Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

shot de vodka e morangos com pimento jalapeño para esquecer uma tarde de doidos

Hoje é daqueles dias em que me apetece beber para esquecer. Depois de passar uma tarde inteira a ouvir:

- Mãe, o que é uma disjunção prismática?

- Mãe, este Vergílio Ferreira não podia ser mais direto a escrever?

- Mãe, o que é um eneágono?

- Querida, onde estão os meus jornais da semana passada?

Irra! Raios os partam que não se consegue ler um livro nesta casa. Por isso, dediquei os meus dois minutos de tempo livre que consegui ter no intervalo das dúvidas da nossa equipa de futsal a descobrir esta receita que me vai ajudar a terminar este dia desgastante em beleza: shot de morango e pimento jalapeño. A sorte que eu tenho de ter um marido exótico que compra estes ingredientes estranhos cá para casa!

 

Ingredientes 

  • 450 g de morangos
  • 1 lima
  • ¼ de chávena de açúcar
  • ¼ de chávena de água
  • 1 pimento jalapeño
  • ¼ de chávena de vodka limão
  • Açúcar para a borda dos copos

Esta receita demora 15 minutos a preparar e dá para 12 pessoas. Mas estou a pensar fazê-la toda só para mim. Lave os morangos e corte-os em metades. Corte a casca da lima em tiras grandes e esprema o sumo. Junte os morangos, o sumo da lima, uma tira da casca da lima, o açúcar, a água e o pimento jalapeño num tacho e ferva em lume brando, depois em lume médio durante cinco minutos. Coloque a mistura num liquidificador e ligue só uma vez. Passe o líquido por uma peneira, junte o vodka e deixe arrefecer no frigorífico.

Antes de servir, molhe as bordas dos copos de shot com as restantes raspas de lima. Rodeie as bordas com açúcar. Despeje a mistura do vodka bem gelada e sirva. Eu vou servir-me a mim própria. Aposto que todas as respostas às dúvidas da minha querida prole vão surgir no meu cérebro a uma velocidade estonteante. Como por exemplo:

- Vergílio Ferreira tropeçou num éneagono quando se inspirava para escrever junto a uma disjunção prismática.

Pelo menos, calo-os a todos.

 

Bom fim de semana,

Ela

receita e fotos: driscoll's