Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

5 smoothies com gengibre para uma semana de dieta

Eu sei que estou ligeiramente obcecada por gengibre mas desde que descobri os benefícios desta exótica raiz que não quero outra coisa para me ajudar na minha longa e dolorosa dieta. Além de prevenir uma série de doenças, é anti-inflamatório e antioxidante, mas mais importante ainda: acelera o metabolismo. Não pense que estou a falar daquele gengibre de conserva horroroso que costuma vir nos pratos nos restaurantes japoneses. Nãaaaao! Falo de gengibre fresco cujo sabor nada tem a ver com aquela… coisa.

Como estou empenhada na minha eterna dieta, resolvi pesquisar por essa internet fora smoothies que contenham gengibre para ir experimentando ao longo da semana e aqui fica o meu top 5.

 

Smoothie de Gengibre e Beterraba 

1 (1).jpg

É quase um crime beber este smoothie do blog Eat This. É lindo de morrer. Leva meia beterraba fresca, meia romã, 1 cenoura, 2 laranjas, 3 tâmaras secas, 1 cm de gengibre, 150 ml de água fria e 4 cubos de gelo, e dá para dois smoothies grandes. Descasque a beterraba e corte-a em pedaços. Retire as sementes de romã da casca. Depois corte a cenoura aos bocados, descasque a laranja e o gengibre. Misture tudo no liquidificador e delicie-se.

 

 

sopa verde alcalina e detox (socorro, não me reconheço!)

Pronto. O mundo está perdido. Quando começo a usar termos como “alcalina” e “detox” no meu dia-a-dia, sinto-me uma nova mulher. Por enquanto, só me sinto, quando aparecerem os resultados, espero acordar mesmo uma verdadeira top model. Pois é. Continuo com a saga da minha dieta dos 2 dias. Se o primeiro dia de jejum foi um suplício (sim, morri de fome e enchi-me de água, chás e cafés o dia inteiro… mas sobrevivi), os outros dias em que só posso comer 2000 calorias são mais suportáveis, mas igualmente deprimentes. Neste momento, bolos, chocolates, um copo de vinho ou um simples croquete são miragens na minha vida. Agora só penso em bifes de frango grelhados, saladas e sopas sem batata.

Para animar ainda mais a minha dieta decidi fazer esta sopa verde que descobri no blog DetoxDiy. É que, além de ser detox, é alcalina. E o que é que isso significa? Ah, pois é. Também há uma dieta alcalina que, como o próprio nome indica, defende a adoção de uma alimentação com base no PH dos alimentos, neste caso com PH alcalino. Os defensores desta dieta acreditam que a ingestão de alimentos com PH alcalino é mais saudável para o organismo já que o meio ácido é mais suscetível ao aparecimento de doenças, como cancro, artrite, osteoporose, entre outras. E eu estou naquela fase em que quero acreditar em todos os milagres… Nesta dieta, são proibidos o álcool, o açúcar, a carne, os lacticínios, o café, o sal, entre outros. Parece que são demasiado ácidos e tóxicos para o organismo. Já tudo quanto é verde é bom (e maçador também): legumes frescos da época, sementes, frutos secos, abacate, azeite, óleo de coco, ervas aromáticas, especiarias e chás.

alkalizingsoup (1).jpg

 

 

como tornar todas as refeições saudáveis sem entrar em dietas radicais

Butternut-Squash-Ginger-Turmeric-Soup-1.jpg

A minha querida Mulher Mistério entrou hoje na sua 42ª dieta – e só estou a considerar as dietas que duraram mais de 24 horas. Já a tentei convencer várias vezes a trocar as promissoras dietas por pequenas alterações permanentes na sua vida alimentar – podem não a fazer emagrecer dez quilos em três semanas, mas acabam por ter melhores resultados a longo prazo. 

Ela acha que não. Agora vai tentar a Dieta dos 2 dias para recuperar das loucuras do Natal. Eu cá prefiro optar pelos conselhos da nutricionista britânica Rhiannon Lambert, especializada em controlo de peso, que já trabalhou com várias figuras públicas internacionais e que acabou de lançar o livro Re-nutrir: uma maneira simples de comer bem.

Rhiannon acha que a melhor maneira de alguém recuperar o peso e não engordar é seguir uma fórmula simples que não exige andar permanentemente com um contador de calorias atrás.

 

 

ano novo, sacrifício novo! socorro, vou começar a dieta dos 2 dias (desejem-me sorte!)

Depois de ter experimentado variadíssimas dietas com resultados desastrosos (por minha culpa, eu sei, a minha força de vontade atingiu níveis negativos nos últimos tempos), houve uma que só experimentei durante 3 dias e que senti que de facto poderia funcionar comigo, porque até emagreci qualquer coisinha: falo do jejum intermitente. Lembra-se? Relatei aqui a minha experiência. Os seus seguidores defendem que, mais do que uma dieta, o jejum intermitente é um estilo de vida.

A dieta dos 2 Dias, também conhecida como a dieta 5:2, consiste em “comer cinco dias e jejuar dois”, sendo por isso também chamada a dieta do jejum intermitente.

flat-lay-2583212_960_720.jpg

 

 

smoothie detox de laranja com gengibre: tudo o que preciso hoje para limpar os excessos do natal (e só tem 87 calorias)

Estou tãaaaaao cheia! Não aguento mais comer! Serei a única pessoa que se sente a rebentar? Acho mesmo que estou prestes a explodir. Estou a precisar de alguma coisa para limpar o organismo e desintoxicar de vez o meu rico corpinho. Este Natal foi, para variar, uma loucura gastronómica, por isso, entrei em dieta rigorosa. Sim, outra vez. Pelo menos até ao fim do ano. Depois, em 2018, recomeço. É a história da minha vida…

Este espetacular sumo detox que descobri no blog The Endless Meal é tudo o que preciso hoje: é delicioso, saudável, só tem 87 calorias e fica pronto em 5 minutos. Imagine um aspirador a limpar toda essa barriga cheia de restos de peru, bacalhau, bolo-rei, sonhos e rabanadas… É, não é? Estamos todos a precisar deste milagre.

Só vou precisar de laranjas descascadas e cortadas em quartos, uma cenoura picada, um bocado de gengibre sem pele com cerca de 2,5 cm, açafrão e uma pitada de pimenta preta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 smoothies, espreite aqui a receita original.

Winter-Detox-Orange-Ginger-Turmeric-Smoothie-680-2.jpg

 

limonada de chá verde com cubos de gelo de hortelã, a bebida detox que me vai salvar

Nada como uma bebida original, fresca e saudável para me afastar dos maus caminhos. Do caminho da perdição e da desgraça como uma sangria ou um copo de vinho branco (ou dois ou três). Do caminho da bela da mini com uns caracóis e uns tremoços, enfim, de todos os caminhos que inevitavelmente percorro e que me desviam deste calvário que é a minha dieta.

Esta espetacular receita do blog Playful Cooking é ideal para fazer agora, durante o verão, e ir bebendo ao longo do dia. Pode tomar logo de manhã, ao pequeno-almoço, ou em vez da habitual sangria enquanto se delicia com o pôr do sol. Não se esqueça de que o chá verde é um dos melhores aliados de qualquer dieta, tal como uma limonada (sem açúcar, claro!). Por isso, esta receita é basicamente um dois em um.

Só precisa de folhas de hortelã frescas, gengibre e água para os cubos de hortelã. Para a limonada propriamente dita, precisa de limões, saquinhos de chá verde, água, mel, mais folhas de hortelã frescas e algumas rodelas de limão.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_1262-683x1024.jpg

 

 

smoothie tão, mas tão, verde que além de detox, é saudável, vegan e até rejuvenesce

Não. Juro que ainda não aderi à moda dos sumos e smoothies detox. Mas a minha filha adolescente está a enlouquecer-me com essa mania. Consegue ser pior do que eu porque alterna as suas refeições entre um sumo detox e um menu Big Mac. Enfim, não a posso condenar, afinal está-lhe nos genes… Mas hoje vou fazer-lhe uma surpresa. O que uma mãe não faz por uma filha? Vou preparar-lhe este smoothie que descobri no fantástico blog The Awesome Green. Demora só 5 minutos a fazer, também não custa nada, não é verdade? E está carregadinho de fibras e sais minerais, por isso, além de ajudar a fazer a digestão, garante a autora da receita, faz bem à pele e melhora o humor. Isso é música para os ouvidos de uma mãe de uma adolescente incompreendida. E, desta vez, nem preciso do meu querido Marido Mistério para nada porque é tão fácil de fazer que até eu consigo preparar so-zi-nha!

Green-Smoothie-Bowl-1.jpg

 

 

8 alimentos para começar a comer de forma saudável

Ano novo, promessas velhas. Comigo, já se sabe, é assim. E qual é a minha resolução de ano novo? A mesma do ano passado, de há dois anos, de há três anos, a do costume: fazer dieta. Mas desta é que vai ser. Nem os risinhos trocistas da minha querida Família Mistério me vão demover. Estou motivada. E vou entrar em 2017 a emagrecer como a Olívia Palito.

Para começar, encontrei um fantástico artigo na revista Women's Health com os 8 alimentos que podem apagar as loucuras de um dia de comida pouco saudável. Como eu já venho de vários dias de loucuras do Natal, Ano Novo e vários jantares que o meu querido Marido Mistério insiste em fazer, acho que vou precisar de passar janeiro inteiro só a comer isto.

 

Salmão Selvagem 

01-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

Um estudo recente da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, (UCLA), concluiu que os alimentos ricos em DHA, um ácido gordo ómega-3, podem ajudar a reduzir os efeitos provocados pelo excesso de frutose no organismo (saiba mais aqui). E o salmão selvagem está no topo da lista das comidas com mais DHA: tem entre 10 a 100 vezes mais este ácido do que vegetais, cereais ou frutos secos.

 

 

sumo detox de beterraba e toranja para recuperar das loucuras do natal

Quem já teve coragem de voltar a subir a uma balança depois do fim-de-semana do Natal? Confesso que, no meu caso, não foi falta de coragem, foi mesmo uma fatalidade. A minha balança deixou de funcionar há um tempo… Acho que entrou em choque anafilático depois do nosso último contacto. Bem, há males que vêm por bem. Deus sabe o que faz. Se é para darmos um tempo, damos um tempo. Estou resignada. Ainda receei que o meu querido Marido Mistério me oferecesse uma balança nova no Natal, mas Ele teve medo, e bem, de levar com a balança na cabeça…

Mas, pelo sim, pelo não, vou limpar o organismo esta semana, porque vem aí o Ano Novo e nem o meu corpinho aguenta tantos excessos! Por isso, hoje vou fazer esta receita do blog With Food And Love para me sentir melhor. E vou fazer um chá de equinácea e juntar ao sumo para não ficar doente.

grapefruit-green-juice-2-768x512.jpg

 

 

 

o que comer depois dos excessos do natal: smoothie de batata doce

O Natal acabou, o inferno recomeçou. Não, juro que não me vou queixar mas estou de dieta outra vez – pelo menos, até à Passagem de Ano. Porque é que, nestas épocas, estrago sempre tudo? Porque é que o meu esforço é sempre inglório? Porque não consigo resistir a uma mesa cheia de coisas boas. É a mais pura das verdades. Não há nada a fazer. Para o ano, enfio-me num convento durante todo o Natal a rezar. Pelo menos, em clausura, não cedo a tentações. Dizem que uma dieta à base de líquidos é super eficaz. Por isso, hoje fiz este mega smoothie do fantástico blog Foodess e não como mais nada o resto do dia. Não é propriamente detox porque não tem couves nem coisas verdes mas ao menos tem dois ingredientes que eu adoro: banana e batata doce.

Sweet-Potato-Smoothie.jpg

 

sumo de lima e pepino com stevia, a melhor maneira de recomeçar a dieta

Setembro para mim é sempre sinónimo de mais uma promessa, de um recomeço, de vida nova. É sempre aquele mês em que fico cheia de remorsos dos excessos das férias e repito para mim própria: "Agora começo a dieta... outra vez!". É fim de verão e está na hora de desintoxicar o organismo. Como? Como diriam os Xutos & Pontapés, à minha maneira: com um belo sumo de lima e pepino sem álcool!

É ou não uma espécie de sumo detox sem parecer aquela gosma verde que me dá voltas ao estômago? Não acredita? Então espreite a receita que descobri no maravilhoso blog My Bueno Cookbook. Tem legumes, tem fruta, tem ervas aromáticas, não tem álcool e ainda vou pôr adoçante em vez de açúcar. Pode fazer um jarro inteiro ou uma dose individual.

 

gin com toranja e tomilho-limão, um cocktail detox para animar o seu verão

Juntar as palavras gin e detox na mesma frase é tão improvável como sentar Hillary Clinton e Donald Trump na mesma mesa. E no entanto... 

...No entanto, a respeitadíssima revista Bon Appétit fez o favor de partilhar com a Humanidade aquela que se apresenta como a primeira receita de um cocktail de gin detox (ou ligeiramente detox). Admito que possa achar tudo isto muito estranho (eu próprio acho), mas depois de acabar de beber o primeiro copo aposto que tudo lhe vai parecer possível.

Segundo a Bon Appétit (que, depois desta receita, entrou direitinha para a minha lista de paixões literárias), a toranja faz disparar os níveis de vitamina C, potássio e antioxidantes deste cocktail. E é exactamente aqui que entra a palavra detox: os citrinos "são uma óptima maneira de libertar um pouco de água a mais no seu organismo – por isso pode fazer (um pouco de) detox enquanto bebe".

COCKTAIL-2.jpg

 

 

limonada de maçã e pepino, o meu lanche detox inspirado no livro da martha stewart

Hoje estou a sentir-me inspirada. “Faça um reset à sua saúde, um detox ao seu corpo e sinta-se no seu melhor”, resume bem o livro de cozinha Clean Slate, da Martha Stewart, que descobri graças ao blog Pure Ella, e que poderá vir a ser a minha próxima bíblia por uns tempos. As receitas dão prioridade aos legumes sem ser uma dieta vegan. Pode comer-se ovos e peixe, por exemplo, porque a ideia é limpar o organismo, ter uma alimentação saudável e emagrecer (espero eu!).

Por isso, vou começar pelo básico. Uma limonada detox super simples para iniciar o meu processo de limpeza (estou tão zen, adoro estes novos conceitos que agora fazem parte do meu dicionário!). Se eu deixasse fotografar o interior do meu organismo, só mesmo de esfregona e aspirador… com tanta porcaria que eu ingeri nos últimos meses, vão ser precisos vários sumos destes para me limpar o corpo e a alma.

Pure-Ella-Clean-Slate-Martha-Stewart-Apple-Cucumbe

 

bolachas detox de chocolate preto com sementes e frutos secos, o meu mais recente vício

Quando uma alma iluminada junta na mesma receita a palavra chocolate e a palavra detox, eu acendo uma velinha à Nossa Senhora dos Famintos e digo “Aleluia Irmãos!”. Que maravilha de receita! Obrigada ao blog The View From Great Island por ter mudado a minha vida. Se é detox é saudável, certo? Se é saudável posso comer, não é? Obviamente. Só vou precisar de chocolate preto (quanto maior a percentagem de cacau melhor!) e vários frutos secos e sementes diversas. Se quiser saber as quantidades certas para fazer 24 bolachas espreite aqui a receita original.

dark-chocolate-detox-bites-10.jpg

 

sumo detox de beterraba e toranja, uma ótima maneira de começar o dia

Hoje em dia, uma dieta sem sumos detox é quase mais criminoso do que muamba sem jindungo ou futebol sem golos. Não dá. É praticamente um pecado capital. O pior é que não consigo engolir aquelas gosmas verdes. Não vale a pena. Os ferverosos adeptos dos sumos detox que me desculpem, mas não consigo. Agora quando os verdes passam despercebidos, e a cor é outra, a conversa também já é outra! É o caso desta magnífica receita do blog With Food and Love: um sumo detox de beterraba e toranja.

beet-and-grapefruit-green-juice-2.jpg