Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

quando o luxo e a natureza se encontram na tailândia, isso é… o six senses yao noi

ocean_panorama_pool_villa7.jpg

Sou uma pessoa simples. Com gostos simples. Gosto de mar, da natureza, de andar descalça, de bungalows, do pôr-do-sol. Amor e uma cabana, no fundo. Mas… em bom, claro. Porque um bocadinho de conforto e luxo nunca fez mal a ninguém. Como já não vou para nova, a minha fase de andar de mochila às costas já passou. Por isso, meu querido Marido Mistério, prepara-te para abrir os cordões à bolsa porque já escolhi o nosso próximo destino de férias. Ok, como não é assim muito barato, vamos sem crianças. Agora, diz-me lá sinceramente, consegues dizer não a isto?

 

pool_villa_exterior3.jpg

reserve_master_bedroom8.jpg

spa_bathroom.jpg

Six Senses é sinónimo de luxo. Mas aqui o luxo anda de mãos dadas com a simplicidade e com a natureza. As 56 villas do Yao Noi têm todas piscinas privadas. Feitas de teca, bambu e madeira natural, são protegidas por tetos de colmo e folhas de palmeira. Os tons naturais contrastam com apontamentos de cor, como laranjas, encarnados e verdes que dão uma alegria especial aos interiores.

hilltop_reserve_pool41_5906-a4.jpg

bathroom_ocean_panorama.jpg

deluxe_pool_villa_bathroom.jpg

Mas o que acaba comigo são os decks das villas. Que vista! Que sonho! Piscinas que parecem mergulhar no mar, duches exteriores, espreguiçadeiras de onde não apetece levantar, sempre com uma impressionante paisagem como cenário: a baía de Phang Nga. Aqui o conceito “rústico chique” ganha toda uma outra dimensão. As villas, além de espaçosas, gozam de uma incrível privacidade, graças à luxuriante vegetação tropical que faz as vezes de paredes e de muros intransponíveis.

room_41_wa_ocean_panorama_5464-a4.jpg

ocean_panorama_pool_villa_bedroom_details.jpg

ocean_deluxe_pool_villa2_311-a4.jpg

As villas distribuem-se pelas encostas até à praia, com vista para a floresta e para o mar. Também aqui há uma enorme preocupação ambiental. Construído numa antiga plantação de borracha, o resort tem com missão melhorar a flora que o rodeia, replantando as espécies locais, bem como as árvores de fruto e os mangues, e preservar a vida selvagem.

main_pool_at_the_hilltop_reserve_5256-a4.jpg

view_from_the_den_night.jpg

bar14.jpg

Depois, há todo o resto, onde um resort deste tipo não desilude. Refeições deliciosas e pequenos-almoços incríveis na Hilltop Reserve (zona de lazer, onde se situa a piscina principal e os vários restaurantes, que tem a melhor vista do hotel), os originais tratamentos de spa, os gelados e os doces oferecidos pelo resort ao longo do dia, e um serviço cinco estrelas personalizado, ou não fosse este hotel na Ásia, onde o serviço é de facto imbatível.

main_pool_at_six_senses_yao_noi.jpg

ocean_panorama_pool_villa10_5908-a4.jpg

cinema_paradiso_by_the_beach.jpg

E para acabar em beleza, o Yao Noi tem aquilo que é, para mim, a cereja no topo do bolo: o incrível cinema ao ar livre, com direito a pipocas e tudo, cuja única iluminação é a do projetor e a do brilho das estrelas. Claro que para chegar ao paraíso, temos que nos sacrificar. Depois de aterrar no aeroporto de Phuket, são 20 minutos de carro até ao porto. Depois apanha um barco e são mais 45 minutos até chegar a Yao Noi. Como? Não percebi? O que é que queres saber, meu "doce e lindo" Marido Mistério? Os preços? Ui. Achas que é fácil entrar no paraíso? Parece que não é barato… €650 euros, por noite. Mas quer dizer… é o que o diz o site (no dia em que pesquisei), se calhar conseguimos um pacote mais em conta num quartinho mais pequeno…

beach-excursion.jpg

resort-aerial-view.jpg

Eu sei. É de loucos… Mas não custa tentar, não é?

Boa viagem para nós (nem que seja em sonhos),

Ela

 

fotos: travelplusstyle

 

4 comentários

Comentar post