Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

incrível! recebemos 3 mil mensagens de parabéns! e a vencedora de uma viagem para duas pessoas é...

paris-843229_960_720.jpg

Estamos que não cabemos em nós de felicidade. Foram 3 mil mensagens de parabéns! 3 mil! Três mil! É absolutamente inacreditável. Mensagens divertidas, carinhosas e comoventes. Mensagens que nos fizeram rir às gargalhadas e outras que nos fizeram chorar de emoção. Mensagens que nunca julgámos poder receber. E que demonstraram que temos mesmo os melhores, mais atenciosos e espectaculares leitores do mundo.

Recebemos mensagens de todo o país – de Loulé a Viana do Castelo, de Moimenta da Beira a Cascais, de Ponta Delgada ao Funchal. E recebemos mensagens de todo o Mundo – de Maceió, no Brasil, a Aurich, na Alemanha, passando por Lausanne, Gent ou Cambridge. Este passatempo com a easyJet foi o melhor presente de anos que podíamos ter recebido. Ler os nossos leitores, ouvir o que nos querem dizer, conhecê-los um bocadinho melhor foi a mais incrível experiência que já tivemos desde que lançámos o blog. Ficámos tão comovidos que não resistimos a fazer uma nuvem com as palavras mais usadas nas frases enviadas.

 

 

hoje fazemos 3 anos mas o presente é seu: estamos a oferecer duas viagens para um país da europa à sua escolha

13769546_10153773373633339_5562699556489542411_n.p

Cá em casa adoramos dar presentes. Até quando fazemos anos. Foi por isso que este ano decidimos juntar-nos à easyJet para comemorarmos juntos o aniversário do blog. E para fazermos uma festa a sério, vamos oferecer o melhor presente que já saiu das mãos desta Família Mistério. É verdade. Hoje o Casal Mistério faz três imberbes anos de vida e tem uma viagem de avião para lhe dar. E não é uma viagem qualquer. É uma viagem para duas pessoas, para um país da Europa à sua escolha.

Só tem duas limitações: o destino escolhido tem de ser um destino para onde a easyJet tenha voo directo (veja aqui) e a viagem não poderá ser marcada para os meses de Julho, Agosto e Dezembro. De resto, só tem de escolher para onde quer ir que a easyJet trata de tudo. Gostava de ir de férias passear nos românticos canais de Amesterdão? Temos. Preferia ir conhecer as magníficas paisagens e os deslumbrantes castelos de Edimburgo (nós gostávamos...)? Também temos. Não, o que queria mesmo era conhecer Berlim? Itália? Paris? Madeira? Londres? Suíça? Ou outro maravilhoso destino na Europa? É só escolher aqui: a easyJet voa para dezenas de destinos na Europa, por isso tem muito por onde optar.

 

carta aberta aos leitores do casal mistério: marque já na sua agenda, temos um convite para lhe fazer para quarta-feira

fique-a-vontade-mas-fique-com-vontade-1.html.jpg

Olá,

Tem alguma coisa combinada para a próxima quarta-feira, às 19h? Se não tem, não marque nada. Se tem, desmarque rapidamente. E porquê? Porque estas duas almas que lhe escrevem gostariam muito de contar com a sua presença na apresentação do nosso primeiro livro (veja aqui). Como pode imaginar, é um momento importante para nós e, por isso, gostaríamos de estar próximos de todos os nossos amigos, especialmente de si.

Convite-Casal-Misterio.png

 

 

quer ver as primeiras imagens do livro do casal mistério que sai amanhã para as livrarias?

Este ano, vai poder oferecer no Natal uma mousse de chocolate e caramelo só com 3 ingredientes.

paginacao CASAL MISTERIO-87.jpg

Ou uma lasanha com ricotta e Queijo da Ilha para fazer em 15 minutos no microondas.

paginacao CASAL MISTERIO-25.jpg

Ou umas bolachas só com um ingrediente.

 

 

está a ver este bolo? é uma das receitas do primeiro livro do casal mistério

Canastra do Fidalgo - Bolo de Bolacha.jpg

Entrámos oficialmente em contagem decrescente para o momento mais alto deste Natal. Não estou evidentemente a falar do Pai Natal a descer pela chaminé abaixo. Nem do Bruno de Carvalho a dar uma baforada no seu cigarro electrónico. Estou a falar do primeiro livro do Casal Mistério, esse marco indelével na civilização moderna que vai fazer o mundo ocidental rumar em peso até à livraria mais próxima.

Desconfio que não será exactamente o fim da iliteracia no país, mas será garantidamente uma maneira deliciosa de passar o seu Natal. Duvida? Então veja lá mais estas receitas.

 

quais eleições legislativas, qual quê?! tem é de votar no casal mistério para os blogs do ano

O impensável aconteceu. Não, não estou a falar da nomeação de Mariana Mortágua para ministra das Finanças. Estou a falar de algo bastante mais improvável e arriscado. Um grupo de 17 distintíssimas personalidades da sociedade portuguesa, reunidos pela Media Capital, juntou-se para escolher os melhores blogs do ano em Portugal e considerou que este vosso casal amigo deveria estar entre os quatro eleitos na categoria de Culinária e Lazer.

Mais inverosímil ainda: os jurados tomaram essa decisão arrojada sem receber qualquer recompensa da nossa parte que os possa levar a conhecer o juiz Carlos Alexandre. E mais arriscado também: escolheram-nos sem saber sequer quem estas duas pobres almas penadas são – poderíamos até ser os netos do Jack, O Estripador que para os jurados é indiferente.

Posto isto, o que nos traz aqui não é só esta sensação irresistível de querer fazer a festa e apanhar as canas. Não, senhor. O que nos traz aqui é um apelo desesperado a todos e cada um de vocês, os nossos fantásticos leitores que são os únicos responsáveis pelo sucesso do blog. É que agora está na sua mão eleger o melhor blog do ano em cada uma das categorias.

nomeado_categorias_culinaria.jpg

Por isso, não perca tempo: deixe já esse email importantíssimo que o seu chefe lhe disse para mandar antes do meio-dia, mande às urtigas o almoço com a colega do lado, tire um mês de férias da sua família e plante-se que nem uma oliveira com 200 anos de vida à frente do computador para votar loucamente no Casal Mistério (o link está aqui).

Mobilize os seus amigos, implore aos seus inimigos. Todos os votos contam. Pode votar uma vez a cada 24 horas, mas como nós não confiamos em computadores o melhor é votar o máximo de vezes que conseguir – pode ser que passe. O blog que receber o maior número de votos em cada categoria, será eleito o Blog do Ano.

Quem sabe se até não aparecemos na gala de atribuição dos prémios se, por acaso, ganharmos? Hã?! Quem sabe... Agora está na sua mão. E no seu pé. E no seu cotovelo. É indiferente com que órgão vota, o importante é votar aqui. Toca a mexer esses dedos.

E muito obrigado a si por esta nomeação. A si e ao José Alberto Carvalho, à Fátima Lopes, ao Ricardo Araújo Pereira, à Rita Pereira, ao Pedro Ribeiro, à Helena Forjaz, ao Álvaro Covões, à Ana Sofia Vinhas, ao Albano Homem de Melo, à Maria Clara, ao Ljubomir Stanisic, à Mariana Pedroso, ao David Fonseca, à Fernanda Marantes, ao João Sousa, à Mónica Serrano e ao Carlos Coutinho Vilhena. Foram eles que cometeram a loucura de nos escolher. Agora arquem com as consequências.

 

Uma óptima eleição para si onde quer que esteja,

Ele

feliz natal com as árvores mais originais (é o desejo do filho número 3 do casal mistério)

Olá a todos os leitores dos meus queridos Pais Mistério, daqui fala um dos Filhos Mistério (aka equipa de futsal). Todos os pais merecem um bocado de descanso, então resolvi fazer este post como presente de Natal para eles. E, também venho por este meio desejar um ótimo Natal a todos com estas árvores muito originais.

6101dc1125b46aa5a39d79b7b48c2f0b.jpg

 

 

uma casa, duas caras

Esta casa em São Francisco é a casa ideal para nós. Porquê? Porque é clássica de um lado e moderna do outro. Ou seja, de um lado é a cara Dele, do outro é a minha cara. Como ocupa dois lados de um quarteirão, tem duas entradas. Uma delas, original da época vitoriana, perfeitamente preservada, dá as boas vindas a todo um ambiente clássico, e seria claramente o lado do meu querido Marido Mistério, enquanto o lado oposto, moderno e cheio de vidros, abre as portas a todo um mundo novo, que seria obviamente o meu. Qual das duas prefere?

 

Boa quarta-feira,

Ela

os posts mais lidos de fevereiro

Fevereiro acabou, Março começou, mas o mau tempo ficou. Está na hora de revelar os vencedores do nosso super-mega-hiper concurso: os posts mais vistos do mês. Os dois primeiros lugares pertencem destacadíssimos a Ela e o resto está mais ou menos dividido. Tirando as 11.445 visualizações da página inicial, aqui fica o número de vezes que cada texto foi lido. Para mais tarde recordar... 

  1. o que fazer no dia dos namorados? - 5.469
  2. vale do gaio - 3.096
  3. o bar do peixe no meco - 1.474
  4. imani country house - 1.024
  5. moules & gin - 423
  6. a pasta nella forma do italy - 294
  7. o que é natural é bom - 267
  8. casas na areia na comporta - 238
  9. slow, o novo restaurante da equipa do h3 - 224
  10. chao min estaladiço de gambas, beterraba e alho francês - 205

 

Boas releituras,

Casal Mistério

chao min estaladiço de gambas, beterraba e alho francês

O que é que você faz a uma segunda-feira à noite, depois de ter andado o dia todo fora de casa a apanhar chuva, vento, sol, mais chuva, mais vento, mais sol? Eu sei o que faria: preparava um chá de tomilho a ferver cheio de mel, enfiava-me debaixo de um cobertor à lareira e via quatro episódios seguidos de Newsroom até começar a acreditar que a Primavera está mesmo quase a chegar. Mas, infelizmente, isso é relativamente difícil quando estão cinco almas famintas à minha espera com o guardanapo à volta do pescoço e os talheres em riste nas mãos. É por isso que passo directo da porta da rua para a porta da cozinha, pressionado pelo salivar das cinco bocas incansáveis - sim, a minha querida Mulher Mistério consegue estar sempre no topo do Ranking do Apetite...

E, como não podia emigrar para a redacção de Newsroom, resolvi emigrar para a China - o mais rapidamente possível para tentar evitar que me assassem a mim no forno, tal era o desespero alimentar.

 

A receita é simples e depende daquilo que tiver no frigorífico, porque a grande vantagem de cozinhar é poder inventar. Pegue num pacote de massa chinesa Colmi (à venda baratinha no Minipreço) e coza-a durante quatro minutos. Entretanto corte às fatias uma cebola e um alho francês e passe por azeite e sal num wok. Junte-lhe depois uns rebentos de soja e reserve (sempre sonhei poder usar esta expressão num texto - dá um ar profissional). Quando a massa estiver cozida (convém ir mexendo com um garfo para ela se soltar), desligue o lume e deite 350 gramas de miolo de camarão congelado lá para dentro. Espere um minuto e escorra por um passador. Isto permite ter o camarão mal cozido, que é o ideal nesta fase. Se o coze demais arrisca-se a deixá-lo seco, empapado e desagradável. Junte a massa e o camarão no wok e rale por cima uma beterraba descascada crua: eu tenho uma aqui acabada de chegar no meu cabaz da horta. Junte tudo durante um minuto com o lume brando, só para passar a cor da beterraba para a massa, e desligue.

E é nesta fase que uma massa normal se torna num verdadeiro chao min chinês. Com cuidado, coloque todos os camarões para baixo e deixe só a massa por cima. Deite mais um bocadinho de azeite e ligue o forno no máximo, só com a resistência superior a trabalhar no modo grelha. Quando a temperatura chegar aos 250 graus, coloque o wok lá dentro durante uns minutos. A ideia é tostar a massa que está por cima e não deixar secar tudo o que está por baixo: massa, camarão e legumes. Por isso, é preciso ter atenção: mal a parte de cima estiver tostada, tire cá para fora e sirva. Só há dois ingredientes obrigatórios neste prato: a massa chinesa e os rebentos de soja. Tudo o resto, depende do que tiver em casa e das conjugações que gostar: bróculos e frango ou porco e caju também ficam deliciosos. E tente não cozinhar demasiado os ingredientes, é bom que os sinta quando os trinca.

A grande vantagem é que, enquanto eles repetem, eu preparo o DVD: não são quatro episódios, são só dois, mas já não é mau.

Ingredientes

- 250 gramas de massa chinesa Colmi

- 350 gramas de miolo de camarão

- 1 cebola

- 1 alho francês

- 1 molho de rebentos de soja frescos

- 1 beterraba

- Azeite 

- Sal

 

一个拥抱你,无论你在哪里

Ele

uma semana em cheio

 

Mais de 1000 seguidores no Instagram, mais de 800 amigos no Facebook, quase 20 mil visualizações nas últimas duas semanas – não é uma aula de matemática, são os resultados do blog do Casal Mistério. E isto graças a quê? À sua infinita paciência para ler os nossos lunáticos considerandos e à incrível simpatia dos outros bloggers com quem nos temos cruzado por aí – virtualmente, é claro.

Primeiro, foi a agradável entrevista da Marta Marques no Histórias-Contadas, depois foi o amável convite da Marta Moncacha no Dolce Far Niente, a seguir foi o encantador elogio do Livros e Outras Manias e finalmente foram os afáveis comentários dos leitores e os simpáticos destaques da equipa de blogues do Sapo. Sentimo-nos mimados. E continuamos com fome. Sempre.

 

Casal Mistério

a primeira entrevista do casal mistério

E ao fim de dois meses de plena actividade, resolvemos dar a nossa primeira grande entrevista. Tivemos propostas da revista americana Time, do jornal britânico Financial Times e da estação de televisão brasileira Globo, mas optámos pelo Histórias Contadas, um dos mais interessantes e surpreendentes blogs do momento - e que, por acaso, também é aqui do Sapo. Na simpática e divertida conversa cibernética que tivemos com a fascinante Marta Marques, revelamos quase tudo sobre nós - menos, evidentemente, os nomes, a morada e o número de telefone. Por isso, se, por alguma razão apenas justificada com a falta de outras coisas mais interessantes para fazer, tiverem alguma curiosidade em saber qualquer coisa sobre nós os dois, não hesitem. Cliquem aqui e tentem lá adivinhar quem somos.

 

Boa sorte e boas refeições,

Casal Mistério

ovo cozido a baixa temperatura sobre torrada de manteiga com parmesão

Eu sei que isto do Dia dos Namorados já se está a tornar uma obsessão e, acima de tudo, uma obsessão um bocadinho a atirar para o cansativo. Não há blog que não fale da data, não há site que não sugira um restaurante, não há portal que não tenha uma receita para um “jantar especial”. Eu tenho de confessar uma coisa: jantar fora é impensável e “jantar especial” é o que toda a gente faz. Por isso, resta-me ponderar alternativas surpreendentes que consiga preparar em menos de 24 horas. E como o almoço é de trabalho e pouco romântico, resta-me o quê? O lanche? Cala a boca, Magda!!! É o pequeno-almoço!

Eu sei que é dia de trabalho, eu sei que não há muito tempo, eu sei que estamos todos meio-zombies de manhã. Mas não quer uma surpresa? Então, um pequeno-almoço semi-requintado num dia de trabalho é uma surpresa. Acorde 20 minutos mais cedo, tome um banho de água fria se for preciso, e desperte. Depois é fácil. Ponha água a ferver e duas torradas a fazer. Quando a água levantar fervura, reduza o lume para o mínimo, deite um pouco de sal lá para dentro, rode com uma colher de sopa e faça um remoinho. Parta um ovo e deite-o para o centro do remoinho. Quando a água parar de girar, o ovo vai começar a ganhar uma forma compacta. Deixe-o cozer ligeiramente a muito baixa temperatura. A ideia é que a clara fique branca, mas ainda um pouco molhada, e a gema totalmente crua.

Quando o ovo estiver pronto, retire-o com uma escumadeira e coloque-o em cima da torrada com muita manteiga. Rale umas lascas de parmesão e coloque por cima juntamente com pimenta. Arranje o prato, coloque-o num tabuleiro decente e leve-o à cama com uma flor. Faz uma vistaça, ninguém está à espera e não custa assim tanto. Melhor de tudo: é bom e não engorda (se não contarmos com o pão... nem com a manteiga... nem com o parmesão...). Bom, se calhar é capaz de engordar um bocadinho...

 

Ingredientes

- 1 ovo

- 2 torradas

- Manteiga

- Parmesão às lascas

- Pimenta

- Sal

 

Um bom Dia dos Namorados para si, onde quer que esteja,

Ele

novidade! novidade! vá comer pratos internacionais com os melhores chefs ao campo pequeno

Juntar Paulo Morais, Bertílio Gomes, Alexandre Silva, Chakall e Kiko no mesmo sítio a cozinharem para si é um sonho. Juntar Paulo Morais, Bertílio Gomes, Alexandre Silva, Chakall, Kiko e mais cinco chefs no mesmo sítio a cozinharem para si e para mais uns milhares de pessoas é o evento Comidas do Mundo. Esta Arca de Noé dos chefs portugueses começa no próximo dia 20 de Fevereiro no Campo Pequeno e, durante cinco dias, vai ser a minha cantina. Aqui cada chef fará pratos inspirados num país diferente. E você só tem de comer. É bom, não é? Pelo menos, promete... 

 

Se, além de comer, ainda gostar de dançar, poderá rebolar-se ao som de DJs ou numa festa exclusiva no sábado à noite. A entrada custa dez euros e o evento está aberto entre as 12h30 e as 24h, excepto no dia da inauguração, em que só começa às 18h.

Agora, tente lá descobrir: já percebeu porque é que Lisboa é uma das cidades mais cool da Europa?

 

 

 

Um abraço para si, onde quer que esteja,

Ele

  

Lista dos chefs que já confirmaram:

 

Alexandre Silva (Bica do Sapato) - vai cozinhar pratos de Itália

António Alexandre (Lisbon Marriott Hotel) - vai cozinhar receitas da Alemanha

Bertílio Gomes (Chapitô à Mesa) - vai cozinhar pratos de Marrocos

Chakall (Volver) - vai cozinhar os sabores do Peru

Kiko (O Talho) - vai cozinhar pratos da Argentina

Luís Baena (ex-Manifesto) - vai fazer receitas da zona ibérica

Marlene Vieira (Avenue) e João Sá (Assinatura) - vão cozinhar pratos dos EUA

Paulo Morais (Umai) - vai trazer os sabores do Japão

Vítor Esteves (Pingo Doce) - vai cozinhar pratos da Dieta Mediterrânea

 

naco do lombo de vitela maronesa com ovos de codorniz e farofa de bacon

Quarta-feira para mim é o dia da nostalgia. Quando nos recostamos na cadeira do escritório e pensamos na vida. Quando olhamos para trás e ponderamos o que já conseguimos conquistar e o que ainda nos falta alcançar. Hoje tive um dia assim e cheguei a uma conclusão profunda que gostaria de partilhar nostalgicamente convosco: falta-me alcançar um lombo de vitela maronesa. É uma vitela de uma raça especial, tratada de uma forma especial e sujeita a cuidados especiais. Ao pensar na maronesa, pensei comovido no restaurante O Talho (sobre o qual já escrevemos), nas carnes tenrinhas, nas conversas profundas que poderíamos ter à mesa (eu e o lombo) e, quando senti a primeira lágrima a escorrer-me pela bochecha rechonchuda abaixo, já estava à porta do número 1B da rua Carlos Testa em Lisboa (que raio de nome para uma rua!). Não para jantar. Mas para ir às compras. Entrei discretamente. Vi o chef pelo canto do meu olho azul. E, qual pedinte, implorei por dois pequenos nacos. Entregaram-me a carne, eu entreguei quase 30 euros. É caro? É. Vale a pena? Um dia não são dias. E 700 gramas de carne bem aproveitadinhos dão para três refeições: duas para mim e uma para Ela.

Passada a fase mais dífícil - a da carteira - chega o que é simples - a preparação. E com um naco de lombo de vitela maronesa não é preciso inventar. Comece por passar o naco por uma frigideira bem quente com um fio de óleo para selar a carne de todos os lados. É importante fazer isto com óleo e não com azeite porque o azeite queima a uma temperatura mais baixa do que o óleo. Com a carne dourada de todos os lados e sem lhe espetar qualquer garfo, vai conseguir reter os líquidos e os sabores durante o processo de cozedura no forno. Tempera então o naco com sal e alho picado e coloca-o no forno a 150 graus durante 15 minutos. Enquanto isso, prepara o acompanhamento. Quer sugestões? Estamos cá para isso. Antes de sair do Talho compra uma pequena embalagem de farofa com bacon (1,80 euros). E esta não é uma farofa qualquer. É leve como flocos de neve e estaladiça como Peta Zetas. Quando chega a casa, estrela doze ovos de codorniz (atenção: têm de ficar mal passados mas com a clara branca para não parecer "aquilo que não posso dizer"). Tendo tudo isto pronto, corta a carne em fatias bem fininhas. Tira os ovos, serve-os com a farofa e voilà: acabou-se a nostalgia. 

 

  

- 2 nacos de lombo de vitela maronesa

- 12 ovos de codorniz

- Farofa com bacon

- Óleo

- Alho

- Sal

 

 

Viva a vitela maronesa, onde quer que ela esteja,

Ele