Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

socorro! a pimenta rosa abriu no cais do sodré e prepara-se para acabar de vez com a minha dieta

CAIS_PimentaRosa-1.jpg

Este é daqueles típicos sítios em que uma pessoa entra e apetece comprar tudo. Eu sei. Neste momento está Ele a sussurrar:

- Quando é que Ela entra numa loja e não lhe apetece comprar tudo?

Pois bem, mais um mito urbano, porque são raras as vezes em que me apetece comprar roupa, por exemplo, por uma razão muito simples: não aperta. Agora uma loja assim é totalmente diferente.

 

CAIS_PimentaRosa-9.jpg

CAIS_PimentaRosa-12.jpg

Chama-se Cais Pimenta Rosa e é a "irmã mais nova" de Mercearia Pimenta Rosa, que abriu há 5 anos em Campo de Ourique, e "prima" do restaurante com o mesmo nome. E quando Ele entrar por esta porta… ui, coitado do funcionário ou funcionária que o atender…. Vai ser alvo de um interrogatório detalhado. Além de peças de design e de autor, de artesanato, cerâmica e saboaria de marcas de prestígio portuguesas, tem incríveis produtos nacionais, como vinhos de pequenos produtores, presuntos, conservas Miss Can ou Cego do Maio, as incríveis bolachas da Casa de Juste, ou as tostas de pão alentejano Forno do Monte, entre muitos outros. Além das cervejas artesanais, gins portugueses e doces regionais, como o Pão-de-Ló de Margaride e o Pudim Abade de Priscos. Um autêntico parque de diversões para o meu querido Marido Mistério.

CAIS_PimentaRosa-10.jpg

CAIS_PimentaRosa-7.jpg

Situada num edifício histórico oitocentista, esta loja com uma decoração original em tons quentes e alegres é o que se pode chamar de uma mercearia fina. Fusão de um passado histórico com um toque de modernidade, manteve os traços da arquitetura e do design industrial, como as vigas de ferro que sustentam a mezzanine, que alberga a garrafeira. E é por isso que é tão gira, tal como os armários e as prateleiras coloridas onde estão expostos os produtos ainda mais apetitosos.

CAIS_PimentaRosa-8.jpg

CAIS_PimentaRosa-2.jpg

Com uma localização privilegiada, no Cais do Sodré, junto ao Tejo, vai ser um delírio para os turistas que ultimamente se apoderaram desta zona de Lisboa. Então aos fins-de-semana vai ser a loucura, com provas de vinhos, um especialista a cortar presunto ou, como já no próximo dia 29 de Maio, um showcooking de Pudim Abade de Priscos. 

Quando Ele acabar de ler este post, vai dizer:

- Embora?

E eu vou responder:

- Queres enlouquecer-me? O que é que uma pessoa em dieta vai fazer a um showcooking de Pudim Abade de Priscos? Torturar-se?

CAIS_PimentaRosa-6.jpg

CAIS_PimentaRosa-3.jpg

Tarde demais… Ele já está no GPS à procura da Travessa do Corpo Santo, número 15. Estou desgraçada…

CAIS_PimentaRosa-15.jpg

Boa sorte para mim,

Ela

 

2 comentários

Comentar post