Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

salada tão light, tão light que acho que hoje emagreço três quilos só ao jantar

Para grandes males, grandes remédios. Entrei noutra dimensão na minha vida. Vou para o supermercado comprar ingredientes que nunca comprei, nem sabia que existiam e muito menos sabia que se comiam. Ele, claro (o Mr. Sabetudo), conhecia e já comprou. Mas eu sou aquela mãe que vai ao supermercado com a lista do mês, que inclui detergentes, leite, massa, arroz, feijão, ovos, papel higiénico, entre outras coisas interessantes (dá para perceber que detesto ir ao supermercado?). 

Durante uns tempos fiz as compras online: adorava, era só clicar na lista do mês e entregavam em casa. Era ótimo. Mas a boa vida acabou quando Ele, desconfiado das contas caríssimas, decidiu ir à despensa, e descobriu os meus pequenos excessos: 12 garrafas de óleo (que, de facto, não usamos), 10 pacotes de feijão preto (qual é o mal? Quando quisermos fazer uma feijoada à brasileira, estamos preparadíssimos), 25 garrafões de água do Luso (não eram para encher a piscina) e outros exemplos deste género. Adeus compras online, olá filas de supermercado. Ele parece ser um amor (ai, e tal, cozinha, que querido, mas no fundo é um tirano). 

Bem, dizia eu, que desta vez, vou comprar ingredientes cujo nome davam personagens de filmes estranhos: rabanetes e funcho. Assustador, não é? Mas o calor está a chegar, o meu rabo continua a aumentar e está na hora de tomar medidas extremas. Por isso, o meu jantar vai ser esta saladinha, da autoria de Jamie Oliver, que descobri neste blog que eu adoro. Quem se solidariza comigo?

MG_3651_edit.jpg

 

Ingredientes

Para 4 pessoas

  • 1 bolbo de funcho (só as partes branca e verde)
  • 150 g de rabanetes
  • 2 colheres de sopa de sumo de limão
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de chá de flor de sal
  • Pimenta moída

 

Corte o rabanete e o funcho em fatias o mais fininhas que conseguir (ajuda a imaginar que estamos a comer um carpaccio). Para que fiquem estaladiços, mergulhe-os numa taça cheia de água gelada e de cubos de gelo, antes de os colocar na travessa. Disponha as fatias de funcho e de rabanetes, num rácio de 2:1, e tempere com o sumo de limão, um bom azeite, flor de sal e pimenta. No final, coloque os raminhos verdes do funcho, cortados também muito fininhos, por cima. Não tenho uma dúvida de que este prato deve ter calorias negativas. Por isso, amanhã, depois de ingerir cerca de -100 calorias, vou acordar feia de magra (isto se me aguentar e não roubar um bife de um dos meus filhos!)

 

Boa sorte para mim e para o meu futuro corpinho Danone,

Ela

 

receita e foto: drizzleanddip

 

8 comentários

Comentar post