Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

carmo's boutique hotel, o quarto mais romântico para um fim-de-semana a dois

1 (3).png

Se Ponte de Lima já é só por si uma vila linda de morrer (sabia que é a mais antiga de Portugal?), o Carmo’s Boutique Hotel é a cereja no topo do bolo. Chegámos já de noite, porque a viagem, para quem vem de Lisboa, ainda é longa. E mal vimos o portão que dá acesso à propriedade ficámos rendidos. Não só porque fica muito perto da saída da autoestrada, o que é sempre uma boa surpresa, mas também porque a entrada estava toda iluminada com pequenas luzes, incluindo os pinheiros que ladeavam o portão. Parecia que o Natal tinha chegado mais cedo.

 

 

sobreiras country hotel, um refúgio de charme a apenas uma hora de lisboa a partir de €85

JM_FAT_Sobreiras_056.jpg

Quando falámos no blog da abertura do Sobreiras Country Hotel, em Grândola, fiquei a contar os dias para conseguir vir aqui passar um fim-de-semana. Só pelas fotografias, este hotel tinha tudo para me deixar rendida porque é basicamente a minha cara: a original e minimalista arquitetura, o branco dos quartos, a piscina infinita sobre a tranquila paisagem alentejana… tudo se conjugava para uns dias de sonho. E de facto, a profecia cumpriu-se. Ou quase…

 

dois novos hotéis de charme em lisboa e no porto para os sortudos que vão fazer ponte

almalusa-baixa-amp-chiado-gallery5_-almalusa_baixa

São novos, são muito giros e não são caros. E o melhor de tudo? Sim, ainda há mais: ambos têm uma excelente localização. Se é daqueles que tem a sorte de fazer ponte este fim-de-semana, aqui ficam duas sugestões bem simpáticas e com muita pinta para aproveitar da melhor forma Lisboa ou o Porto.

 

m maison particulière, o novíssimo hotel de luxo do porto

10406518_1733803553530584_3649450220166436278_n.jp

É uma casa? É um edifício? É um hotel? É tudo isto e é ma-ra-vi-lhoso! Estou deslumbrada e doida para passar aqui um fim-de-semana romântico com o meu querido Marido Mistério. Verdade seja dita que o orçamento familiar não nos permite levar a nossa prole, porque não é propriamente um hotel barato, mas também não me parece que seja pensado para crianças.

 

um hotel de charme dentro de uma antiga papelaria: a novidade mais irresistível do porto

11850566_681340112001147_360572768722667338_o.jpg

O Largo de São Domingos é um dos meus sítios preferidos no Porto. Sempre que lá vamos, arranjo uma forma de arrastar o meu querido Marido Mistério até lá. Ele também não se faz de rogado, dada a quantidade e variedade de restaurantes por metro quadrado que há por ali. Por isso, quando descobri o AS 1829, aberto em Maio passado, não hesitei:

– É aqui mesmo que vamos ficar no Porto.

Pergunta clássica e sempre desmancha-prazeres:

– É caro?

– Depende da perspetiva. Será caro para uns, menos caro para outros. Mas não te esqueças que isto é trabalho. Temos de experimentar de tudo para contar aos nossos leitores (infalível este meu argumento do blog!)

 

pousada de lisboa eleita pela condé nast o “melhor pequeno e exclusivo novo hotel”

Lobby_Pousada de Lisboa.jpg

A cerimónia decorreu ontem à noite em Londres e a Pousada de Lisboa, do Grupo Pestana Pousadas, tem motivos para celebrar. Inaugurada em junho deste ano, já ganhou um dos mais disputados prémios internacionais: “Melhor Pequeno e Exclusivo Novo Hotel” (“Best Newcomer”), nos conceituados prémios de Excelência da Condé Nast Johansens 2016. As imagens que se seguem ajudam a perceber porquê:

 

 

1872 river house, a melhor e mais discreta surpresa do porto

10298347_377813825720242_1874295602811466000_o.jpg

Se gosta de hotéis enormes com mil e uma atividades então pare de ler este post. O 1872 River House não é o seu género. Mas é totalmente o meu. Foi sem dúvida uma das melhores surpresas que tivemos no Porto. Quando decidimos ir à Invicta fazer a nossa rota gastronómica pela Cantina 32, pelo Flow e pelo Gull, escolhemos este pequeno e familiar hotel para passar o fim-de-semana. O meu querido Marido Mistério tem a humildade e o bom senso de me deixar escolher o hotel e eu, modéstia à parte, nasci para isto. Devia despedir-me do meu trabalho e ser contratada pelos melhores hotéis do mundo para experimentar camas, lençóis de algodão egípcio, pequenos-almoços abundantes, casas-de-banho de mármore, enfim… era um trabalho feito à minha medida, mas infelizmente, não sei, porquê, tenho um feeling de que não está para breve.