Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

couves de bruxelas panadas com queijo parmesão, a receita que vai mudar a sua vida (ok, posso estar a exagerar...)

Sei que vou ser trucidada por toda a gente pelo que vou escrever a seguir: eu adoro couves de Bruxelas desde criança. Também sei que não é normal, porque quase toda a gente que eu conheço não gosta. Os nossos Minimisteriosos adoram (ah, os mistérios insondáveis da genética!) mas tenho a perfeita noção de que é um fenómeno raro.

Esta receita do imprescindível blog Damn Delicious vai provocar uma revolução na boca de toda a gente. A partir de agora, as couves de Bruxelas vão transformar-se numa unanimidade. Esta versão é deliciosamente crocante e incrivelmente deliciosa. Vai ver que, depois de experimentar, não vai querer outro acompanhamento no seu prato.

Só precisa de azeite, pão ralado panko, queijo Parmesão ralado, tempero cajun (encontra aqui, por exemplo), couves de Bruxelas lavadas, farinha e dois ovos batidos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

sub-buzz-14758-1505943274-9.jpeg

 

soufflé de tomatinhos cherry sem farinha refinada (será que descobri um soufflé saudável?)

Quem alinha num delicioso soufflé para acabar este fim-de-semana espetacular em beleza? Estou com desejos de soufflé desde o momento em que descobri esta incrível receita no blog Bare Root Girl. Há séculos que não como esta delícia porque as minhas sucessivas dietas nunca me permitem. Saudades daqueles tempos em que devorava soufflés no restaurante XL (a propósito, tem os melhores soufflés do mundo e arredores) e no dia seguinte nem me lembrar que existe esse inimigo público número 1 que é a balança.

Mas hoje, como para variar já me desgracei durante todo o fim-de-semana, vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta maravilha para o jantar. Ainda por cima não tem farinha refinada.

Ele só precisa de ovos (com as gemas e as claras divididas), sal, iogurte grego natural, um dente de alho picado, pimenta preta, tomilho fresco, farinha de amêndoa, queijo parmesão ralado e tomatinhos cherry.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_7535.jpg

 

pizza de frango, tomatinhos cherry e molho pesto com base de baguette

De facto, “a necessidade aguça o engenho”, que é como quem diz, “quem não tem cão caça com gato”. OK. Vou parar com os provérbios e as frases feitas antes que o meu querido Marido Mistério me ponha as malas à porta. Mas que esta receita do imprescindível site The Kitchn é uma excelente ideia para quando não temos massa de pizza em casa, lá isso é! O fim-de-semana aproxima-se perigosamente, o que significa que vamos ter a casa cheia de miúdos esfomeados e são receitas como estas que me fazem suspirar de alívio.

Para fazer esta maravilha, vou precisar de azeite extra-virgem, peitos de frango sem pele cortados em pedaços, sal, uma baguette, molho pesto, tomates cherry cortados ao meio, queijo mozzarella ralado e lascas de parmesão para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

579790e619347ae09990d090dac829f441edf2f6.jpeg

 

 

batata doce recheada com bacon e queijo, uma receita pura e simplesmente irresistível

Hoje o nosso jantar vai ser diferente. Não há cá bifes, nem frango, nem salmão. Os nossos Mini-Misteriosos não vão ter razão de queixa. Vão adorar estas fantásticas e crocantes batatas doces com bacon e queijo no forno que descobri no ótimo blog Sally’s Baking Addiction. Até vão chorar por mais.

Só vou precisar de quatro batatas doces médias, azeite, leite, sal, pimenta preta moída, queijo ralado à sua escolha (pode ser cheddar ou mozzarella ou ambos), bacon (já cozinhado e crocante) e natas azedas e cebolinho picado para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Simply-Loaded-Sweet-Potato-Skins-what-a-great-snack-or-side-for-game-day-3.jpg

 

spaghetti de courgette com ervilhas, crème fraîche e pesto, uma receita para repetir sem culpas

Quem está de dieta, ponha o dedo no ar! OK! Não desanime, não está sozinho ou sozinha nesta luta. Eu, já se sabe, recomeço todos os dias, sempre com um sorriso na cara. Sobretudo quando descubro receitas como esta do espetacular blog Top with Cinnamon. E não pense que é difícil fazer este esparguete de courgette. É bem mais fácil do que eu pensava. Se não tiver em casa um espiralizador, pode fazer os fios de courgette com um ralador normal. Basta passar a courgette inteira pelo lado com os buracos maiores do ralador.

De resto, vai precisar de uma courgette média lavada, azeite, um dente de alho picado, molho de pesto, crème fraîche (ou queijo creme ou ricotta), ervilhas, sal e pimenta, raspas de limão e queijo Parmesão.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Zucchini-Spaghetti-015.jpg

 

 

abacates recheados com salada de atum e grão, o almoço mais saudável de sempre

É fresca, surpreendente e saudável. Esta receita, do blog The Modern Proper, é ideal para aqueles dias em que acorda tarde e lhe apetece um brunch, só que, tal como eu, não pode perder-se com panquecas e outras tentações típicas de um brunch convencional.

No fundo, estamos a falar de uma salada dentro de um abacate. Só que não é uma salada qualquer, não senhor! Tem atum fresco, iogurte grego, queijo feta e outras delícias saudáveis. É um excelente almoço de domingo.

Só precisa de abacates, atum fresco de boa qualidade, iogurte grego natural, azeite, sumo de limão, coentros, grão, sal, pimenta, alho em pó, paprika, cebola picada, rabanetes, queijo feta e molho picante.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_3862.jpg

 

 

batatas doces assadas no forno recheadas com quinoa e queijo feta, uma receita de sonho

Imagine o sabor da batata doce… Agora imagine a textura macia… e a cor apetitosa… Agora feche os olhos e imagine uma batata doce quentinha no forno recheada com quinoa, espinafres, arandos, nozes pecan e queijo feta… Já está a salivar? Eu estou! E esta receita do blog Green Valley Kitchen não só é deliciosa e saudável como é ideal para levar para o trabalho e provocar uma onda de inveja no seu escritório. Está a ver aquela coleguinha toda fit que leva sempre umas saladas apetitosas e coloridas na marmita? Vai roer-se toda!

Só precisa de duas batatas doces médias, espinafres baby cortados, um dente de alho picado, azeite, quinoa cozinhada, nozes pecan partidas, arandos secos, queijo feta cortado em pequenos cubos, pimenta preta moída e uma pitada de sal.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

RoastedSweetPotatoStuffedWithQuinoaAndSpinach1.jpg

 

 

tostas de cogumelos com mozzarella, a entrada ideal para um dia especial

É sábado, é dia de me desgraçar e estou a sonhar com esta receita há meses. Passo a explicar. A minha querida e adorável sogra chegou-me um dia cá a casa com um presente gigante. Eu, que adoro receber presentes (quem não gosta?), desembrulhei-o com o entusiasmo de uma criança numa manhã de Natal. E qual não é o meu espanto quando me apercebo que a dileta progenitora do meu querido Marido Mistério ofereceu-nos um paralelepípedo descomunal de…terra.

- Obrigada, minha querida sogra. Não era preciso incomodar-se. Estava mesmo a precisar de um bloco gigante de…terra. Fica muito bem aqui na sala.

O meu querido Marido Mistério veio logo a correr em defesa da sua amorosa mãe.

- Obrigada, mãe. Finalmente!

A minha alma estava parva. Até que percebi o porquê de tanta felicidade. Daquele imenso bloco de terra iriam brotar dezenas, se não mesmo centenas de cogumelos. Só tínhamos de o deixar ao sol. Ah, bom! Que sorte! Cogumelos a nascerem-me em casa. Que alegria! Fungos! Bactérias! Que felicidade!

E não é que passado um tempo, começaram a crescer, pasme-se, como cogumelos. E de repente tinha o frigorífico repleto de fungos e respetivos familiares! Por isso, andei louca à procura de receitas diferentes e originais para despachar tanto cogumelo.

Foi assim que dei de caras com esta tentação que encontrei no excelente blog da Donna Hay.

Só preciso de fatias de pão (a receita original sugere uma baguette mas, a mim, quem me tira o pão alentejano tira-me tudo), azeite, flor de sal, pimenta preta moída, um dente de alho cortado ao meio, manteiga, cogumelos, alecrim, salva e mozzarella de búfala.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

05c789dff902e3ea211477b30abfa248.jpg

 

 

mini pizzas caprese, o jantar ideal para crianças em férias

Segunda-feira. Dia de neura e de recomeços. Recomecei a trabalhar, recomecei a dieta, recomecei a estragar a dieta e depois recomecei novamente a dieta. Tudo num dia. Que canseira! Certo é que voltámos ao trabalho mas as crianças continuam de férias. Que inveja! Que saudades dos tempos em que tínhamos três meses de férias…

E com o regresso ao trabalho, sobra-me pouco tempo para pensar em coisas básicas e essenciais como “o que vou fazer para o jantar?” O pior é que, quando chegar a casa, tenho mais não sei quantos amigos dos nossos Filhos Mistério para alimentar. Por isso, hoje é para a desgraça, não tenho tempo para pensar em nada e tinha esta maravilhosa receita na manga que descobri no site My Recipes. As crianças adoram e eu respiro fundo.

Só preciso de alho picado, azeite, massa de pizza, tomates cherry amarelos e encarnados cortados em quartos ou às fatias, mozzarella fresca cortada em pequenos pedaços, folhas de manjericão cortadas às fatias, sal e pimenta preta moída. Para decorar, vou guardar folhas de manjericão frescas inteiras.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

e1712c96fba47a94b2c8b59e2d23cced.jpg

 

 

3 almoços deliciosos e originais com ovos cozidos para levar para a praia

Quem nunca comeu um ovo cozido na praia que atire a primeira pedra! Au! Essa doeu!

São de facto muito práticos e uma injeção de proteína que cabe em qualquer orçamento. Claro que também podem ser desenxabidos, por isso, levo sempre uma caixinha com sal grosso, que ponho por cima do ovo sob o olhar reprovador do meu querido Marido Mistério, porque “faz subir a tensão arterial!” (emoji a revirar os olhos, claramente o meu preferido!) Quero lá saber. Tudo faz mal, irra! Mas como hoje é sábado e noventa por cento da população portuguesa está de férias e os outros dez por cento vão para a praia, aqui estou eu com esta sugestão de 3 receitas deliciosas com ovos cozidos para levar para a praia.

 

Salada de Macarrão, Queijo, Fiambre, Bacon e Ovo Cozido  

The-Best-Macaroni-Salad-Culinary-Hill-6-660x990

 

 

espetadas de salmão grelhado com pesto, um jantar saudável com apenas 175 calorias

Quem está de férias? Eu sei, Portugal inteiro. Mas também ainda há uma ou outra pobre alma a trabalhar. Não desespere. O seu dia chegará. Se já foi e voltou, para o ano há mais. Se ainda vai outra vez este ano, sorte a sua. Por isso, se para si, é mais uma entediante e quente terça-feira de trabalho, tenho aqui uma sugestão de jantar para o animar. Se estiver de férias, melhor ainda! É fácil, demora menos de meia hora a fazer e não engorda nada. Para ter uma noção, cada espetada de salmão com uma colher de sopa de molho pesto tem apenas 175 calorias, se juntar uma salada, é a refeição perfeita para quem está de dieta. A receita é do blog Daily Burn e promete tornar-se no próximo vício da Mansão Mistério.

Para o molho pesto, só preciso de manjericão fresco, alho, queijo parmesão ralado, azeite, sal e pimenta. Para as espetadas, só preciso de lombos de salmão sem pele, azeite e, claro, sal e pimenta para temperar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Salmon-Skewers_EM_2.jpg

 

 

quinoa com abacate, ovo cozido e molho pesto, um ótimo almoço para toda a família na praia

Esta receita foi originalmente pensada para o pequeno-almoço. Confesso que, para mim, é demasiado pesada logo de manhã mas se cozinhar a quinoa de véspera pode ser uma boa opção para o seu pequeno-almoço e começar a semana em grande.

Eu prefiro fazer esta maravilha que descobri no blog Simply Quinoa para o almoço: é ideal para levar para a praia ou se ainda estiver a trabalhar, como eu, leve para o seu emprego e vai ver que tem uma refeição leve, saudável e deliciosa. É muito fácil de fazer e só demora 10 minutos a preparar, se tiver a quinoa já cozida.

Só precisa de ovos, quinoa já cozinhada (siga as instruções da embalagem), meio abacate, pesto caseiro (tem aqui esta receita ótima ou se quiser pode comprar já feito), sementes de cânhamo e de chia, pinhões, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

pesto-quinoa-breakfast-bowls-4.jpg

 

 

o jantar mais dietético de sempre: salada caprese com courgette grelhada só com 4 ingredientes

A minha querida Família Mistério que se prepare que hoje o jantar é esta ótima e vegetariana salada. A minha dieta está a seguir o seu caminho a todo o vapor (fora um ou outro copo de sangria e de vinho branco) e assim será até ao próximo jantar fora (que por acaso é amanhã, ups!). Mas até os nossos filhos se vão render a esta salada do blog Little Broken. É deliciosa, saudável (eles adoram mozzarella) e só demora 20 minutos a fazer.

Só precisamos de 4 ingredientes: courgettes médias cortadas ao meio ao comprido, tomates maduros cortados às rodelas, queijo mozzarella cortado às fatias e folhas de manjericão frescas cortadas em juliana.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 a 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Grilled-Zucchini-Caprese.jpg

 

 

um almoço saudável para fazer em 20 minutos: omelete de queijo de cabra, cogumelos e abacate

Estou seriamente a pensar em começar uma criação de galinhas na Mansão Mistério. Ao ritmo que os ovos desaparecem cá em casa, é capaz de compensar! Os nossos filhos devoram ovos ao pequeno-almoço, ao almoço e, se eu deixasse, ao jantar, o meu querido Marido Mistério também é um consumidor compulsivo de ovos e eu sou uma consumidora compulsiva de tudo. Não resisto, por exemplo, a uma boa omelete recheada. É um facto. E esta receita do blog Cooking and Beer tem alguns dos meus ingredientes preferidos, como queijo de cabra e cogumelos e, por isso, vai ser o meu almoço de hoje.

Demora 20 minutos a preparar e só preciso de azeite, cogumelos fatiados, sal, pimenta, ovos, espinafres baby, queijo de cabra esmagado, um abacate maduro cortado em cubos e salsa fresca picada.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 pessoa, espreite aqui a receita original.

mushroomomelet.jpg

 

 

o almoço perfeito para o verão: salada de figos recheados com queijo de cabra e vinagrete de mel

Esta receita é como um Carnaval sem quarta-feira de cinzas. Quando me põem à frente uma salada que tem figos eu já começo a salivar. E então se esses figos estiverem recheados com queijo de cabra derretido, eu entro num estado de excitação ao nível do José Castelo Branco em dia de manicure.

Quem preparou esta verdadeira delícia foi o meu querido e prendado Marido Mistério. No fim de semana passado, eu resolvi juntar umas amigas cá em casa para um almoço, só porque sim. E Ele não descansou enquanto não encontrou uma salada para eu arrasar e deixar as minhas amigas de boca aberta. Deixou tudo pronto, pegou nas crianças e foi para a praia, enquanto eu me deliciava com esta maravilha (eu sei, o meu Marido Mistério é um sonho, não é?).

Convidei umas amigas (sem maridos e afins, claro, que nós também precisamos de descanso) e juntámo-nos para celebrar o início do verão à volta desta fantástica salada de figos e meloa (e de umas garrafinhas de vinho também...).

O melhor de tudo é que os figos vão ao forno recheados com o queijo de cabra e enrolados em fatias de pancetta (ou de presunto) muito fininhas, por isso o queijo derrete-se e mistura-se com o doce do figo caramelizado e com a gordura da pancetta. Por cima, leva um viciante vinagrete de mel. Mas o melhor de tudo é que é uma receita facílima de fazer (sim, Ele também não teve assim tanto trabalho!).

Figos 4.jpg