Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

shots de gin e ostra com ovas tobiko, o cocktail de sonho de qualquer pessoa

Desde que, numa inesquecível noite de Verão, tivemos a sorte de provar o magnífico dry ostrini, do Hotel do Chiado, que a minha vida mudou. Tornei-me um ser desprezível, obcecado, ganancioso e capaz de pisar quem se cruza no meu caminho. Tudo porque tenho apenas um objectivo na vida: aperfeiçoar e melhorar aquele delicioso binómio gin-ostra.

Mas agora o calvário pode ter terminado. É que descobri esta magnífica receita do blog Use Real Butter que tem algumas vantagens em relação ao tal dry ostrini: primeiro, não é tão forte – a quantidade de gin é mais civilizada; depois, tem um ingrediente delicioso – o caviar por cima dá-lhe um toque divinal.

Captura de ecrã 2015-08-16, às 19.02.58.png

 

Ingredientes

  • Ostras
  • Gin gelado (eu vou experimentar com Bulldog)
  • Caviar (ou ovas tobiko com wasabi)
  • Fatias fininhas de lima

 

A parte mais difícil é abrir as ostras, mas eu comprei umas bases de madeira onde encaixa a ostra e umas facas pequeninas próprias para abrir, o que facilitou bastante a minha vida (e a vida da minha mão também). Aberta a ostra, pouse-a sobre a metade da concha mais côncava em cima de uma cama de sal ou de gelo picado para a manter direita. A ideia é não desperdiçar nada do líquido que está dentro da concha e que vai dar um maravilhoso sabor a mar a este shot.

Acrescente o gin gelado até encher a concha e coloque as ovas por cima. Se encontrar facilmente um supermercado japonês, pode optar por estas ovas tobiko com wasabi que foram usadas na receita original do Use Real Butter. Senão, pode escolher o caviar Tzar que é produzido na Rússia a partir de salmão, carapau e marisco e que está autorizado a usar a designação caviar apesar de não ser de esturjão. É claro que o preço não se compara. Finalmente, só precisa de colocar a fatia de lima ao lado para lhe dar alguma acidez. Se gostar, trinque a lima depois de beber o shot.

 

Um bom shot para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita e foto: use real butter