Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

novidade! chega a portugal na segunda-feira a primeira loja de uma das melhores marcas de chocolate do mundo

29511_438025122624_8288622_n.jpg

Quando eu ouço falar em chocolate belga, os meus cada vez mais parcos cabelos começam a levitar, os pelos eriçam-se, os olhos esbugalham-se, a pele agalinha-se, a espinha é percorrida por uma pontada gelada da lombar à nuca e a minha boca enche-se de água como se fosse o Loch Ness. É neste estado pré-comatoso que eu estou neste momento, sentado ao computador, ao saber da nova loja de chocolate belga que vai chegar a Portugal na próxima segunda-feira (eu sei, não estou a fazer uma figura agradável, mas é o que se arranja).

 

novidade! novidade! santini lança hoje bombons recheados com gelado

Como é que um ser humano em dieta resiste a isto, meu Deus? Já sou completamente viciada em gelados Santini. Ultimamente andava a fugir deles como o diabo da cruz. Porque depois não paro. É como experimentar uma droga. O melhor é não dar a primeira passa. Neste caso, dou a primeira lambidela, e desgraço-me toda logo a seguir. Agora, decidiram inventar bombons com gelados Santini por dentro? Querem enlouquecer-me? Isto já parece tortura chinesa.

18171645_EnVtg.jpeg

Esta nova loucura do Santini chega hoje às lojas e a ideia é garantir que engordamos durante o ano todo: pegar no chocolate, ingrediente típico do inverno, e no gelado, imprescindível no verão, e juntá-los numa única tentação? Ainda por cima com alguns dos meus sabores preferidos!

 

 

faltam dez dias para o chocolate em lisboa

 

Ao passo que Ela passa os dias a beber Nespressos enquanto pesquisa resmas de fotografias do George Clooney no Google, eu prefiro investir na segunda metade deste post aqui.

Isso mesmo: estou a falar do chocolate. Não só das trufas que Ela refere – e que são divinais – mas de tudo o que tenha a ver com chocolate: bombons, bolos, brigadeiros, macarrons, bebidas, crepes, fondues e até as simples e mais básicas tabletes. Exactamente: está perante um viciado com mais de 80 quilos de cacau no abdómen. É por isso que estou sempre a acompanhar o que se passa no País sobre o tema (admito, até já fui ao Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, se bem que não é nada de que me orgulhe).

Mas hoje tenho novidades para si, e são um pouco mais agradáveis do que as hordas de balofos e criancinhas de Óbidos: faltam precisamente dez dias para começar o evento que vai acalmar todos os chocomaluquinhos como eu – O Chocolate em Lisboa. Entre os dias 6 e 9 de Fevereiro vão estar no Campo Pequeno chefs, exposições, workshops, show cookings, palestras e outras coisas muito interessantes, além do mais importante: todos os tipos de chocolate para comprar e provar, além das melhores ligações (chocolate e vinho, chocolate e frutos secos, chocolate e chá, chocolate e fruta e chocolate e chocolate). A entrada custa 3 euros e eu já estou a babar. A organização é do Cacau Clube de Portugal.

Encontramo-nos lá. Se me quiserem encontrar, procurem o António Costa – eu estarei na outra ponta do recinto.

Ele

 

 

 

 

 

 

era um clooney, perdão, um café com trufas de chocolate e coco...

Confesso. Gosto muito de café mas sou fã de Nespresso. Mais grave. Sou viciada. Adoro todos os sabores (os mais antigos, os mais recentes, os exóticos, as edições limitadas, os que ainda hão de inventar, todos, sem exceção), a textura aveludada, a espuma, o design das máquinas, as lojas, a eficiência do serviço de entregas, os anúncios... sim, sobretudo os anúncios. Diria mesmo que na minha vida, há um A.N. e um D.N.

Antes do Nespresso, bebia dois cafés por dia, hoje (o período da minha vida que no futuro será estudado como D.N.) bebo, no mínimo, cinco:

 

- de manhã, começo sempre o dia com um capuccino Fortissio Lungo.

 

 

- a meio da manhã, tenho de recorrer a um Ristretto, para acordar definitivamente.

 

 

 

- a seguir ao almoço, vario entre o Indyra e o Capriccio, depende do nível de dormência que normalmente atinge o meu corpo por essa hora.

 

 

- a meio da tarde, marcha um Livanto bem cheio, para enganar a fome.

 

 

 

- a seguir ao jantar, durante a semana, opto por um Descafeinado, porque por essa altura já tenho os olhos mais abertos do que a Manuela Moura Guedes quando lia um pivot sobre José Sócrates. 

Ah, é verdade, já me esquecia de um pequeno pormenor: é o George Clooney que faz os anúncios da Nespresso. Who else?

 

 

 

 

 

OK. Admito (Ele que me perdoe). Todo este post foi um pretexto para encher o blog com fotografias do Clooney...

 

E já que não podemos ter o Clooney ao longo destes momentos do dia, faça como eu: acompanhe cada chávena de Nespresso com as deliciosas trufas de chocolate e coco ou com os inigualáveis bombons da Chocolataria Equador. Não conhece ainda? Não perca tempo! Depois do sucesso no Porto, já abriu em Lisboa, no Chiado. Mal puser um pé dentro da loja vai viver toda uma experiência sensorial do outro mundo. Até se vai esquecer que o Clooney existe... pelo menos até ao próximo Nespresso com trufas.

 

 

 

Por Ela