Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

roteiro para conhecer portugal de copo de vinho na mão

20121216174016_FPNPHQ5QH9PJ86DE380N.jpg

No meio da crise política no Parlamento, da crise desportiva no Benfica e da crise capilar de Cristina Ferreira, só nos resta uma alternativa: pegar no copo de vinho e partir. Não precisa de apanhar a primeira nave espacial para Marte, basta apanhar o primeiro barco para o Douro. Ou o primeiro comboio para o Alentejo (espere, parece que a crise acabou com quase todas as linhas férreas no Sul). Mas o meio de transporte não é o mais importante. Aqui o decisivo é escolher os melhores hotéis que produzem os melhores vinhos. E marcar umas férias para descansar e provar.

 

Douro Valley 14.JPG

Depois da confusão da época das vindimas, esta é a melhor altura para umas mini-férias no Douro ou no Alentejo, em hotéis maravilhosos com vinhos fantásticos. Agora, pegue no copo e encoste-se na cadeira: a degustação vai começar. 

 

Quinta do Vallado 

Peso da Régua, Douro

Quinta-do-Vallado.jpg

É uma das quintas mais antigas do Douro. Construída no século XVIII, quando a primeira Constituição Portuguesa ainda era um projeto de embrião, a quinta divide-se em dois edifícios: um antigo e tradicional; e outro moderno e minimalista. No Vallado, pode acompanhar todo o processo de produção de um dos melhores vinhos portugueses, premiado pela Wine Spectator com uns estridentes 93 pontos.

77946_571995172824325_2101771710_o.jpg

E sabe qual é a maior vantagem de passar uns dias aqui? À medida que visita a quinta, vai provando cada garrafa que sai dali para as lojas: do vinho do Porto ao vinho tinto, passando pelo branco e pelo rosé. À noite, pode adormecer nos quartos de design e tomar banho nas banheiras de xisto do hotel para ver se não fica muito tonto depois da degustação. No dia seguinte de manhã, o que o espera são mais quintas com mais vinhos para provar. As opções naquelas região são infinitas.

10922383_930995406924298_3233085896226907571_o.jpg

Se quiser conhecer melhor o hotel, vá aqui.

 

Herdade do Sobroso

Vidigueira, Alentejo

1.jpg

Já sabe que se um alentejano lhe disser que alguma localidade está mesmo, mesmo, mesmo ali ao lado, é melhor preparar-se para umas horas de caminho. O Alentejo é uma região de grandes planícies, uma paz inabalável e muuuuuita lentidão.

7.jpg

Mas é isso que faz desta região um dos meus locais preferidos para passar férias, para comer, para beber vinho e para descansar. Aqui tudo é feito mais lentamente. Com mais cuidado. Com mais carinho. E, por isso, sabe sempre melhor.

4 (1).jpg

É também no Alentejo que estão alguns dos mais bonitos hotéis de charme portugueses. E a Herdade do Sobroso está no top 10. Perto da albufeira da barragem do Alqueva (a maior da Europa ocidental), o Sobroso é o local ideal para um fim-de-semana de Outono. Além de provar os ótimos vinhos produzidos na herdade, ainda pode fazer ski aquático na barragem, ver javalis ou dar um passeio de balão por cima dos 1.600 hectares da propriedade. O interior do hotel é moderno, clean e sofisticado.

 

Quinta de Casaldronho 

Lamego, Douro

24.jpg

Eu sei que o nome "barcos rabelo" não é muito simpático, mas acredite que um passeio de duas horas num destes barcos é uma experiência que não deve perder. Sobretudo no Outono ou na Primavera, quando as encostas do rio se enchem do verde das vinhas. É isso que pode fazer neste novo hotel de Lamego depois de uma visita por adegas onde experimenta fantásticos vinhos do Porto.

25.jpg

O hotel fica a 350 metros de altitude e tem uma vista magnífica para o vale do Douro. Os quartos são modernos e elegantes e a piscina exterior fica no topo do edifício também modernaço.

 

L’AND Vineyards  

Montemor-o-Novo, Alentejo

1504490_743044045705651_1386146844_o.jpg

É quase como a música de Vinicius de Moraes: "Era uma casa muito engraçada, não tinha teto, não tinha nada". O L'AND Vineyards é um hotel de design que não tem teto. As suites Sky View têm um vidro por cima da cama, o que lhe permite dormir a olhar para as estrelas – isso, se conseguir dormir de olhos abertos...

LAnd-Vineyards-16.jpg

No Verão, pode abrir o vidro e passar pelas brasas ao relento enquanto ouve os passarinhos lá fora. Mas o melhor mesmo deste hotel é o que pode fazer acordado. Todas as suites têm um terraço com lareira que é um óptimo spot para beber um copo de vinho ao fim da tarde.

l_and_vineyards_montemor_s140113_f2.jpg

Depois, tem um restaurante com uma estrela Michelin onde pode provar, por exemplo, um delicioso bacalhau confitado em azeite biológico. E um spa com vários tratamentos de vinoterapia. A piscina é linda e fica junto a um pequeno lago. Para mais detalhes sobre o hotel, vá aqui. Uma única ressalva: marque a visita para uma noite de céu estrelado. Com chuva, o tecto de vidro não tem graça nenhuma.

 

Malhadinha Nova  

Beja, Alentejo

herdade-da-malhadinha-nova-country-house-and-spa.j

Cada estadia é um programa diferente: há semanas dedicadas à fotografia, ao ioga, à pintura ou ao hipismo – sempre com várias provas de vinhos pelo meio. A herdade produz um dos grandes vinhos alentejanos e organiza degustações ou workshops sobre vinho.

009470-83.jpg

Pode também cozinhar com o chef, dar um passeio a cavalo pelo campo ou passar uma tarde no spa. Há criação de vacas e de porco preto e um bom olival onde as azeitonas ainda são apanhadas à mão para fabricar um óptimo azeite artesanal.

11.jpg

Nos quartos, o ambiente é mais moderno: a decoração é minimalista, as louças da casa-de-banho são desenhadas por Philippe Starck e o sistema de som está equipado com ligação a iPods. Mal entra no seu quarto, tem um presente à sua espera: um cesto de fruta apanhada na propriedade e uma garrafa de vinho produzida ali.

DSCF9113.jpg

 

Casa da Calçada 

Amarante, Douro

Calcada_noite (856x1024).jpg

Amarante é um dos locais mais bonitos do Norte de Portugal, com um rio que atravessa ao meio o centro histórico da povoação. Aqui encontra uma ponte de pedra do século XII, uma linda igreja do século XVI e este palácio com cerca de 500 anos. A Casa da Calçada é hoje um dos hotéis mais bonitos do país, distinguido recentemente pela Condé Nast como um local de visita obrigatória.

096bf7b6e8c71879780001a988dea645.jpg

Mas tem mais. Além de um magnífico hotel em estilo clássico, com quartos gigantes e cadeirões forrados com veludos que deixariam o Querido, Mudei a Casa de queixo caído, a Casa da Calçada tem um restaurante com uma estrela Michelin (saiba mais detalhes aqui) que foi eleito o segundo melhor restaurante da Europa na votação Eurpean 50 Best. A quinta ao lado – dos mesmos donos – produz ainda um vinho verde a partir daquelas que são consideradas as mais antigas vinhas de vinho verde em Portugal. 

Se quiser conhecer mais detalhes sobre a Casa da Calçada, veja aqui.

cf1a2b0afb26bb04e60d86ed45bbd111.jpg

Do que é que está à espera? Largue a revista com as últimas dez cores de cabelo da Cristina Ferreira (se for Ela), ou deixe de chorar com a desgraça do Benfica (se for Ele) e faça as malas. Está aí um mundo novo por descobrir – sempre de copo de vinho na mão, claro.

 

Boa viagem para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: Casa da CalçadaHerdade do SobrosoL’AND VineyardsMalhadinha NovaQuinta de CasaldronhoQuinta do Vallado

8 comentários

Comentar post