Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

presentes de última hora? não se enfie num shopping, faça em casa estas sugestões facílimas

Está em pânico, não está? Eu também. Foi só hoje que realizei que, se por um lado, me falta comprar presentes de Natal; por outro, me falta ainda mais paciência para me enfiar num shopping nesta altura do mês. E foi por causa deste défice de paciência agudo que decidi que este ano não vou comprar, vou fazer. Para esta minha decisão contribuíram duas fantásticas sugestões do Jamie Oliver. São óptimos presentes, originais, divertidos e facílimos de preparar – um verdadeiro sucesso em qualquer árvore. Seja para aquela tia que não sai de casa desde os anos 80 e acha que as meias de losangos ainda estão na moda, ou para a sua querida priminha que acabou de descobrir que não come doces.

1tbO5QEDKy3Bap88m7HOlT.jpg

 

Para a tia

Biscoitos faça-você-mesmo

Já aqui falei dos fantásticos bolos e biscoitos da Aladina. São vendidos em frascos com todos os ingredientes separados. Chega a casa e só tem de seguir as instruções descritas num cartão. 

Agora, o que o Jamie Oliver sugere para oferecer no Natal é exactamente o mesmo. Mas preparado por si, em casa. Tudo o que tem de fazer é locomover-se até à cozinha, pegar num frasco limpinho de cerca de 750 ml e colocar lá dentro 115 g de farinha, meia colher de chá de fermento em pó, meia colher de chá de canela, 1/4 de colher de chá de sal, 150 g de passas, 165 g de flocos de aveia, 125 g de açúcar mascavado e uma vagem de baunilha. Ponha um ingrediente de cada vez para ficar tudo separado e bonitinho.

Depois ate um pouco de ráfia à volta da tampa, prendendo um cartão com as Boas Festas e as instruções. E estas últimas são fáceis:

  1. Retire o açúcar para dentro de uma taça com 115 g de manteiga à temperatura ambiente e bata com as sementes da vagem de baunilha até ficar macio.
  2. Coloque um ovo grande e misture.
  3. Acrescente o resto dos ingredientes e bata tudo.
  4. Ponha a massa no frigorífico durante meia hora.
  5. Espalhe pequenos montinhos achatados da massa em cima de um tabuleiro com uma folha de papel vegetal e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 10 a 12 minutos. A ideia é que os biscoitos fiquem dourados nas pontas e macios por dentro.

Estes biscoitos deliciosos demoram 10 minutos a cozinhar e o seu presente maravilhoso demora ainda menos a preparar.

 

Para a prima

Combinações de cuscuz

6giH8Bzsq5f94Qer8GvdzE.jpg

Agora chegou a vez da priminha esquelética que faz um ar de enjoada cada vez que vê um grama de açúcar à frente. Os biscoitos não dão para ela? O Jamie Oliver tem uma solução. Use na mesma a técnica do frasco, mas com cuscuz. Coloque lá dentro 200 g de cuscuz, 2 colheres de sopa de sementes de abóbora, as sementes retiradas de 4 vagens de cardamomo esmagadas e 1 colher de chá de ras el hanout (trata-se de uma mistura de especiarias marroquina que pode encontrar em alguns mercados ou no Martim Moniz, em Lisboa – se não encontrar, use outra mistura à sua escolha). Feche o frasco e dê um laço à volta da tampa com uns fios de ráfia a prender um cartão de Boas Festas. Vai ver que vai fazer um sucesso este Natal. 

Quem é que dá boas ideias, quem é? O Jamie Oliver, claro. Se quiser ver a dica dos biscoitos, vá aqui. Se quiser ver a do cuscuz (há outras combinações), veja aqui.

 

Bons presentes de Natal para si onde quer que a multidão dos shoppings esteja,

Ele

 

receitas e fotos: jamie oliver