Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

salada de ovas com coentros (ou o aquecimento para os excessos da páscoa)

Hipótese 1: casa cheia, crianças aos saltos em cima de si, gritos em tom Cindy Lauper, sprints estilo Usain Bolt na sala, a casa prestes a desmoronar-se e você queria mesmo era comer alguma coisa decente e saudável.

Hipótese 2: Sexta-feira Santa, mini jejum de carne, dia sem excessos, nada de pecados, nada de luxos e nada de ataques de gula com grande cozinhados, molhos elaborados e bolos de fazer babar, e o que lhe apetecia mesmo era comer alguma coisa decente e saudável.

Hipótese 3: feriado igual a todos os outros feriados do ano, um óptimo dia para passear, ver o mar, irritar-se com o bimbonauta da frente que insiste em tirar o carro da garagem apenas duas vezes por semana e não passar dos 60 km/h, e agora, ao fim da tarde, o que apetecia mesmo era comer um petisco decente e saudável.

Estejam os meus amigos em que hipótese estiverem, nós temos três mágicas palavras para si: salada de ovas. É fácil, é barato e dá milhões – de alegrias. A única dificuldade é encontrar umas ovas de pescada frescas. Conseguido isso, consegue o céu – e sem nuvens irritantes como as que estiveram hoje. Coza as ovas em água a ferver e sal durante uns sete ou oito minutos. Vá confirmando a consistência das ovas, o ideal é que fiquem cozidas por fora e rosadas por dentro para que, ao cortá-las, elas quase se desfaçam. Se as cozer demais, elas vão ficar secas e intragáveis. Se as tirar do lume no ponto, elas vão ficar molhadas e saborosas. Com as ovas cozidas, deixe-as arrefecer ao ar e corte-as às fatias. Junte uma cebola grande e um molho de coentros picados. Tempere com azeite, vinagre balsâmico e flor de sal e sente-se à mesa com um copo de vinho branco ao lado. Agora, sim, está preparado para enfrentar os excessos de amanhã e domingo.

 

Ingredientes 

- Ovas de pescada

- 1 cebola

- Coentros

- Azeite

- Vinagre balsâmico

- Sal

 

Uma boa Páscoa para si, onde quer que esteja,

Ele