistácios num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve-os ao forno durante 25 minutos, agitando o tabuleiro de vez em quando para os ir virando e até o revestimento dos pistácios estar tostado e seco.

Retire os pistácios do forno e polvilhe com o açúcar. Deixe-os arrefecer totalmente, retire-lhes a casca e coloque-os num frasco hermeticamente fechado.

E agora? Agora devoro todos estes pistácios e não janto. Pelo menos é um jantar vegan… ou não? E vegan é saudável, certo?

 

Boas receitas tão saudáveis quanto possível,

Ela

 

receita e fotos: the kitchn 

 

1 comentário

Comentar post