Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

a melhor receita de hambúrguer que já vimos à frente: com queijo stilton e vinho do porto

Hoje só tenho três palavras para lhe dizer: a, ca, bou. Não aguento mais. Não quero saber de mais dietas nem restrições alimentares. Este dia vai ficar conhecido na História desta casa como o Dia da Liberdade Gastronómica. Estou mesmo a pensar sugerir ao António Costa que, no meio da sua febre anti-austeritária, decrete o dia 26 de Janeiro como feriado nacional (no meio de tantas reposições, mais um feriado passa bem despercebido).

E para celebrar este dia mítico para o estômago de qualquer português, decidi fazer um jantar diferente. Vou fazer aquele que é, para mim, um dos melhores hambúrgueres do mundo: o hambúrguer com vinho do Porto e queijo Stilton do magnífico restaurante Umami, em Nova Iorque. 

O fantástico site Food & Wine reuniu aqui uma preciosa lista dos 33 melhores hambúrgueres dos Estados Unidos. Mas, em vez de se limitar a eleger os vencedores, partilhou também a receita de cada um dos fantásticos hambúrgueres. E esta vai já directamente para a frigideira.

Captura de ecrã 2016-01-26, às 11.31.11.png

 

 

e os melhores hambúrgueres de lisboa são... tchan, tchan, tchan...

burger.jpg

No meio de toda esta crise política, Ela, a magnânima Mulher Mistério, decidiu convocar eleições antecipadas. E, como cá em casa, o regime é presidencialista, Ela decide sozinha. Este fim-de-semana, o Hum!Burger, vai reunir na FIL, em Lisboa, algumas das principais hamberguerias da cidade. A entrada é gratuita e, no final, será eleito o melhor hambúrguer. Pois bem, nós não podemos esperar tanto tempo até conhecermos os resultados e, por isso, antecipámos a votação. 

 

as batatas fritas são estaladiças, os hambúrgueres são deliciosos e o serviço é impecável – do que é que estamos a falar?

 

C5C1EE9D-3464-4467-89A1-FDACB488A070.jpeg

Entrar no Ground Burger, em Lisboa, é como chegar à sede do Bloco de Esquerda, depois da queda do Governo. Sinceramente, não sei se António Costa costuma passar por lá ao fim do dia para tomar chá com a Catarina Martins, mas o ambiente de felicidade no restaurante está ao nível da alegria nas bancadas da ex-oposição. 

 

uma salada de rosbife servida num prato de wrap? ah, pois é! e aqui também há um delicioso hambúrguer de rosbife

10955505_1043239275702927_3423758585460660876_n.jp

Quem é o génio da natureza que vai a uma hamburgueria para comer uma salada?

Bom, se não houvesse esse tonzinho irónico na pergunta, eu responderia com mais coragem. Mas há momentos em que temos de assumir as nossas responsabilidades com a mesma frontalidade com que Joana Amaral Dias assume a sua nudez: sou eu! Sim, eu! Admito: fui ao novo Gutsy, em Carcavelos (também existe em Lisboa, junto ao Saldanha), para comer uma salada. E era bem capaz de lá voltar e passar pelo mesmo vexame.

 

o que é que acontece ao seu corpo nos 60 minutos logo a seguir a comer um big mac

p_bigMac_grande_1.jpg

O texto que se segue pode ferir a susceptibilidade de alguns leitores mais sensíveis. E, se calhar, dos menos sensíveis também. Ver, minuto a minuto, como é que o seu corpo reage à entrada de rompante de 509 calorias no seu organismo não é uma imagem bonita. O trabalho foi feito pelo site Fast Food Menu Price que juntou vários estudos para perceber o que acontece por dentro enquanto nós nos estamos a deliciar com um mega-hambúrguer cá fora. Está preparado? O que vai ver não é simpático.