Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

gins premium a €8?! vem aí o segundo festival do gin, no mercado de campo de ourique

gin

Enquanto o Público exulta com a vitória do Partido Liberal nas eleições holandesas, eu não consigo largar a verdadeira notícia do dia: durante um fim-de-semana, vamos ter os melhores gins premium, com as melhores águas tónicas premium, à venda por €8 o copo. O grande evento passa-se, deste fim-de-semana a oito dias, no Mercado de Campo de Ourique, em Lisboa, e está a deixar-me ofegante de tanta ansiedade.

 

está aí a chegar o dia nacional do gin tónico com descontos em 100 bares por todo o país

IMG_2254.JPG

Há dois dias fundamentais na vida de qualquer bom pai de família: o Dia do Pai e o Dia Nacional do Gin Tónico. E se o Dia do Pai já passou a 19 de Março, o Dia Nacional do Gin Tónico está aí a chegar a 25 de Junho. Sim, é verdade, é já deste sábado a uma semana e devia ser, com toda a segurança, decretado feriado nacional, com o Parlamento engalanado e o país entornado. 

À falta de feriado, temos, no entanto, algumas boas notícias. Em primeiro lugar, vai haver descontos em cerca de 100 bares por todo o país, o que é sempre motivo para lançar uns foguetes e abrir umas garrafas. Da Gin House ao Gin Signature ou ao Yeatman, no Porto; do Red Frog ao Tabik ou ao Pharmacia, em Lisboa; passando por Cascais, Faro, Óbidos, Vila do Conde ou Aveiro, vai haver cocktails especiais, receitas e – mais importante de tudo – promoções. 

 

 

novidade! novidade! gins premium a €7,50? ah pois é, está a chegar o festival do gin ao mercado de campo de ourique

Captura de ecrã 2016-02-15, às 17.35.40.png

Há grandes notícias para o futuro do país que não nos podem deixar indiferentes. E esta semana temos várias. A Comissão Europeia aprovou o novo Orçamento de Estado, os juros da dívida pública estão a baixar e vamos ter três dias com os melhores gins premium a €7,50.

Como é que é?!

Os juros da dívida pública estão a baixar?!

 

 

não se esqueça! faltam poucas horas para poder ganhar um jantar para 6 pessoas feito por um sushiman do noori em sua casa

CW.jpg

Não deixe que este sol típico da Amareleja em pleno Agosto lhe derreta a memória. Faltam poucas horas para acabar o prazo durante o qual se pode habilitar a ganhar um jantar de sushi para seis pessoas, feito em sua casa, por um distinto sushiman da cadeia de restaurantes Noori.

 

 

fomos provar um gin com malagueta picante ao novo bar do gin club (e quinta-feira tem desconto de 50% no segundo copo)

10616402_655459777883151_9152747672871952198_n.jpg

Prepare-se para o primeiro choque: já alguma vez provou um gin tónico com malagueta? Sim, estamos a falar de malagueta verdadeira, picante, daquelas que lhe deixa a língua a arder.

Agora, o segundo choque: nesta quinta-feira, dia 11, quem passar, a partir das 18h, pelo The Urban Bar, no Hotel Santa Marta, na Rua de Santa Marta, em Lisboa, tem 50% de desconto no segundo gin. Dito isto, vamos lá fazer a básica conta de somar: sabe em que bar é que pode beber o tal gin com malagueta? Parabéns, o Ferrari é seu – no The Urban Bar.

Nós, que preferimos a discrição tranquila recomendável a um Casal que se quer Mistério, passámos por lá subrepticiamente num destes dias de fim de Outono. E demos de caras com esta provocação do mundo do gin. É claro que, aventureiro qual Michael Knight do século XXI, atirei-me de cabeça nesta ousadia. E não me arrependo. Minimamente.

1375646_575336319228831_1419131524_n.jpg

O gin 

O gin britânico Opihr tem os paladares dos botânicos mais exóticos: pimenta preta Tellicherry da Índia, coentros de Marrocos ou pimenta de Java, na Indonésia. Tudo aqui é oriental. E, por isso, liga bem com mais exotismo. No The Urban Bar, que desde o início de Novembro tem os gins a cargo do Gin Club, os mesmos do Sushi Café Avenida e da Doca de Santo, serviram-me o Opihr com uma Scweppes premium de pimenta rosa, uma casca de laranja e umas fatias de malagueta, com as sementes prontas a misturarem-se com o gin.

No início, não sente tanto a malagueta. Mas, à medida que vai bebendo, o gin torna-se cada vez mais picante. É muito, muito boa a mistura entre a tónica e a malagueta. Tudo isto veio com umas enormes pedras de gelo (perfeitas) e com uns aperitivos orientais a acompanhar (isso é que já não faz muito o meu género – preferia amendoins com wasabi ou uns pistácios).

inspira-santa-marta-hotel-77.jpg

O ambiente 

Quando eu fui, a meio da semana, o bar estava vazio, o que é uma pena. Tem uma decoração engraçada, com materiais recicláveis. O hotel é ecológico e todas as zonas, dos quartos ao spa, estão pensadas com base nos princípios do feng shui.

inspira-santa-marta-hotel-90.jpg

O serviço 

Como o empregado estava ali apenas para nós, correu tudo lindamente. O gin foi feito com cuidado e nunca faltou nada. Mesmo em relação aos aperitivos, não tivemos de pedir: vieram logo com o gin.

Se alinhar nesta aventura do gin com malagueta, aproveite para o experimentar com a promoção de quinta-feira. Se não, tem mais uma enorme carta à sua escolha.

 

Bons gins para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: facebook opihr e santa marta boutique hotel

sábado é o dia nacional do gin tónico e vai haver descontos em todo o país

No domingo, Portugal entra em campo para defrontar os Estados Unidos no Mundial – e, na véspera, nós comemoramos. Como é que é?! Começa a loucura casaleira: comemoram na véspera do jogo?! Sim, senhor. Mas não é por qualquer receio infundado de que Portugal não consiga derrotar um país que começou a jogar futebol já depois de o Pequeno Saul ter aprendido a andar de bicicleta. Não, senhor. Nós comemoramos de véspera porque sábado é o Dia Nacional do Gin Tónico. E faça favor de se levantar da cadeira quando falamos de uma solenidade desta magnitude.

Graças a essa autêntica instituição da República que já é a Gin Lovers, no sábado haverá celebrações de copo na mão por todo o País. E nem sequer o farão passar por esse suplício que é ouvir um discurso de meia hora do Presidente da República. Este é um Dia Nacional como deve ser: com bebidas a preços reduzidos, restaurantes com pratos especiais e um mega-mercado exclusivamente dedicado e esses dois heróis globais: o gin e a água tónica.

Feita a introdução, vamos aos detalhes mais interessantes. Primeiro, o mercado. Entre as 13h e as 18h, decorrerá no Vestigius Wine & Gin, no Cais do Sodré, em Lisboa, uma feira onde pode comprar gins, águas tónicas, folhas e especiarias, copos, utensílios e outras coisas absolutamente essenciais para quem gosta de gin. Em parceria com a garrafeira Delidelux, haverá ainda promoções.

Mas este não é o único motivo para ir ao Vestigius Wine & Gin no sábado. Entre as 13h e as 23h, terá vários gins premium à venda no bar com 50% de desconto.

Se no fim-de-semana não estiver por Lisboa, consulte a lista de restaurantes, bares lojas e garrafeiras de todo o país que aderiram a este dia emblemático (não se percebe porque é que ainda não é feriado...) com descontos especiais. Poderá também procurar quais os chefs que vão preparar pratos especiais inspirados no gin para celebrar a data: do Marmòris de Vila Viçosa ao Porto Palácio, passando pelo Can the Can ou o Eleven, haverá muita escolha.

E se nada disto for suficiente para si, então carregue aqui e veja a lista dos 54 espaços, espalhados por 12 distritos, que aderiram ao Dia Nacional do Gin Tónico. E não aderiram só com bandeirinhas e cartazes, aderiram com descontos a sério que vão até dois gins pelo preço de um.

Agora confesse lá: no 10 de Junho não tivemos nada disto...

Um feliz Dia Nacional do Gin Tónico para si onde quer que esteja,

Ele

os três restaurantes mais bonitos e com as melhores ementas para o porto restaurant week

Depois de eu ter escolhido apenas as melhores ementas da edição anterior do Porto Restaurante Week e de a minha muito estimada Mulher Mistério ter seleccionado apenas os restaurantes mais bonitos de Lisboa na semana passada, é chegado o solene momento da ponderação, do equilíbrio, do bom senso e da harmonia (todas características tendencialmente masculinas). E é por isso que me cabe a mim recomendar agora os restaurantes mais bonitos e com as melhores ementas (um perfeito dois em um) para a Porto Restaurant Week que começa na quinta-feira, dia 1 de Maio, e que irá até dia 11.

Como já sabem, é nestes dez dias que podemos comer óptimos pratos, de óptimos restaurantes, por óptimos preços. O que quer dizer 20 euros por refeição (bebidas não incluídas), 19 para o restaurante e 1 para uma instituição de solidariedade social. 

Os pormenores estão todos no site da Restaurant Week (onde também pode fazer as reservas), mas o que interessa está aqui no blogue do Casal Mistério. E o que interessa é "onde é que eu hei-de ir jantar durante a Restaurant Week?". É para lhe responder a essa pergunta que nós estamos cá. Quem diz nós, diz eu, porque a minha querida Ela já fez as suas sugestões para Lisboa. Por isso aqui vão os três melhores restaurantes que me fariam atravessar a A1 em busca de boa comida e ainda melhor decoração. E também as ementas que escolhemos. Espero que goste. 

 

bbgourmet Bull&Bear 

Decoração moderna, arejada, em tons de preto e branco, com enormes janelas e uma esplanada agradável.

Entrada

Ravioli de cogumelos do bosque em chá de hortelã

Prato principal
Asinhas crocantes de galinha com puré de milho e legumes da horta (também há polvo no forno em crosta de especiarias, o que não deve ser nada mau) 

Sobremesa
Verrine chococaramel

 

Góshò 

É um dos restaurantes mais bonitos do país. Com espaço e mobiliário desenhados pelo arquitecto Paulo Lobo, o Góshò mistura tranquilidade com sofisticação, iluminação com sombras. Destaque para a enorme clarabóia no centro da sala, para a agradável zona do bar e para a iluminação a partir do chão. Imperdível.

Entrada
Ebi no Harumaki – crepe primavera com camarão e legumes

Prato Principal
Gyu niku no yakisoba – massa de ovo salteada com carne barrosã e legumes (também pode escolher o Sushi to Sashimi – 8 fatias de peixe, makimono e makimono dragon)

Sobremesa
Sobremesa especial Porto Restaurant week

 

Barão de Fladgate 

Como pode ver pela fotografia de cima e pela primeira imagem deste post, aqui tem uma das melhores vistas para o Porto e uma das mais tentadoras esplanadas da cidade. Situado nas caves Taylor's, em Vila Nova de Gaia, o Barão de Fladgate tem um espaço clássico e deslumbrante que se mistura na perfeição com uma cozinha surpreendente.

Entrada

Ceviche de dourada com coentros, micro salada de frutas, tomate cherry e salada portuguesa (também há uma óptima tábua de queijos e enchidos ou um mil folhas de alheira de Mirandela – hmmm!)

 

Prato principal

Taco de bacalhau com crosta de broa e presunto, batata a murro e grelos salteados em azeite e alho

Sobremesa

Cremoso de caipirinha, com aguardente de cana, trufa de chocolate crocante ou um prometedor bolo de chocolate recheado com mousse de laranja e regado com molho de chocolate a 70%

 

E agora que passou a mil por este texto um pouco maçador e parou embevecido a olhar para estas fotografias maravilhosas, diga-me lá: do que é que está à espera para marcar? Vá aqui e bom jantar.

 

Uma boa Restaurant Week para si, onde quer que esteja,

Ele

novo boutique hotel na praia verde com descontos para a páscoa

Falta menos de um mês para a abertura de um novo paraíso numa das melhores praias do Algarve. A Praia Verde é extraordinária por quatro razões: muito calor, mar quente, areal gigante e pouca gente. Quando falo de calor é calor a sério: raramente precisa de um casaco de malha para sair à noite. O mar, além de ser quente, mais parece uma piscina gigante (se não estiver levante, claro). E o areal é de se perder de vista mesmo: são quilómetros e quilómetros de praia onde basta andar uns passos para se sentir numa ilha deserta.

Até agora, a oferta hoteleira na zona era reduzida e com muito pouco charme. Mas há luz ao fundo do túnel: o antigo Praia Verde Resort foi todo remodelado e chama-se agora Praia Verde Boutique Hotel. A mudança de nome já é um bom prenúncio e as fotografias dos novos quartos confirmam as minhas expetativas. Não tem nada a ver com a decoração antiga que confesso nunca me mereceu uma visita, nem sequer para beber um café ou ir à casa de banho!

 

A inauguração está marcada para o próximo dia 15 de abril e a coisa promete. Ainda por cima reabre com promoções imbatíveis! Situado a dez minutos a pé da praia, numa zona de pinhal, tem 40 suites com quarto, sala de estar e kitchenette. Ideal para famílias ou grupos de amigos, tem a vantagem de estar ao lado de uma praia de sonho, da maravilhosa aldeia de Cacela Velha (onde se comem as melhores ostras de Portugal e dos Algarves) e de Espanha.

O hotel tem ainda restaurante, sala de reuniões, sala para as crianças, sala de refeições, piscina exterior com bar, wireless gratuito, salas para reuniões e eventos e serviço de transfer. Ufa! Nas férias, nem é preciso tanto...

Do que é que está à espera? Aproveite as promoções da reabertura e marque já um fim de semana nas férias da Páscoa, a partir de 99 euros por noite. Não acredita? Clique aqui.

Bom fim de semana,

Ela

 

brasserie flo

- Oh xente!

- Gosta da calça?

- Tá linda, menina!

- Não parece 'ma quenguinha, não?

- Oh xente! De jeito nenhum! Que calça linda, menina! 

 

O ambiente

Não está de volta a 1997, a assistir a um diálogo entre Adriana Esteves e Eva Wilma na novela "A Indomada". Não. Está em 2014 a ouvir uma conversa entre duas clientes da Brasserie Flo, um dos restaurantes supostamente chiques de Lisboa. Uma conversa incómoda para mim que a ouvi no volume 60; divertida para si que a está a ler com jazz como música de fundo. Uma coisa posso garantir-lhe: jantar ao lado de uma família numerosa de brasileiros nordestinos com muito dinheiro para gastar não tem nada de engraçado. E esse é um dos muitos problemas da Brasserie Flo: fica num hotel. Mesmo que esse hotel seja o Tivoli, em Lisboa. Os preços elevados, que antes serviam para seleccionar a clientela, hoje servem para atrair famílias de brasileiros, chineses, russos e angolanos. É isso que deve esperar encontrar aqui, entre uma decoração típica de uma brasserie parisiense, num estilo arte nova, e empregados com o grau de simpatia típico de um empregado parisiense, ligeiramente maçados cada vez que encontram um português normal e antevêem uma gorjeta razoável.


O serviço

Mal chegámos, nos últimos dias da Restaurant Week e seguindo uma sugestão tentadora que deixámos aqui no site, percebemos logo que a noite não ia correr pacificamente. A marcação online, feita e confirmada pela Best Tables, não existia no mundo offline (já é a segunda vez que isto nos acontece com a Best Tables). O livro de marcações foi confirmado, reconfirmado e triconfirmado até que o empregado, um pouco enfadado com essa invenção peregrina que é a Restaurant Week, aceitou que nós não teríamos inventado uma reserva e indicou-nos uma mesa (o restaurante, aliás, nem tinha metade das mesas ocupadas). Tudo isto se passou num tom de cordialidade, mas sem nunca entrar nesse terreno desconhecido que é a simpatia. E isso torna o restaurante num local pouco acolhedor e muito pouco simpático. Mas não é tudo. Também é um local ligeiramente incompetente: quando a garrafa de vinho que tínhamos pedido já ia a meio, avisaram-nos que não havia mais garrafas. E ligeiramente parado no século XIX: quando, antes de pagar, eu perguntei a outra pessoa na mesa se também ia querer factura com número de contribuinte, fui abruptamente interrompido pelo empregado...

 

- Se é para dividir a factura em dois, digo-lhe já que é impossível!

[Mas alguém lhe perguntou alguma coisa?! Ou lhe pediu para dividir a factura em dois?!]

- Mas é impossível porquê?!

- O sistema não permite.

- Peço desculpa, mas isso é um absurdo. Frequentemente, eu peço para dividir a factura e todos os sistemas permitem. Se pedimos seis refeições, podemos dividir em seis.

- Hmmm.

- Traga-me lá então duas facturas, se faz favor...

[Foi neste momento que percebi que a outra pessoa nem sequer queria factura, mas a interrupção do empregado foi irresistível]

 

Quinze minutos depois, chegavam as duas facturas. Afinal, não era impossível, era só chato - e ali os empregados não estão para se chatear.

 

A ementa

O couvert

É o melhor do restaurante. E, quando o couvert é o melhor que vem para a mesa, não se antevê nada de bom. O pão é uma chapata quente e estaladiça, que dá vontade de repetir até que o seu estômago encha como uma daquelas bolas insufláveis de praia. E a manteiga é Beurre d'Isigny, uma magnífica, saborosa e cremosa manteiga francesa. Imbatível!

 

A sopa

Foi nesta fase da refeição, quando tudo previa qualquer coisa de espectacular, que chegou a sopa de cebola gratinada. Cebola tem pouca, queijo para gratinar quase nenhum, mas pão tem muito. Resultado: enche, mas não agrada. 


O prato

Toda a mesa optou pelo famoso Bife Tártaro - já ouvi chamarem-lhe o melhor bife tártaro de Lisboa - e toda a mesa reagiu da mesma maneira: heeh... O que se pode traduzir por: sim, não estava mau, mas também não era brilhante. Na verdade, é um bife bem servido, mas com uma consistência demasiado densa. Os temperos não estão mal, mas também não surpreendem. No fundo, é o chamado bife à jogador de futebol: podia ter uma carreira brilhante, mas perdeu-se pelo caminho. Acabou como um bife tártaro igual a dezenas de outros. Pode ser que as ostras sejam fantásticas e que o risotto de vieiras seja divinal. Mas num bom restaurante tudo é bom - principalmente as especialidades, como o bife tártaro na Brasserie Flo. 

 

A sobremesa

O Religieuse de Avelã com Molho de Chocolate é um fantástico doce francês que mistura a massa de profiteroles com um creme de pasteleiro no interior e um molho por cima. É servido frio. E exactamente por isso é difícil de fazer: o creme tem de ser cremoso e sem vestígios de cacau em pó. Este estava com um creme pouco cremoso e onde se sentia perfeitamente os restos de pó. Comia-se mas, mais uma vez, não era brilhante.

E isso é o pior que se pode dizer de um restaurante. Especialmente de um restaurante onde, numa semana de descontos se paga mais de 30 euros por pessoa.

 

O bom 

O pão e a manteiga

O mau

O serviço

O péssimo

A sopa de cebola gratinada

 

Au revoir Brasserie, mais nous préférons toujours Paris (onde quer que ela esteja),

Ele

degustação oferecida no talho este sábado (e a previsão do estado do tempo para o fim-de-semana ao estilo anthímio de azevedo)

Olá, bom dia, bem-vindos ao blog do Casal Mistério.

Fazemos votos de que tenham passado uma boa semana, com sol e calor. Vejamos a previsão das temperaturas para este fim-de-semana. Para sábado, devemos esperar céu pouco nublado ou limpo em todo o território de Portugal continental, com nuvens altas no litoral norte e céu limpo no resto do território. A temperatura máxima prevista é de 21 graus para Lisboa, Porto, Sines e Castelo Branco, 19 graus para Faro e 11 graus para as Penhas Douradas. As mínimas podem descer aos 10 graus em Lisboa, 7 no Porto e 4 nas Penhas Douradas.

Para domingo, deve esperar um ligeiro aumento das temperaturas máximas e mínimas para valores normais da Primavera, com excepção das Penhas Douradas onde se espera neve de madrugada e uma oscilação entre os 6 e os 13 graus.

Posto isto, sugerimos que se dirija à esplanada mais próxima de si e aproveite ao máximo o sol, podendo mesmo beneficiar do anticiclone dos Açores e colocar um fato-de-banho para dar uns mergulhos. No entanto, o Índice Ultravioleta pode atingir o grau 5 em Lisboa, tanto no sábado como no domingo, aproximando-se, por isso, de um risco moderado a alto.

Se não tiver protector solar consigo, o restaurante O Talho, em Lisboa, apresenta-lhe uma alternativa inserida nas comemorações do seu primeiro aniversário: dirija-se ao restaurante, entre as 16h e as 19h, e pode degustar algumas das especialidades do chef Kiko e provar o vinho oficial do restaurante gratuitamente. Tudo isto, devidamente protegido dos perigos do sol. Quem quiser aceitar a oferta, só tem de chegar à porta do restaurante, entrar, comer, beber e sair. A degustação é oferecida pelo Chef Kiko e não precisa de fazer qualquer reserva.

Para mais informações sobre o estado do tempo, consulte o site oficial do Instituto Português do Ar e da Atmosfera ou reveja as verdadeiras lições meteorológicas de Anthímio de Azevedo.

  

 

Para mais informações sobre o convite do restaurante O Talho, dirija-se à página oficial do restaurante no Facebook ou contacte directamente O Talho pelo telefone: 21 315 41 05.

O blog do Casal Mistério vai voltar dentro de umas horas com a previsão actualizada do estado do tempo e mais sugestões gastronómicas para o seu fim-de-semana. 

 

Então, até logo se Deus quiser. E um abraço ao Anthímio de Azevedo, onde quer que ele esteja,

Ele

o presente ideal para o dia do pai (escolhido por um pai)

Vamos lá falar de coisas realmente importantes. Sabe que dia é hoje? Exactamente, 10 de Março? Sabe o que é que se celebra este mês? Não, não estou a falar da Quaresma... Ok, eu refaço a pergunta: sabe o que é que se celebra para a semana? Ainda não chegou lá? Na próxima quarta-feira?... 19 de Março?... Com a breca, é o Dia do Pai, minhas senhoras com os filhos ainda em idade de não terem disponibilidade financeira para comprarem um presente. É provavelmente uma das datas mais importantes do ano - a única que, na falta de um Dia Internacional do Homem, é dedicada a todas as pessoas deste Mundo que podem ter barba. Por amor da Santa, falta pouco mais de uma semana e já quase não há tempo para comprar um presente decente para quem dedica toda a sua vida a tratar dos filhos, da mulher, da cozinha, da roupa suja, das limpezas, de fazer as camas (sim, isto mudou um bocadinho nos últimos anos) e de todos os trabalhos de jardinagem e de bricolage que nos foram atribuídos à nascença, como se todos os homens viessem ao mundo com uma habilidade congénita para trocar caixilhos de lâmpadas e fazer buracos com o Black&Decker nas paredes.

E é para as alertar para a tremenda importância do dia 19 de Março que eu estou aqui hoje. Não precisam de ir passear para o Chiado à procura de um presente qualquer (até porque costumam voltar com quatro sacos com vestidos e sapatos para vocês e um par de meias para nós). Basta sentarem-se à frente desse computador e digitarem "comprar ginebra" e todo um maravilhoso mundo de consumo se abrirá à vossa frente. Sem precisarem de se meter no carro, sem precisarem de procurar estacionamento e sem precisarem também de voltar com os tais quatro sacos de vestidos e sapatos novos. Aqui o processo é simples: escolhem se preferem comprar gins, águas tónicas, especiarias ou todo um mundo de acessórios, encomendam, pagam por cartão de crédito, pay pal ou transferência bancária e, no máximo, 72 horas depois têm a encomenda em casa. Os preços são bastante mais baratos do que aqueles que encontra em Portugal, mas os custos de envio são carotes. Por isso, quanto mais comprar, mais barato fica - a partir de 79 euros em compras, não paga custos de envio.

Se precisar de ajuda para a guiar por este mundo do gin, estou cá para ajudar.

 

Há uma imensidão de óptimas marcas de gin em saldos:

Gin Bulldog (inspirado em Winston Churchill) por €19,95, no Jumbo custa €28,99;

Gin Martin Millers por €20,50, no Jumbo custa €28,90;

Gin Nordés por €26,50, no Jumbo custa €37,49;

Gin Mombassa Club com a oferta de um copo em balão por €27,95, no Jumbo custa €32,89 sem o copo;

Gin London nº 1 por €29,56, no Jumbo custa €37,38;

Gin G'Vine por €32,50, no Jumbo custa €38,79;

Gin Mare com quatro garrafas de Fever Tree Mediterranean e dois raminhos de rosmaninho por €36,95, no Jumbo só a garrafa de Gin Mare custa €35,00 e o pack de quatro garrafas de Fever Tree €6,49.

E há vários acessórios que qualquer pai gostaria de ter na cozinha, já que passa lá tanto tempo:

Couvetes para fazer gigantes bolas de gelo que podem levar frutas, ervas ou especiarias lá dentro (€7,95);

Um shaker transparente fashion (€8,95);

Um kit completo com dois copos de balão, uma colher torcida, um coador para cocktails, uma medida e dois gins miniatura (€32,94).

 

Se quer saber a minha opinião, eu voto na couvete para fazer as bolas de gelo gigantes, numa garrafa de Mombassa Club e numa caixa de quatro águas tónicas Fever Tree Indian. Por esta ordem.

 

Boa compras para si, onde quer que esteja,

Ele

 

P.S: Este post não se dirigia a ninguém em específico, muito menos a alguém que viva nesta casa e ainda não se tenha lembrado que daqui a uma semana vai precisar de comprar um presente de Dia do Pai.

alerta: 50% de desconto nos melhores spas do algarve

A Algarve Spa Week está de volta entre os dias 15 e 23 de Março, naquela que é já a 5ª edição do evento. E o que é a Algarve Spa Week? Eu explico: entre o próximo sábado e o domingo da semana seguinte, os spas dos melhores hotéis de cinco estrelas do Algarve oferecem um desconto de 50% sobre todos os tratamentos. 50%? Metade do preço? Sim! Em todos os tratamentos? Sim, todos! E este ano, pela primeira vez, os spas participantes promovem várias iniciativas subordinadas ao tema da nutrição através de palestras, workshops, entre outros. Pegue já no telefone e marque a sua massagem!

Aqui fica a lista dos spas participantes deste ano:

- Almond Tree Spa no Crowne Plaza

- Angsana Spa by Banyan Tree no Tivoli Marina Vilamoura

- Atlantic Spa no São Rafael Atlantic Hotel

- Bela Vista Spa by L’Occitane no Bela Vista Hotel & Spa

- Elements Spa by Banyan Tree no Tivoli Victoria

- Lisvaýa Spa no Vale D’Oliveiras Quinta Resort & Spa

- Real Spa Thalasso Santa Eulália no Grande Real Santa Eulália Resort e Real Spa Marina no Real Marina Hotel

- Sayanna Wellness no Epic Sana Algarve

- 7 Seven Spa no Hilton Vilamoura

- The Spa by Blue & Green no Lake Spa Resort

- Kasbah Spa no Vila Monte

Boas massagens,

Ela

 

8 restaurantes do porto que vale mesmo a pena aproveitar na restaurant week

Ontem foi dia de Lisboa, hoje é dia de Porto. O resultado é o mesmo: oito restaurantes fantásticos onde vale mesmo a pena ir durante a Restaurant Week (despache-se: só tem até dia 9) e comer óptimas refeições (entrada, prato principal e sobremesa) por apenas 20 euros por pessoa (bebidas, claro está, são à parte). Nós seleccionámos oito restaurantes e oito menus (e não vou fazer mais parêntesis). Se quiser ver todos os restaurantes e todos os menus disponíveis, clique aqui. Feito o intróito, vamos ao que interessa. E, neste blog, o que interessa é comer. 

 

Porto 

Book (almoço e jantar)

Creme de azeitona preta com três texturas e azeite de trufa

Folhado de arroz de pato s/ cama de legumes salteados e redução de vinho do porto 

Strudell de frutos vermelhos com molho de hortelã e lima

 

De Castro Gaia (só jantar)

Bacalhau fumado com vinagreta de tomate seco

Carrilheira de porco em vinhos do Douro e cominhos

Bolo de chocolate com zabaglione de Porto

 

D'Oliva Matosinhos (almoço e jantar)

Carpaccio de polvo

Lombo de porco ibérico em crosta de ervas, batata dauphinois e legumes

Fondant de chocolate com gelado de tangerina, frutos vermelhos e hortelã

 

DOP (só almoço)

Sopa de peixe 

Perna de pato confitada com puré de trufa e espargos

Irish coffee em sobremesa acompanhado de gelado de caramelo

 

Egoísta (só jantar)

Salada de lagosta e manga regada com vinagrete de ervas aromáticas e tosta de caril

Posta de vitela mirandesa com batata anna e mini de legumes salteados

Suspiro de framboesas e mousse de chocolate negro com redução de vinho do Porto

 

Góshò (almoço e jantar)

Misoshiru – sopa de miso com tofu, algas, wakame e cebolinho

Sushi to sashimi Portugal week especial – 8 fatias de peixe, 1 makimono e 1 makimono dragon

Cheesecake de matcha – cheesecake de forno de chá verde

 

Palatium (almoço e jantar)

Ninho de kataifi crocante com cogumelo portobello gratinado e alheira, ligeiramente envolvido em queijo de ovelha derretido

Lombinho de porco recheado com alperces em crosta de sésamo, bolo de milhos fritos com grelos salteados e redução de vinho do Porto

Trilogia de sobremesas para o almoço ou buffet de sobremesas ao jantar

 

Portucale (almoço e jantar)

Aveludado de ervilhas, alheira perfumada com tomilho e fofo de nata

Rosbife com o nosso molho de cogumelos e batata palha

Sopa de frutos vermelhos com sorvete de lima

 

E agora corra para o site da Restaurant Week porque as reservas estão a acabar.

 

Um abraço para si, onde quer que esteja,

Ele

8 restaurantes de lisboa que vale mesmo a pena aproveitar na restaurant week

Entrámos na semana de férias da balança. São 11 dias de preparação física intensiva dos maxilares. Há quem lhe chame descalabro alimentar, eu prefiro chamar-lhe simplesmente Restaurant Week, o que, em português, se pode traduzir para: vamos almoçar e jantar fora todos os dias que preços destes não voltamos a encontrar tão cedo em sítios tão bons. Ok, se calhar todos os dias, é capaz de ser exagero. E porque não o queremos transformar num Fernando Mendes disfarçado de português civilizado, seleccionámos só 16 restaurantes que deve visitar. Hoje publicamos as nossas oito sugestões para Lisboa, amanhã faremos oito para o Porto, o que dá para lhe ocupar oito dias de almoços, jantares e alguns quilómetros de auto-estradas.

Já sabe como é que a coisa funciona, não é? Por 20 euros por pessoa (19 para o restaurante e 1 para uma instituição de solidariedade social) pode comer uma refeição inteira (entrada, prato e sobremesa) em alguns dos melhores restaurantes do País. As bebidas são à parte. Em muitos destes restaurantes, tem mais do que uma opção de menu, mas nós seleccionámos aquela que preferimos, para não transformar este post num discurso do Cavaco Silva. Se quiser saber quais são os outros pratos disponíveis e os outros restaurantes que aderiram à iniciativa (há restaurantes de todo o país), vá aqui. Se não tiver paciência para isso, veja as nossas sugestões. Vamos lá abrir o apetite:

 

Lisboa

1300 Taberna (almoço e jantar)

Cesto de pão taberneiro com pão de cerveja preta, focaccia, pão de tomate com azeite e manteiga aromatizada

Salada de rosbife, crumble do nosso pão breu e lascas de queijo da ilha com nove meses de cura

A nossa visão do bacalhau à Brás

O Irish Coffee numa sobremesa: brulée de café expresso, gelado de whisky, natas baunilhadas

 

Assinatura (almoço e jantar)

Ravioli de queijo de cabra com pinhões e molho de carne

Bife à Portuguesa na nossa versão

Pudim abade priscos com sorvete de tangerina

 

Brasserie Flo (só jantar)

Sopa de cebola gratinada

Tártaro de novilho Flo Lisboa com batata frita e salada verde

Religieuse de avelã com molho de chocolate

 

Faz Figura (almoço e jantar)

O couvert custa mais €2,50

Ninho da codorniz (alheira, maçã, compota de cebola roxa, ovo de codorniz)

Magret de pato com molho de manga e coco e risotto de caril e açafrão

Petit gateau de chocolate branco com espuma de café e rum

 

Largo (só ao almoço)

Salmão curado com figo seco

Carrilheira de porco ibérico com ensopado de grão e cogumelos do campo

Parfait de amêndoa

 

Meson Andaluz (almoço e jantar)

Ovos rotos com virutas de jamón e trufa

Lombo de bacalhau fresco sobre migas de berbigão

Leite creme com framboesas

 

Pedro e o Lobo (almoço e jantar)

Barriga de porco, miso & chouriço

Bochechas de porco, alfarroba, figos, amêndoa & laranja

Farófias & leite cremoso

 

Spazio Buondi/Nobre (almoço e jantar)

Sopa de santola

Lombinho de peixe porco em crosta de amêndoas e jardineira de camarão

Parfait de amêndoas com creme de baunilha

 

Agora, diga lá: apetece, não apetece? Então, o que é que ainda está aí a fazer, especado à frente do computador?

 

Uma boa semana gastronómica para si, onde quer que esteja,

Ele

a oportunidade da semana: seis garrafas de vinho pelo preço de cinco

Mais uma oportunidade da semana e mais dois vinhos óptimos com descontos simpáticos. Meta-se no carro, arranque a alta velocidade e pare com um pião à frente do Minipreço mais próximo (se calhar, é melhor não fazer graças destas para não receber um telefonema do Manuel João Ramos e dos outros cidadãos automobilizados). Vá directamente à prateleira dos vinhos e confirme: seis garrafas de Cabeça de Toiro Reserva 2010 pelo preço de cinco e seis garrafas de Duas Quintas pelo preço de cinco. No primeiro caso, cada garrafa sai-lhe por 4,16 euros em vez de 4,99; no segundo, sai-lhe por 7,49 euros em vez de 8,99. Não é ao preço da chuva, mas são bons descontos e óptimos vinhos. O Duas Quintas é mais conhecido, mas o Cabeça de Toiro é uma compra fantástica a um preço muito razoável. Vencedor de uma medalha de ouro no Challenge International du Vin, em França, já ganhou outros prémios internacionais que não vale a pena estar aqui a dizer para não tornar este blog na versão digital da Revista de Vinhos.

Um bom-fim-de-semana vinícola para si, onde quer que esteja,

Ele