Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

camarão salteado com tomate e queijo feta, o jantar perfeito para um fim-de-semana romântico

Não sei bem o que é que aconteceu, mas as crianças desta casa resolveram dissolver-se todas na atmosfera durante este fim-de-semana. Uma tem uma festa de 18 anos que mais parece uma despedida de solteiro, outro um estágio de futebol, outro um convite de um amigo... Enfim, pela primeira vez nos últimos anos, vamos passar um fim-de-semana sozinhos em casa. Não é que não consigamos jantar ou ir para fora a dois, agora um tête-à-tête em casa sempre foi, pelo menos, um tête-à-tête-à-tête-à-tête.

Isto tudo para dizer que fui incumbido, pela minha querida e estimada Mulher Mistério, de descobrir um jantar romântico – e light, claro – para este fim-de-semana. E, ainda estava eu a pensar como é que haveria de resolver o problema, quando me caiu do céu esta deslumbrante receita do ainda mais deslumbrante blog Once Upon a Chef.

Tudo o que vou precisar é de camarão grande descascado, chalotas, uma lata de tomate em pedaços, alho, azeite, sal, pimenta, cominhos, piripíri, queijo feita, orégãos, hortelã e mel (não comece já a torcer o nariz que é só meia colher de sopa para duas pessoas). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Baked-Shrimp-with-Feta-1-1.jpg

 

camarão com molho de manteiga e alho, tomate seco e espinafres: mamma mia, que delícia!

Hoje acordei com desejos de camarão. Não, não se preocupe, não vem aí mais um mini-misterioso. Eu é que, grávida ou não, sempre tive desejos de comida. Pensando bem o meu querido Marido Mistério também tem… mas é mais de bebida, sobretudo de gin tónico.

Mas voltando aos camarões, tenho sempre um saco dos ditos no congelador para alguma emergência, como é o caso de hoje. Não planeei o jantar mas os camarões vão safar-me das queixas de que o jantar é sempre a mesma coisa: frango ou salmão. Hoje, não só vou variar, como vou arrasar, já que descobri esta espetacular e apetitosa receita do blog Cafe Delites.

Só preciso de manteiga com sal, alho picado, camarões ou gambas, uma cebola picada, vinho branco (opcional), tomate seco, leite magro ou de amêndoa (se preferir), sal, pimenta, espinafres baby, queijo parmesão ralado, amido de milho, ervas aromáticas e salsa picada. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Creamy-Garlic-Butter-Tuscan-Shrimp-101.jpg

 

 

um almoço saudável e prático para levar para o trabalho nesta primavera: salada de cuscuz, ervilhas e camarão

Depois de todos os mimos e surpresas que recebi ontem, não me restava outra alternativa que não fosse responder hoje com uma surpresa para a minha querida e dedicada Mulher Mistério, que arregimentou as crianças e liderou os festejos de Dia do Pai. E, no dia em que começa a Primavera, não podia haver outra surpresa que não fosse uma receita light e deliciosa de um almoço prático para levar para o trabalho.

A incrível invenção é do sempre fantástico site The Kitchn. Tudo o que vou precisar é de azeite, sumo de limão espremido no momento, chalotas, endro, mostarda de Dijon, flor de sal, pimenta preta moída no momento, cuscuz pérola (encontra nos supermercados e é mais grosso que o cuscus normal), camarão e ervilhas. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

A grande vantagem desta receita é que tanto pode ser comida quente como fria. Por isso, se quiser levar para o trabalho, só tem de preparar, colocar num frasco e levar. A segunda vantagem é que é um almoço fácílimo de fazer. Não acredita? Então veja lá...

901e062302524cd5fd79767abff4cd5193a92ccc.jpeg

 

 

quinoa de coco com abacate e camarão envolvido em sementes de sésamo, o jantar mais saudável para um dia de sol

A minha querida Mulher Mistério já fez o favor de o dizer aqui e eu confirmo: estou verdadeiramente obcecado por quinoa. Como quinoa ao pequeno-almoço, como quinoa ao almoço, como quinoa ao jantar – só ainda não como quinoa ao lanche porque não sou homem de grandes exageros. E Ela também está a adoptar esta maravilha – especialmente depois de ter descoberto que a quinoa reduz a fome, ajuda a manter os níveis de açúcar estáveis e nem sequer tem glúten. 

É por tudo isto que hoje vou fazer esta receita verdadeiramente irresistível que encontrei no fantástico blog How Sweet it Is. Trata-se de uma taça de quinoa cozida em óleo de coco e acompanhada com manga, abacate e um fantástico camarão tostado – também em óleo de coco – depois de ter sido envolvido em sementes de sésamo. Eu sei, só de ouvir isto dá fome, não é? Por isso, o melhor é despachar-me...

Tudo o que vai precisar é de quinoa, camarão descascado, manga, abacate, água, ovos, sementes de sésamo, farinha (não comece, é só uma colher de sopa...), coentros, óleo de coco, azeite, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

sesame-shrimp-bowls-I-howsweeteats.com-8.jpg

 

um jantar delicioso para fazer em 20 minutos: camarão no forno com crosta de manteiga de alho

É Donald Trump a pegar na caneta para assinar mais um decreto xenófobo e eu a pegar no avental para fazer mais um jantar divinal. Descobri a única maneira pacífica de combater um presidente com o cabelo cor-de-laranja: fechar-me na cozinha e só sair lá de dentro em Janeiro de 2021. Assim, talvez o tempo passe mais depressa.

Para hoje, encontrei uma deliciosa e facílima receita para um jantar típico de segunda-feira: rápido, fácil e mais ou menos light para compensar as calorias do fim-de-semana. A ideia é do imbatível blog Gimme Some Oven e resolve-se com sete simples ingredientes: camarão descascado, alho picado, vinho branco, manteiga derretida, pão ralado, sumo de limão espremido no momento e salsa picada. Isto além de sal e pimenta preta moída, claro. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, para quatro a seis pessoas, consulte a receita original aqui.

Garlicky-Baked-Shrimp-Recipe-2.jpg

 

 

camarão com couve chinesa para fazer em menos de meia hora, uma receita para esquecer o primeiro dia trump

Já passaram 24 horas desde que Donald Trump tomou posse como presidente dos Estados Unidos e ainda estamos todos vivos, o que, atendendo às expectativas, só pode ser motivo para celebrar. E é por isso que hoje vou fazer um jantar especial. Light, claro, para não desapontar a minha querida e prezada Mulher Mistério, mas light. E delicioso. E fácil. Tudo aquilo de que um homem em profunda depressão política precisa.

A receita é do fantástico blog The Weary Chef e fica pronta em menos de meia hora. Só vou precisar de noodles de arroz, óleo de sésamo, molho de soja, molho chilli garlic (se gostar de picante, encontra à venda na Glood), açúcar mascavado, couve chinesa cortada em tiras fininhas, cebolinho, cenouras cortadas em rodelas fininhas e camarão sem pele. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

spicy-rice-noodles-with-shrimp-and-cabbage-5-600x8

 

 

camarão com feijão manteiga e cuscuz de limão: um jantar fácil, saudável e delicioso

Estou cada vez mais viciada em cuscuz. A minha querida mãezinha faz um ar enjoado cada vez que a tento convencer a provar. É preciso uma paciência de Job. Já a iniciei, a muito custo, no sushi e nas maravilhas da comida japonesa, se bem que só come tempuras, gyosas e de garfo e faca em punho, claro. Nem se atreve a tentar manusear os pauzinhos. Agora, quando lhe sugiro cuscuz e lhe explico que é um prato árabe com origem no Magreb, revira-me os olhos e diz:

- Santa paciência, quem me tira o arroz e a massa tira-me tudo!

É nestas alturas que a minha paciência se esgota e desisto de trazer algum exotismo à vida da minha querida e amada progenitora. A minha querida Mãe Mistério nem sabe o que perde, porque esta receita, por exemplo, do site Food and Wine, tem os 3 adjetivos que gostamos para um jantar num dia de semana: fácil, saudável e deliciosa.

Só preciso de cuscuz, azeite extra-virgem, camarão médio com casca, piripíri, manteiga sem sal, feijão-manteiga em lata, alcaparras, sumo de limão fresco e salsa picada. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

enhanced-buzz-29995-1368037474-22.jpg

 

 

camarão com molho de coco e gengibre, um jantar saudável para fazer em meia-hora

Segunda-feira é sempre um dia difícil. Quando damos de caras com o computador às 9h e notamos que o fim-de-semana já acabou. Quando a primeira pessoa que vemos de manhã é o colega do lado numa praia das Bahamas e percebemos que o Instagram pode ser cruel a relembrar-nos permanentemente que há gente de férias enquanto nós estamos a trabalhar. Quando constatamos que a única saída para um dia de profunda depressão pós-férias em Agosto é um repimpado jantar em casa. E é nesse preciso momento que nós entramos em acção: não para lhe fazer o repasto, mas para lhe dar a receita – para guiar as suas mãos pelos mistérios da culinária tailandesa.

E para isso contamos com a preciosa ajuda do blog How Sweet It Is que inventou esta divinal receita de camarão com molho de coco que se prepara nuns míseros 35 minutos. Tudo o que vai precisar é de óleo de coco, camarão grande, cebola às fatias, pimentos (encarnados e amarelos) às fatias, alho picado, gengibre ralado, caril, ervilhas, leite de coco, coentros picados, cebolinho picado, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

shrimp-curry-I-howsweeteats.com-7.jpg

 

5 jantares para fazer em menos de meia hora para cada dia da semana

Se é como eu e chega a casa tarde, todos os dias, a pensar no que irá fazer para o jantar, então este post é para si. Não, não estou a falar de pernas de frango no forno, hambúrgueres feitos à pressa, ou ovos estrelados para despachar. Estou a falar de 5 sugestões deliciosas e requintadas, para cada dia da semana, e que demora no máximo meia hora a preparar! Quem é amiga, quem é?

 

Segunda-feira: Noodles Tailandeses de Coco

1465418698481.jpg

Esta receita do blog Feasting at Home tem muitos ingredientes mas demora apenas 15 minutos a fazer. Não acredita? Comece por ferver os noodles. Entretanto, aqueça o óleo de coco numa panela, em lume médio. Salteie as chalotas picadas e o gengibre ralado e depois junte o alho picado e a pasta de caril. Acrescente o leite de coco, água e o caldo de galinha e mantenha em lume brando, mexendo de vez em quando. Agora é a altura de colocar o pimento vermelho, os molhos de peixe e de soja, o açúcar e o piripiri. Adicione os camarões descascados e esprema o sumo de uma lima. Escorra os noodles e junte-os à panela. Decore com manjericão fresco, rebentos de feijão, cebola roxa cortada fininha ou alho francês picado.

Se quiser saber as quantidades certas e a lista completa de ingredientes, para 3 ou 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

  

sopa tailandesa de camarão e coco, a surpresa light que o meu querido marido mistério me vai preparar (mas ainda não sabe!)

A cozinha tailandesa tem contrastes deliciosos: consegue ser doce e amarga, salgada e picante, tudo ao mesmo tempo.

Exemplo disso é esta maravilhosa receita do blog Taste Love and Nourish que junta o doce do coco, o picante do piripiri e do caril com o sabor ácido da lima e da erva-príncipe. Por isso, vou comprar todos os ingredientes e pedir ao meu querido Marido Mistério para me fazer uma “surpresa” e preparar-me esta maravilha hoje ao jantar. Também é uma ótima sugestão para servir aos seus convidados: é sucesso garantido.

Só precisa de azeite, alho picado, gengibre ralado, erva-príncipe picada, pó de caril, flocos de pimenta vermelha esmagados, caldo de legumes, camarão médio limpo e sem casca, leite de coco, couve chinesa ralada, sal, e fatias de lima, salsa ou coentros e cebolinho picados para decorar. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 a 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Thai-Coconut-Shrimp-Soup.jpg

 

 

 

 

salada de camarão e abacate com molho miso, um almoço saudável e delicioso para levar para o trabalho

Depois das loucuras dos últimos dias (pão recheado e bolo de manteiga de amendoim?! Oh meu Deus, o que é que que fui fazer?!) está na altura de voltar à triste realidade. E qual é a minha triste realidade? Fechar a boca, evitar as tentações e tentar fazer uma alimentação saudável. E já comecei a seguir estas dicas espetaculares, até comprei uns tupperwares chiquérrimos para levar para o trabalho. Agora só me falta encher os tupperwares com receitas incrivelmente deliciosas e, ao mesmo tempo, inacreditavelmente light. Sou a melhor motivadora de mim própria. Sou perita em autocoaching. Agora ninguém me segura!

Acabei de descobrir no irrepreensível blog Pinch of Yum a receita ideal para acabar com a pose das gurus saudáveis no meu trabalho (que, não sei porquê, olham para mim de lado sempre que meto uma bolacha à boca): salada de camarão e abacate com molho miso. Vou precisar de alho picado, camarão cru (sem as caudas), manteiga, malagueta em pó, pimenta caiena, 2 abacates pequenos fatiados, um pepino, espinafres, coentros picados e amendoins para decorar. Para o molho, vou precisar de gengibre fresco descascado, azeite, sumo de lima, geleia de agave, miso claro, alho picado e sal. Se quiser saber as doses certas destes ingredientes para 4 pessoas espreite aqui a receita original.

Shrimp-and-Avocado-Salad-2.jpg

 

camarão com brócolos: bem vindo 2016, olá dieta!

Os anos passam mas há coisas que nunca mudam. E uma delas é a minha resolução de início de ano. Qual é, qual é? Fazer dieta, pois com certeza! E esta receita com menos de 300 calorias é uma inspiração para começar o ano com o pé direito! Em 20 minutos, consigo fazer o jantar mais fácil e mais saudável de sempre, graças ao fantástico blog damn delicious. Só preciso de azeite, camarão médio descascado, brócolos, sementes de sésamo e cebolinho cortado em fatias muito fininhas. Para o delicioso molho, preciso de molho de soja, molho de ostra, vinagre de arroz, açúcar mascavado, gengibre ralado, 2 dentes de alho picados, óleo de sésamo e amido de milho. Se quiser saber as doses certas destes ingredientes para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_6647edit.jpg

 

 

tosta de ceviche de camarão com abacate, uma receita chiquérrima e light que até eu consigo fazer!

Como diria Rui Veloso, o prometido é devido. E eu, ao contrário dos políticos, cumpro as minhas promessas. Se ontem foi dia de me alambazar com umas panquecas de banana com creme fraîche, hoje é dia de fechar a boca. Bem, vou abri-la só um bocadinho, mas só para comer coisas super-hiper-mega-saudáveis. E há alguma coisa mais saudável do que um ceviche? Sim, um copo de água talvez ou uma chávena de chá. OK. Mas um ceviche é light. Muito. E esta receita de ceviche de camarão sobre tostas de milho, do blog I Wash You Dry, é ótima para principiantes como eu. Se também está de dieta, pode sempre colocar o ceviche sobre uma cama de alface, por exemplo, em vez de uma tosta. 

Shrimp-Ceviche-Tostada-3.jpg

 

e agora a pergunta mais importante da semana: onde é que se comem os melhores percebes? e o melhor camarão com arroz de alho?

1011248_804529996241798_1678495800_n.jpg

Eu sei que nem tudo é uma questão de tamanho, mas no caso dos percebes vale a pena sair de casa com uma fita métrica na mão. Quanto maiores, mais carnudos, mais tenros e mais saborosos. Os percebes estão para mim no Olimpo da culinária. São o marisco mais estranho, mas também aquele que tem o sabor mais aproximado com o do mar. Talvez a par das cracas, mas com uma enorme diferença: os percebes são maiores. E assim voltamos ao início da conversa: os percebes devem ser degustados de babete ao pescoço e fita métrica na mão. O babate protege-nos das incontroláveis esguichadelas de água salgada que são uma permanente ameaça à domingueira camisinha branca, a fita métrica garante-nos que estamos a comer marisco decente.

Foi assim que eu saí de casa num destes dias (sim, numa figura relativamente ridícula...) à procura dos percebes mais avantajados da região de Lisboa. E encontrei-os, como já suspeitava, na Praia das Maçãs, ao pé de Sintra. O restaurante chama-se Búzio, mas deve ter sido uma desatenção do pai no dia do registo, porque este é o paraíso do percebe. Felizmente não é só. Por isso o melhor é fazer um rápido flashback até ao início de tudo.

 

 

spaghetti de courgette com camarão, um almoço com apenas 200 calorias

Quando ouço falar de um prato principal feito em menos de meia-hora entro em êxtase. E se descubro que esse prato tem cerca de 200 calorias (214,3 para ser mais rigoroso), então o melhor é chamarem o padre do Exorcista para me acalmar. E é nesse preciso estado de euforia tipo Belle Dominique que me encontro neste preciso momento, ao olhar embasbacado para esta receita de massa de courgette com camarão do fabuloso blog Damn Delicious.

Mas antes de seguirmos para os finalmentes, vamos aos entretantos: quando eu digo massa de courgette não é massa acompanhada de courgette, é massa FEITA de courgette. Imagine um fantástico spaghetti, só que em vez de ter um prato afundado em hidratos de carbono, tem os fios de massa feitos de courgette. Para chegar a este ponto supremo de felicidade gastronómica, só precisa de ter em casa um zoodler (ou um spiralizer, como lhe preferir chamar...). É uma máquina simples e barata (há opções na Amazon a menos de 10 euros), fundamental para quem quiser fazer a travessia do Verão de biquíni.

IMG_8182edit.jpg