Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

qual o lado do papel de alumínio que deve ficar em contacto com a comida

Estou pronto. Podem descarregar as barragens de ódio que estão presas por esse Facebook fora que eu estou preparado para tudo. Sim, vou falar de papel de alumínio, esse indigno inimigo público número um de quem defende uma alimentação saudável. É verdade, por vezes eu uso papel de alumínio cá em casa. Mas – o que é que se há-de fazer? – ninguém é perfeito. E, sim, também é verdade, estou empenhado em descobrir qual o lado do papel que deve estar em contacto com a comida: o brilhante ou o baço?

1371606040629.jpeg

 

Já sei que nenhum, que o melhor é não usar materiais como alumínio, mas, de qualquer forma, essa é uma dúvida que me assiste desde que, aos 3 anos, depois de cheirar uma açorda pela primeira vez na vida, descobri onde queria passar o resto dos meus dias.

Felizmente, existe uma alma ponderada, equilibrada, calma e tranquila como Gordon Ramsay para esclarecer toda e qualquer dúvida que eu tenha sobre cozinha. E o segredo do papel de alumínio foi só a última de todas elas. 

Há poucos dias, o site internacional Buzzfeed compilou todas as dicas úteis dadas por Gordon Ramsay na sua nova masterclass de cozinha. Trata-se de um mini-curso de cozinha que Ramsay dá online e onde partilha, ao longo de 20 aulas em vídeo, técnicas e receitas para usar em casa, no aconchego da sua cozinha.

gordon-ramsay-face-desktop-wallpaper-632-655-hd-wa

E, entre elas, lá está a dica do papel de alumínio. Segundo o famoso chef britânico, o lado brilhante deve estar sempre virado para cima e o lado mais baço em contacto com a comida. Ramsay explica que este é o lado que isola melhor o calor, mantendo-o em contacto permanente com a comida.

É claro que, se esta dica fosse consensual, não haveria razão para o Facebook existir. Por exemplo, a fabricante de papel de alumínio Reynold's Kitchen garante que só existe diferenças no papel de alumínio antiaderente. Nesse caso, de facto o lado baço é o que deve ficar em contacto com a comida porque é antiaderente. No caso do papel de alumínio normal, a fabricante garante que os dois lados têm o mesmo efeito.

Não sei bem quem terá razão, mas, pelo sim, pelo não, acho que vou mais pelo Gordon Ramsay – nem que seja para ele não se irritar comigo.

 

Um óptimo almoço ara si onde quer que o papel de alumínio esteja,

Ele