Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

pizza sem base, uma receita com apenas 3 ingredientes e com poucos hidratos de carbono

É uma grande invenção, esta do blog Closet Cooking! Uma pizza sem base é praticamente uma pizza isenta de culpas porque acaba por ter poucos hidratos de carbono. Na prática o queijo é que vai fazer de base, depois é só acrescentar o pepperoni. Tem todo o sabor de uma pizza sem a base! É a receita ideal para alimentar os nossos mini-misteriosos e o bando de amigos que vivem cá em casa durante as férias.

No Crust Pepperoni Pizza 800 1828.jpg

 

 

pizza de pera e queijo gorgonzola, uma receita de sonho para celebrar o nosso primeiro livro com os filhos mistério

Abri hoje o Correio da Manhã mal acordei e ainda não percebi bem qual é a notícia que vai marcar o dia: se a visita dos Reis de Espanha, se a mulher que fez um implante de silicone e ficou "com os seios na barriga". É uma decisão difícil e, para me ajudar a ultrapassar este profundo dilema, acho que vou precisar de um suplemento alimentar. Felizmente, tenho Filhos Mistério preocupados com a minha condição e que, todos os santos dias, me enviam sugestões de receitas para o jantar. A minha querida Mulher Mistério acha que são sugestões com segundas intenções – só mandam porque as querem comer eles. Eu acredito piamente na sua preocupação com o seu pobre pai.

Hoje a sugestão que me chegou agora mesmo foi uma divinal pizza com pera, presunto e queijo gorgonzola, do fabuloso blog Recipe Runner. A verdade é que eu já estou a sonhar com essa ligação das fatias de pera laminadas com o presunto fininho e o gorgonzola picante. Tudo o que vou precisar é de massa de pizza, cebola, flor de sal, azeite, pimenta preta moída no momento, tomilho fresco, uma pera laminada, queijo gouda ralado, mozzarella magro ralado, gorgonzola em pedaços e presunto enrolado e cortado fininho. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

PearProsciuttoGorgonzolaPizza1.jpg

 

 

tem de ver este vídeo com o prato favorito dos filhos mistério: salsichas cabeludas

Captura de ecrã 2016-10-18, às 15.34.17 (1).jp

É aquilo a que se pode chamar a mais pura e desavergonhada exploração infantil. Depois de termos tido um Filho Mistério a fazer aqui uma crítica sobre o novíssimo café só de cereais, o Pop Cereal, em Lisboa, agora temos outro orgulhoso descendente da linhagem Mistério a preparar a sua receita favorita. Em vídeo e tudo.

Trata-se de umas surpreendentes salsichas cabeludas. Como é que é? Isso mesmo que acabou de ouvir: são umas simples salsichas com esparguete (coisa de que qualquer criança gosta). Mas estas têm uma apresentação irresistível. Os fios de massa saem de dentro da salsicha, como se esta fosse uma cabeça de um boneco. E o melhor de tudo? É que este prato é facílimo de fazer. Tão fácil que são os próprios Filhos Mistério que o preparam cá em casa.

E se tem dúvidas de que seja assim tão simples, então veja lá este vídeo que ensina a fazer esta maravilha em apenas 30 segundos.

 

 

4 jantares práticos e rápidos para o regresso às aulas

Crianças com aulas é cozinha sem calmas. Desconfio que não seja só aqui em casa que o caos toma conta do ambiente: banhos mais tarde, trabalhos de casa para fazer, mochilas espalhadas pela casa, a minha querida Mulher Mistério aos gritos em pré-apoplexia nervosa por causa das desarrumações... enfim, não sobra muito tempo para fazer um jantar decente e sujar mais umas panelas pelo caminho. Mas... há sempre um mas... é para isso que está aqui deste lado este seu prendado Amigo Mistério.

Esta semana, resolvi reunir quatro receitas fáceis, rápidas e saborosas para fazer em dias de escola e de caos. Há massas, há ovos, há salmão (quem não tem salmão em casa?) e há até um caril de batata doce que pode passar a tratar por Speedy González da cozinha (ele não se ofende...). 

Vai ver como, depois disto, a sua vida vai mudar em dias de aulas.

 

Massa de abóbora e parmesão para fazer só numa panela

631f6fb6ad3d3cf9120642e8bf55a9568c5c38b1.jpeg

Quando encontro juntas as palavras "só numa panela", faço uma festa. E, no caso desta receita do site The Kitchn, é uma festa com direito a um magnífico jantar. Para fazer esta maravilha da velocidade culinária, vai precisar de ter um bom puré de abóbora pronto. Depois, coza a massa (cerca de 350 g da que gostar mais) numa panela larga com um litro de água, alho esmagado e cortado às fatias, azeite, sal e pimenta. Mantenha a panela destapada e vá mexendo com uma pinça para a massa não ficar colada. Quando estiver al dente, desligue o lume e escorra um pouco da água a mais (mas não toda). Junte o puré de abóbora, natas e queijo parmesão ralado e mexa até ficar com um creme suave. Acerte os temperos de sal e pimenta e sirva com umas sementes de abóbora tostadas, um pouco de parmesão laminado e um fio de azeite por cima. Veja aqui a receita completa e as quantidades certas de cada ingrediente.

 

 

almôndegas low carb para celebrar o regresso às aulas

As intermináveis férias de verão dos nossos filhos chegaram ao fim e já estou a pensar no regresso à rotina e nos jantares de família. Temos de voltar aos nossos horários de inverno, porque agora as crianças não podem jantar às dez da noite, já que no dia seguinte têm de acordar cedo. Por isso, tenho de voltar a programar os jantares com alguma antecedência para os horários não descambarem. E como alimentar esta família sempre faminta? Com alguma imaginação ou procurando inspiração por essa blogosfera fora. E depois, recorro ao meu prendado Marido Mistério para confeccionar estas maravilhas que descubro. Para hoje temos: almôndegas light à parmegiana.

As almôndegas não têm de ser uma bomba atómica calórica nem um prato sem graça de que só os miúdos gostam.

Esta receita do blog I Breathe I'm Hungry consegue ser muito saborosa e ter poucos hidratos de carbono. Cada almôndega com o molho parmegiana por cima tem 151 calorias, 9 gramas de gordura e apenas 1,7 gramas de hidratos de carbono. É a isto que os americanos envergonhados do seu passado de fast food chamam um prato "low carb". E ainda por cima, é fácil de fazer.

 

 

linguini com sumo de limão, parmesão e manjericão: mas que belo jantarão!

Esta última semana de férias das crianças tem sido particularmente agitada. Eles estão naquela fase em que ficam a “bezerrar” em casa, esparramados no sofá a ver séries, a discutir se vêem Massa Fresca ou Pretty Little Liars, com amigos que vão chegando aos poucos e por lá vão ficando.

E chegar a casa e ter de alimentar a prole e respetivos amigos que se vão acumulando é tarefa hercúlea para uma mãe trabalhadora e sem imaginação como eu.

Ontem, por exemplo, cheguei tarde e a más horas, e só tive tempo de recorrer ao imprescindível blog da fantástica Donna Hay que me salvou a noite com a descoberta deste linguini. Só precisei de uma embalagem de linguini, sumo de limão, azeite, parmesão ralado, natas, uma gema de ovo, manjericão fresco, sal e pimenta preta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

linguini.jpg

 

spaghetti de atum com tomate cherry: o jantar ideal para uma casa cheia de crianças

Miúdos de férias é sinónimo de casa cheia. Começa por dormir uma amiga de uma, depois o amigo do outro, e quando damos por nós a nossa Mansão Mistério está transformada numa colónia de férias. E sobra para quem? Sobra para quem? Para a desgraçada da mãe, pois claro. Já me doem as cruzes de tanto arrumar e gritar. Hoje tenho outra vez um batalhão de bocas famintas para alimentar… e decidi facilitar. Vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta massa deliciosa do maravilhoso e imprescindível blog da Donna Hay: massa + atum = crianças felizes.

Ele só precisa de esparguete, azeite extra virgem, dentes de alho cortados fininhos, alcaparras, tomates cherry, vinagre de vinho tinto, 2 ou 3 latas de atum, salsa picada, raspas de limão, sal e pimenta preta moída e sumo de limão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

chilli_tuna_capers_tomato_pasta.jpg

 

 

 

sabe mesmo quais são os cereais com mais açúcar?

Todos os nossos Mini-Misteriosos são absolutamente obcecados por cereais. E, por muito que eu lhes explique que uma taça de cereais é uma bomba de nitrogénio alimentar que mistura calorias, açúcar e gordura em quantidades enormes, eles não desistem. Por isso, decidi passar à segunda fase da terapia. Esta semana, obriguei-os a conhecer directamente os perigos dos cereais. Durante dois dias, dividiram-se para pesquisarem quais eram os cereais com mais e menos açúcar. Analisaram os rótulos de embalagens, estudaram ingredientes e depois levaram mais um ensaboadela sobre os perigos de tudo isso para a saúde.

O resultado é uma tabela que mandei afixar na cozinha, em letras gigantes, para grande alegria da minha querida Mulher Mistério que continua, sem hesitações, o seu calvário dietético. Estas foram as maiores surpresas que eles encontraram. Veja lá se consegue adivinhar quais são os cereais com mais açúcar de cada uma destas duplas em baixo.

 

Corn Flakes ou Kellogg's Especial K Com Chocolate?

Chocapic Original (2).jpg

Pense bem antes de responder. Eu avisei que isto não ia ser fácil. O Kellogg's Especial K com chocolate, esse hino à vida saudável do mundo do cereal, tem o triplo do açúcar dos tradicionais Corn Flakes. É isso mesmo e vou repetir para o caso de não ter lido bem: o triplo do açúcar. Por cada 100 g de Kellog's Especial K com chocolate de leite, está a ingerir 24 gramas de açúcar, enquanto no caso dos Corn Flakes são apenas 8 gramas. Mesmo o Kellogg's Especial K clássico tem 17 gramas de açúcar por cada 100 gramas.

 

 

o almoço ideal para apoiar a selecção nacional no euro e comemorar o dia de portugal

Ter um início de um Europeu de futebol que coincide com um Dia de Portugal que coincide com uma vitória por 7-0 da Selecção Nacional é tão frequente como ter o cometa Halley a sobrevoar a praia da Nazaré enquanto o Garrett McNamara apanha uma onda gigante. E, perante este entusiasmo desportivo-nacionalista, a Família Mistério resolveu juntar-se em peso para apoiar a nossa selecção. Não com o cachecol felpudo do Barbas, não com a camisola de licra do Cristiano Ronaldo, mas com um hambúrguer lusitano.

É isso mesmo: um hambúrguer grelhado com queijo creme e uma salada de tomate cherry e espinafres baby. Que é o mesmo que dizer, com a Bandeira Nacional. Infelizmente, o meu talento artístico não vai tão longe – mas o do nosso Mini-Misterioso com pretensões a chef vai, especialmente se contar com a ajuda da sua querida Avó Mistério, outra verdadeira artista na cozinha.

No rescaldo da goleada da Selecção, avó e neto juntaram-se na cozinha para preparar esta absoluta maravilha. Sozinhos. Sem qualquer interferência deste vosso querido Casal Mistério. E a verdade é que o hambúrguer ficou delicioso e não foi nada difícil de fazer.

image.jpeg

 

vai adorar estes pratos! como fazer comida saudável da forma mais divertida para as crianças

2ADE65DC00000578-3175471-Good_enough_to_eat_Laleh_

Quantas vezes é que já ouviu o seu filho dizer: "Eu não gosto de sopa"? Não precisa de responder, até porque eu não consigo ouvir a esta distância. Mas tenho a certeza de que foram tantas como "Eu não quero verdes" ou "Odeio legumes" ou outras variações da mesma conversa.

Pois bem, deixe-me apresentar-lhe Laleh Mohmedi. Tem um nome estranho, mas também teve uma ideia genial: transformar a comida saudável em bonecos irresistíveis.

 

um lanche para as férias da páscoa que só suja uma taça: muffins de aveia com avelãs e figos secos

Crianças em casa, Marido Mistério no forno. Esta vida de pai moderno não é fácil. Enquanto Ela bebe uma cerveja à frente da televisão (vá lá que não é a ver o Benfica...), eu cozinho. O que é que aconteceu à igualdade de géneros? É verdade que Ela ajuda a lavar a loiça, mas esta minha permanente exploração culinária obriga-me a estar sempre à procura de receitas práticas e deliciosas. Especialmente quando as crianças estão de férias e enchem a casa à mesma velocidade que esvaziam o frigorífico.

Hoje a salvação veio do sempre útil e essencial site The Kitchn na forma de uns maravilhosos muffins que só sujam um triturador ou então a sempre amiga Bimby. Não há cá tachos nem panelas que a minha querida e prezada Mulher Mistério precisa de algum descanso da sua tarefa de lavar a loiça.

Tudo o que vai precisar é de avelãs, flocos de aveia, figos secos (sem os pedúnculos), farinha, açúcar mascavado, fermento, bicarbonato de sódio, sal, 1 ovo levemente batido, manteiga sem sal derretida, 240 ml de leite, melaço e 1 colher de chá de extracto de baunilha. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

TheKitchn_foodprocessor_muffins_kc_3189.jpg

 

bolinhas de nutella para animar as sessões de estudo cá em casa

Eu sei que estou de dieta mas não me posso esquecer que normalmente temos um bando de crianças em casa durante o fim-de-semana. Hoje, por exemplo, vêm amigos para “estudar”. OK. Vou fingir que acredito. Até podem estar cheios de boas intenções mas quatro pré-adolescentes dentro de um quarto fazem muita coisa, mas estudar não será seguramente uma das prioridades. Enfim... Como sou uma mãe dedicada e amorosa, vou recorrer ao método mais eficaz: a chantagem.

– Se vocês estudarem mesmo, faço-vos um lanche especial. E deixo-vos uma pista: inclui Nutella.

Já estou a imaginá-los a abrir os livros rapidamente (e a fechá-los mal eu viro as costas). E com que receita é que vou comprar dez minutos de concentração destes miúdos? Com esta extraordinária invenção do blog Gimme Some Oven: bolinhas de Nutella com chocolate e avelãs e que nem precisam de ir ao forno! Só demoram 15 minutos a preparar e são uma delícia.

Nutella-Energy-Bites-2.jpg

 

a fantástica esplanada de inverno e o magnífico fetuccine com trufas e escalope de foie gras fresco do portarossa

10929547_361339857389117_2780027351965296720_n.jpg

Há sempre um momento na nossa vida em que percebemos que já não vamos para novos. E o meu momento Ternura dos 40 aconteceu quando, a meio do almoço no Portarossa, no Porto, percebi que o meu filho mais velho tinha pedido um prato melhor do que o meu. É triste ver alguém, que há uns anos se alimentava a frascos de Blédina, sentado à frente de um fetuccine com manteiga de trufas e foie gras enquanto eu dividia uma mera salada verde com a minha querida Mulher Mistério. 

Não é definitivamente uma boa maneira de acabar um almoço que começou com uma fantástica esplanada com uma lareira exterior, na Foz.

 

charutos de nutella com flor de sal, a irresistível receita que vai desgraçar a minha dieta e viciar as crianças mistério

Doces e salgados, cremosos e crocantes, tanto contraste numa única receita! E que receita, meu Deus! Estes incríveis charutos de Nutella com flor de sal, que descobri no blog cookies and cups, provocaram-me afrontamentos, tiraram-me o sono e, o pior de tudo, a força de vontade para continuar a minha dieta. Mas alguém resiste a uma receita destas? Eu, infelizmente, não. E esta maravilha corre seriamente o risco de se tornar o maior vício da Mansão Mistério nos próximos tempos. Que tentação! Ainda por cima só precisa de 4 ingredientes: Nutella, um pacote de massa filo, manteiga e flor de sal. Se quiser saber as doses certas para 24 charutos espreite aqui a receita original.

nutellacigar1-570x810.jpg

 

 

massa de alho com couve-flor assada para afugentar os pretendentes da nossa filha adolescente

Hoje a nossa filha adolescente convidou uns amigos para uma sessão de cinema cá em casa e pediu-me para fazer jantar para a malta toda. Para tentar dissuadi-la disse que ia fazer um prato vegetariano ao que ela me respondeu:

- Mãe, é indiferente, eles comem qualquer coisa. (Só não disse "dahh" porque me estava a dar graxa!)

O meu querido Ele (que começa a ficar enervado com estas sessões de cinema numa sala às escuras) lembrou-se de acrescentar um ingrediente inibidor de grandes proximidades: o alho. Não me dei ao trabalho de lhe explicar que nesta fase não há alho ou cebola que impeçam as hormonas de saltar, mas pus mãos à obra e decidi fazer esta ótima, civilizada e vegetariana receita do magnífico blog donna hay.

roasted_cauliflower_olive_garlic_pasta.jpg