Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

sabe porque é que muitos restaurantes americanos estão a proibir as gorjetas?

Antes de responder à pergunta, convém explicar o que é que se está a passar.

A tendência começou no início do ano, em pequenos restaurantes de Nova Iorque. E agora está a chegar aos maiores grupos de restauração da cidade e a alastrar-se por outras cidades dos Estados Unidos. O jornal americano USA Today anunciou na semana passada que um dos mais prestigiados grupos de restaurantes de Nova Iorque também vai deixar de aceitar gorjetas a partir de Novembro.

635804366808408142-XXX-ZX40158-D-DCOL-ZX40158-9093

 

No entanto, aquilo que poderia parecer um ataque aos funcionários é antes uma forma de os defender. Ou, pelo menos, de defender aqueles que não recebem gorjeta. "Por vezes, os cozinheiros ou os empregados que lavam os pratos são tão importantes para a experiência que um cliente tem num restaurante como os empregados que estão a servir à mesa", diz Danny Meyer, o dono do famoso restaurante The Modern que vai abolir as gorjetas em Novembro. E, contudo, eles não recebem gorjetas. 

Nos Estados Unidos, a lei impede mesmo os restaurantes de distribuírem gorjetas por certos funcionários, limitando as gratificações aos empregados de mesa. "Há uma diferença de tratamento entre os empregados da frente e os de trás", diz outro dono de restaurantes ao USA Today. E é essa diferença que o fim das gorjetas pretende combater.

No The Modern, os preços terão um ajuste mínimo – "não vão ser muito diferentes" – e, em compensação, serão distribuídos prémios por todos os trabalhadores do restaurante tendo em conta o mérito e a produtividade. Esta medida foi também implementada no Dirt Candy, um dos mais famosos restaurantes vegetarianos de Nova Iorque. Aí as gorjetas foram eliminadas, mas foram substituídas por uma taxa de 20% a ser distribuída por todos os empregados. A medida está a ser um sucesso, tanto entre os clientes como entre o pessoal que trabalha no restaurante.

Eu estou aqui ansioso por saber se esta tendência vai chegar a Portugal. E quais são os prémios que os donos dos restaurantes estão dispostos a distribuir...

 

Um bom jantar para si onde quer que a gorjeta esteja,

Ele

 

foto: usa today

 

25 comentários

Comentar post

Pág. 1/2