Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

couves de bruxelas panadas com queijo parmesão, a receita que vai mudar a sua vida (ok, posso estar a exagerar...)

Sei que vou ser trucidada por toda a gente pelo que vou escrever a seguir: eu adoro couves de Bruxelas desde criança. Também sei que não é normal, porque quase toda a gente que eu conheço não gosta. Os nossos Minimisteriosos adoram (ah, os mistérios insondáveis da genética!) mas tenho a perfeita noção de que é um fenómeno raro.

Esta receita do imprescindível blog Damn Delicious vai provocar uma revolução na boca de toda a gente. A partir de agora, as couves de Bruxelas vão transformar-se numa unanimidade. Esta versão é deliciosamente crocante e incrivelmente deliciosa. Vai ver que, depois de experimentar, não vai querer outro acompanhamento no seu prato.

Só precisa de azeite, pão ralado panko, queijo Parmesão ralado, tempero cajun (encontra aqui, por exemplo), couves de Bruxelas lavadas, farinha e dois ovos batidos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

sub-buzz-14758-1505943274-9.jpeg

 

salada de bacon, couves de bruxelas, pera e queijo azul, uma receita para colorir a minha dieta de ano novo

Que espetáculo! O ano novo começou há vinte e quatro horas e a minha dieta começou há cinco minutos. Mas não se preocupe: estou motivada. Como diria o bruxo Alexandrino, continuo “firme e hirta como uma barra de ferro” na minha intenção de ganhar asas da Victoria' Secret este ano. Encontrei esta deliciosa salada no magnífico How Sweet It Is, e vai ser o meu almoço para começar a semana de forma saudável. Salada, para mim, é totalmente sinónimo de dieta (mesmo que tenha bacon e queijo, eu sei). E esta salada pode servir-se quente ou fria, o que convenhamos, nestes dias de inverno dá muito jeito. Demora só 20 minutos a fazer e dá para 2 a 4 pessoas, mas acho que vou comer toda sozinha. Só vou precisar de bacon cortado em pedaços, couves de Bruxelas cortadas em fatias, xarope de ácer, pimenta preta, sal, uma pera grande cortada às fatias fininhas e queijo azul ou gorgonzola, esmagado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original. 

maple-bacon-brussels-pear-and-blue-cheese-salad-I-

 

 

salada de couves de bruxelas com cebola roxa e queijo pecorino, um jantar light para começar a semana motivado

Segunda-feira é sinónimo de regresso ao trabalho e de neura, porque ainda faltam mais quatro dias até ao próximo fim-de-semana, o que significa que, para a minha mui prezada Mulher Mistério, faltam quatro dias para voltar a ter direito ao seu Dia da Asneira! Para variar, Ela implorou-me por mais um petisco light (diz que até às férias do ano que vem não ingere mais do que 100 calorias por dia...). Eu fui procurar uma ideia nova para lhe fazer a vontade e descobri esta óptima e rápida receita do site Not Without Salt. Só preciso de três canecas de couves de Bruxelas, meia cebola roxa, sumo de 1 limão, uma colher de chá de mel, uma colher de chá de mostarda whole grain, uma colher de chá de azeite e queijo pecorino ralado grosso.

slaw2 (1).jpg

 

 

ovo escalfado em cama de couves bruxelas e bacon, um jantar com um nome chique para animar esta segunda-feira

A minha segunda-feira ainda vai a meio e não há palavras para as mil e uma coisas que ainda tenho para fazer. No meio de tudo isto, preciso também de pensar no jantar da minha prole mistério. Que canseira, nunca mais é sábado outra vez.

Mas hoje, como o tempo é curto, vou fazer um jantar rápido, delicioso e saudável para toda a família: uma receita do blog Feasting at Home, que curiosamente foi pensada para o pequeno-almoço (a que horas acordará esta gente, Deus meu, para ter tempo para fazer isto de manhã? E pior, conseguir comer tanto verde logo ao acordar?) e junta dois dos meus ingredientes saudáveis preferidos: ovos e couves de Bruxelas. Demora cerca de 25 minutos a fazer, e é facílima (o que é simpático numa segunda-feira à noite).

Tudo o que preciso para fazer esta receita tenho em casa (valha-me isso!): 3 fatias de bacon, couves de Bruxelas cortadas às fatias, meia cebola, sal e pimenta, ovos, pimenta moída e piripiri. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Brussel-2Bsprout-2Bbacon-2Bhash-107.jpg

 

 

 

não lhe apetece chegar a casa e fazer o jantar? então veja esta deliciosa e facílima receita

Bem-vindo! Acabou de entrar no período mais bipolar do dia. Chegou a hora em que a asfixia do dia de trabalho acaba, e o sufoco da noite a fazer o jantar começa. Não é fácil, pois não?

É claro que é fácil, tão fácil como José Sócrates fazer o seu livro esgotar em poucos dias. A culpa é do fabuloso blog Brooklyn Supper, eleito no ano passado pela revista Saveur o blog de comida mais delicioso do Mundo. Esta verdadeira Bíblia da cozinha criou uma divinal, rapidíssima, ultra-fácil e razoavelmente saudável receita para aqueles dias de semana em que chega a casa a cronometrar os segundos até ao momento em que finalmente vai conseguir sentar-se no sofá.

São uns fabulosos ovos no forno com queijo, cogumelos e couves de Bruxelas. Ora, veja lá se não é rápido e delicioso.

Tudo o que vai precisar é de ovos, manteiga (não se enerve, que é só uma colher de sopa...), alho picado, chalotas picadas, cogumelos cortados às fatias, couves de Bruxelas também cortadas às fatias, natas (também é só uma colher de sopa, mas se estiver mesmo de dieta rigorosa, experimente usar leite), flor de sal, pimenta moída no momento e queijo Gruyère. Para saber as quantidades de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

baked-eggs-with-brussels-sprout-and-mushrooms.jpg

 

é possível ter um natal vegetariano e delicioso? claro que sim, basta olhar para esta sopa de queijo e couves bruxelas

Vamos lá ser sinceros: Natal sem doces é impossível, certo?

Ainda bem que concordamos (isto de não conseguir ouvir a sua resposta dá-me imenso jeito...).

Por isso, resta-nos tentar a alimentação saudável noutras áreas. Este ano, vou fazer esta espectacular sopa vegetariana do Nigel Slater, que o jornal britânico The Guardian fez a gentileza de partilhar com o mundo. Está certo que leva leite e queijo Stilton, que estão longe de ser alimentos light. Mas é um prato vegetariano. E tem um aspecto absolutamente irresistível. Ainda por cima, é a coisa mais fácil de fazer. Só vai precisar de queijo Stilton, leite, manteiga, couves de Bruxelas e duas cebolas. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

4032.jpg

 

couves de bruxelas caramelizadas com molho balsâmico: sim senhora, assim, vale a pena estar de dieta

Quando era criança não era fã de couves de Bruxelas. Tão ingénua, não sabia mesmo o que perdia. Hoje em dia sou viciada... E a nossa prole mistério também. Nem foi preciso dar-lhes o meu exemplo. Eles adoram tudo, saem à mãe. Como estou sempre de dieta, há sempre couves de Bruxelas cá em casa. E hoje vai ser o acompanhamento ideal para o nosso jantar: uma dourada no forno com couves de Bruxelas caramelizadas. Adoro o termo "caramelizadas". Gosto de pensar que vou trair a minha dieta, mas não é o caso. A receita, do incrível blog avery cooks, demora pouco mais de meia hora a fazer, é saudável e um sucesso garantido em qualquer refeição. Se quiser saber as doses certas dos ingredientes para 2 a 4 pessoas (depende do apetite da sua família) espreite aqui a receita original.

brusselssprouts-6-650x975.jpg

 

 

couves de bruxelas com limão, alho e amêndoas

Ontem fui eu para a cozinha. E curiosamente não entrei só para ligar e desligar o microondas ou para lavar a loiça. Tinha acabado de comprar umas couves de bruxelas com um aspeto delicioso no My Super e decidi fazer um jantar vegetariano e light com os meus legumes preferidos. Como sou desprovida de sensibilidade culinária, decidi pesquisar receitas na Internet, sob o olhar trocista do meu querido Marido Mistério, que se estava a contorcer de dores de barriga com vontade de rir enquanto gritava, enlouquecido para a nossa equipa de futsal: "Meninos, venham ver! A Mãe está louca: pôs um avental e está dirigir-se a passos largos para o fogão." As crianças, que herdaram o sentido de humor do paizinho, soltavam gritos de terror: "Medo!", "A mãe está bem?","Pai, podemos ir ao McDonald's?". Ignorei as graçolas familiares, pousei o iPad ao lado do fogão e pus mãos à obra, perante o olhar incrédulo de cinco pares de olhos que secretamente desejavam a minha desgraça. Segui quase à risca as instruções de Donna Hay. Só tirei a manteiga da receita porque a minha dieta não me permite essas extravagâncias. Aqueci duas colheres de sopa de azeite numa frigideira grande em lume médio, acrescentei dois dentes de alho fatiados e deixei cozinhar durante 2 a 3 minutos, até ficarem dourados. Juntei as couves de bruxelas partidas aos pedaços e deixei cozinhar durante mais dois minutos. Acrescentei o sumo e as cascas de limão raladas, as amêndoas laminadas, previamente torradas, e misturei tudo. Virei-me para trás e exclamei, inchada de orgulho: "Voilá!" Os cinco pares de olhos tinham fugido para a garagem rumo ao McDonald's. Fiquei eu sozinha, deliciada, a devorar as minhas couves de bruxelas como se fosse uma feijoada. Prova superada!

Ingredientes para 8 pessoas: 

- 2 colheres de sopa de azeite e de sumo de limão 

- 2 dentes de alho fatiados 

- 800 g de couves de bruxelas, cortadas aos pedaços 

- 2 colheres de sopa de casca de limão ralada 

- 40 g de amêndoas laminadas e torradas
 

Boa semana,
Ela
PS - Juro que este post nada tem a ver com o Dia das Mentiras que hoje se assinala!

 

 

créditos: receita e foto de donna hay