Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

pizza carpaccio (um bocadinho light) família mistério

Eu já sei que a pizza verdadeiramente caseira é com a massa feita, fermentada e tendida em casa. E também com o tomate trazido de San Marzano e a água de Nova Iorque. E já agora com duas visitas de estudo a Nápoles e mais 14 horas enfiado na cozinha. Mas cá em casa não somos esquisitos. E cozinhar é um prazer, não é um martírio. Por isso, as coisas têm de ter tanto de bom como de simples.

Esta semana fiz uma surpresa de Páscoa para a família: pizza caseira, mas com a massa comprada no Continente. Eu sei que não é a mesma coisa. Mas para nós serve. O importante é que seja light – ou, pelo menos, um bocadinho light. E isso é possível desde que o Continente lançou a sua massa de marca branca extra fina. É uma massa rectangular, grande, saborosa e suficientemente fina para ficar estaladiça. Duas embalagens de massa alimentam uma família de seis bocas trituradoras como a nossa. E tem outra vantagem: é fácil. E rápido.

Basta desenrolar a massa e colocá-la com o papel vegetal no tabuleiro do forno. Enquanto prepara o recheio, aquece o forno a 200 graus. E o segredo está a seguir: recheio light. Em vez de molho de tomate, usei molho pesto Giovanni Rana. É um dos melhores pestos que encontrei e há sempre à venda na área de frescos do Continente. Espalhei-o por cima da massa da pizza e depois cobri tudo com carpaccio affumicato, também à venda no Continente. A seguir, coloquei cogumelos shiitake às tiras, tomate cherry partido em quatro, azeitonas verdes à provençal, manjericão e queijo da ilha ralado grosso por cima. Não é que este prato seja uma salada só de verdes, mas a única coisa que verdadeiramente engorda é a massa, porque o queijo da ilha mal se vê.

Depois de ter tudo pronto, molhei todas as bordas da massa com água e coloquei no forno durante dez minutos, sem abrir. Subi depois a temperatura para os 220 graus e deixei mais dois minutos. O resultado foi este.

Deu três fatias quadradas para cada um. Não é o fim do mundo em dietas. 

 

Ingredientes 

- Massa para pizza extra fina Continente

- Carpaccio affumicato Forlotti&C

- Molho pesto verde fresco Giovanni Rana

- Azeitonas verdes à provençal Père Olive

- Cogumelos shiitake

- Manjericão

- Tomate cherry

- Queijo da ilha ralado grosso

 

Una buona Pasqua a voi, ovunque voi siate,
Esso

15 comentários

Comentar post