Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o melhor presente de dia do pai está aqui: 2 noites para 4 pessoas no vitória stone hotel em évora

10389130_299004080267313_4409268722962943922_n.jpg

Calma, meu querido Marido Mistério, este é o melhor presente de Dia do Pai do ano, mas ainda não é o teu (que está quase, quase, quase a chegar...). Este é o fantástico presente que temos para dar aos nossos ainda mais fantásticos leitores – os maravilhosos pais que lêem o blog ou os também maravilhosos filhos que querem dar um presente especial ao seu pai.

Durante uma semana, convidámos os leitores a concorrerem para ganharem um fim-de-semana em família no espetacular Vitória Stone Hotel, em Évora. No total, recebemos mais de 3.500 participações. Pais, filhos, primos, tios – toda a gente quis ir passar um fim-de-semana de sonho com o Casal Mistério.

 

 

3 mousses de chocolate só com 3 ingredientes para fazer uma surpresa saudável ao seu pai

mousse chocolate com banana 2.jpg

Já estou mesmo a ver a conversa.

Domingo, 19 de Março, 11h. Manhã de sol, temperatura a rondar os 22º C. 

– Querido, doce, fofura do meu coração, vou ali num instante com as crianças tratar de um assunto.

– O quê?

– Nada de especial, é rápido.

– Mas não vão comprar o presente de Dia do Pai à pressa, pois não? Não vale a pena...

– Nãaaaaao, que disparate! O que seria?! Por quem me tomas?!

Duas horas depois, um presente aparece misteriosamente na sala.

– Bom Dia do Pai! Tínhamo-nos esquecido de te dar o presente antes! Está comprado há séculos!

Talão de compra: 19 de Março de 2017.

Eu sei, não me posso queixar, a minha querida e prezada Mulher Mistério tem infinitas qualidades, mas a sua capacidade de antecipação na compra de presentes não é uma delas. Por isso, se está no grupo de filhas, filhos, mães, mulheres ou amantes que deixam o Presente de Dia do Pai para a última hora, este texto é para si. Em vez de ir a correr para o shopping num domingo de manhã, tenho aqui três fabulosas receitas de mousse de chocolate que pode fazer em poucos minutos. Evita as filas no centro comercial e faz-lhe uma surpresa original. Além disso, dá para começar a tratar de tudo no domingo de manhã, à última hora, como as mulheres tanto gostam de fazer.

Estas deliciosas receitas só com três ingredientes estão todas publicadas no livro do Casal Mistério, esse verdadeiro marco da literatura moderna que já vai na 4ª edição.

 

quer uma surpresa original para o dia do pai? 5 brunches espetaculares para ir em família (entre €6 e €25)

17022169_1931434537075551_6520839167810554638_n.jp

Este ano o Dia do Pai calha a um domingo (que bom!) e já se sabe, domingo para a Família Mistério é sinónimo de brunch. Confesse lá: há melhor programa do que celebrar em família uma data tão especial do que à volta de uma mesa recheada de tentações deliciosas, sem pressas? Bem me parecia. Por isso aqui ficam cinco sugestões de brunchs para o Dia do Pai: 2 no Porto e 3 em Lisboa.

 

o presente ideal para o dia do pai: temos para oferecer duas noites grátis para 4 pessoas no vitória stone hotel em évora

Vitoria_Stone_Hotel-Piscina-0021.jpg

O Dia do Pai aproxima-se perigosamente e não faz ideia do que é que vai dar? Não se preocupe, este casal seu amigo está aqui para ajudar! Juntámo-nos ao fantástico Vitória Stone Hotel, em Évora, para lhe oferecer, não uma mas duas noites de sonho num dos espaços mais encantadores daquela que é a minha cidade preferida no Alentejo.

 

salmão com lima e alho, um jantar rápido e saudável

São cinco e meia da tarde e ainda não fez nenhuma surpresa ao seu pai? Teve uma semana difícil e deixou tudo para a última hora? Está desesperado e não quer meter-se num shopping para comprar um presente à pressa? Tenho a solução para os seus problemas. Convide-o para jantar em sua casa e prepare esta fantástica receita do blog Food 52. É fácil, rápida, deliciosa e faz uma vistaça. Só precisa de um bom lombo de salmão, azeite, uma lima (o sumo e as raspas), dois dentes de alho picados, um pimento jalapeño, sal e pimenta preta. Se quiser saber as quantidades certas destes ingredientes, para 6 a 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

salmao.jpg

 

 

frittata de courgette e ricotta, a surpresa light e deliciosa dos nossos filhos para o dia do pai

Hoje as crianças foram para a cozinha bem cedo preparar um pequeno-almoço especial para fazer uma surpresa ao pai. Combinámos, na véspera, um encontro secreto logo de manhã e eu limitei-me a orientar enquanto escrevia este post. Foram eles que trataram de tudo: enquanto uns espremiam laranjas para fazer sumo, e outros preparavam um capuccino e faziam torradas, o nosso filho com talento para a cozinha escolheu esta receita deliciosa que eu encontrei no blog My Purple Spoon para o meu querido Marido Mistério babar de orgulho.

E porque é que eu adoro esta receita? Porque tem apenas 89 calorias. Leu bem. 89 calorias. Não é maravilhoso? Ele só precisou de uma courgette grande ralada, queijo de cabra macio, um ovo, sal, cebola e alho em pó, e pimenta. Se quiser saber as quantidades certas destes ingredientes para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Baked-Zucchini-Fritters3.jpg

 

 

extra! extra! o casal mistério e a schweppes vão oferecer uma degustação de gins em casa para o dia do pai

Schweppes 19-02 MBFW Madrid NatIbarra Comp18302A13

Não sei bem se já percebeu, mas falta uma semana para o Dia do Pai. Uma única e curtíssima semana... E como nós desconfiamos que haja por aí muito filho a preparar-se para comprar um presentinho de última hora, na Loja dos Trezentos, resolvemos tratar do assunto por si. O Casal Mistério, esse mesmo que está aqui à sua frente, juntou-se com a Schweppes, essa mesmo das óptimas águas tónicas premium, para organizar a melhor surpresa que algum filho pode oferecer ao pai: uma degustação de gins em casa. Isso mesmo. Sentadinho no sofá, com a família ou um grupo de amigos à volta, o seu pai terá um barman da Schweppes, especializado em gins, para lhe tratar das bebidas e o ensinar a servir um gin tónico à séria.

 

os presentes mais originais para oferecer neste dia do pai

Captura de ecrã 2016-03-03, às 21.00.07.png

Acabaram-se as canecas a dizer "O melhor pai do mundo", o par de meias habitual ou o cabide para as gravatas. Este ano quero originalidade e utilidade. Quem conseguir juntar estas duas características no mesmo presente leva para casa uma caneca a dizer "O melhor filho do mundo" (estou a brincar, não leva nada porque não faz mais do que a sua obrigação).

No entanto, estou profundamente preocupado. Ainda não vi qualquer movimentação caseira em direcção a qualquer tipo de presente – nem original, nem sem ser original. Nada. E Ela continua a assobiar para o tecto como se ainda não tivesse percebido que faltam apenas 15 míseros dias para essa data emblemática. Por isso, resolvi fazer o trabalho de casa pelo resto da família e juntar quatro presentes que qualquer pai gostaria de receber. 

61oSAT7KQkL._SL1001_.jpg

 

 

uma sobremesa light para o jantar do dia do pai: húmus de mousse de chocolate

Tenho uma confissão a fazer. E não pensem que é uma graçola qualquer. O assunto é sério. Não sei o que é que se passa comigo. Ando estranho. E esta noite aconteceu o inevitável: sonhei com o Júlio Isidro

Acha grave? Então prepare-se porque isto não acaba aqui. Quando estava a tomar o meu duche matinal (hoje foi dia de banho!), comecei inopinadamente a cantar o Umbadá. E acabei enrolado na toalha a dançar o É o Bicho. Por isso, antes que acabe a escrever este post no sotaque espanhol do Vasco Lourinho, tenho de fazer qualquer coisa urgente para liquidar esta crise de meia idade que se abateu sobre mim neste Dia do Pai. Preciso de um doce para me sentir jovem de novo a pedalar uma bicicleta enquanto assobio o Verão Azul.

O problema é que sempre que eu pronuncio a palavra doce nesta casa arregalam-se sobre mim dois gigantescos olhos verdes a quererem saltar das órbitas de raiva. É Ela. Essa Senhora agrilhoou-me a esse inferno que dá pelo nome de dieta. NÃO AGUENTO MAIS! Quero voltar a comer bolos com a mesma voracidade com que o Alf devorava gatos!

E foi no meio desta profunda depressão, originada pelo regresso do grande Júlio Isidro à televisão, que encontrei esta sobremesa do Popsugar: um húmus de mousse de chocolate ideal para o jantar da vasta Família Mistério que vamos ter esta noite cá em casa para comemorar o dia dos pais mais misteriosos do planeta. E ainda tem uma vantagem acrescida: como esta receita só tem 100 calorias e 5 gramas de açúcar por dose, penso que estará enquadrada nos rigorosos padrões de exigência da minha tirana Mulher Mistério.

560d00a05110f713_chocolate-hummus.jpg.xxxlarge_2x

Ingredientes

  • 1/4 de chávena de amêndoas cruas sem sal
  • 5 tâmaras sem caroço
  • 425 g de grão de bico de lata lavado
  • 1/4 de chávena de cacau amargo
  • 2 colheres de chá de xarope de ácer
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • 1/4 de colher de chá de canela em pó
  • 1/2 chávena de leite de soja com baunilha

 

Coloque as amêndoas num triturador ou na Bimby e ligue no máximo até se transformarem numa manteiga (deve demorar cerca de 5 minutos, dependendo do tipo de triturador que usar). Despeje o resto dos ingredientes e bata tudo até ficar com uma mousse aveludada. Sirva com uns palitos de fruta para ir molhando enquanto enumera todos os elogios que o seu pai tanto merece (no meu caso, são bastantes).

Há sobremesa mais deliciosa para um pai que quer voltar aos anos 80? E ainda por cima light, saudável, dietética, vegan e qualquer outra característica obrigatória de que Ela se lembre à última hora...

 

É Umbadá para todos os pais deste mundo onde quer que eles estejam (especialmente para o Tio Julião),

Ele

 

receita e foto: popsugar

o presente do dia do pai que ele vai adorar receber (e 3 receitas para ele se entreter)

O dia do pai está a aproximar-se perigosamente e eu atingi o grau zero da imaginação. Convoquei uma reunião de emergência com a nossa equipa de futsal e pedi ideias. Resposta em uníssono:

- Oh mãe! Qual é a dúvida? Uma garrafa de gin.

Fiquei muda de vergonha. Qual será a ideia que os nossos queridos filhos fazem do seu dileto progenitor? Que medo! Mas o que é grave é que o conhecem como ninguém. Como passa a vida a queixar-se de que uma boa garrafa de gin é “um balúrdio”, adorei a ideia da nossa prole. E não é que descobri uma ótima notícia?

1_2.jpg

Chegou a Portugal “o melhor gin do mundo”. Chama-se Gilpin's, é uma marca recente mas conquistou no ano passado o título de “Melhor Gin do Mundo”, nos World Drinks Awards 2014, bem como a Medalha de Ouro na competição International Wine&Spirits Awards em 2012. Fui ao site investigar mais sobre este gin que nasceu em 2011, na região de Westmorland, no noroeste de Inglaterra, e que pretende ser uma reinterpretação do icónico London Dry Gin.

Destilado cinco vezes em água de nascente, o Gilpin's é produzido manualmente em pequenos lotes, sendo necessário utilizar oito botânicos para atingir o equilíbrio perfeito: bagas de zimbro, casca de laranja amarga, salva, borago, casca de limão, casca de lima, sementes de coentros e raízes de angélica.

 

 

o presente que eu queria para o dia do pai: umas feriazinhas de páscoa aqui

13879287_1066905623395756_5446946957761607747_n.jp

Isto está a tornar-se ligeiramente constrangedor, mas não me restam muitas alternativas. Faltam cinco míseros dias para o Dia do Pai e eu ainda não vi uma única linha aqui escrita sobre essa data emblemática para a humanidade. Uma única referência. Uma única ideia de presente. Minhas senhoras e meus senhores, estou a ficar ligeiramente desassossegado com este silêncio. São 120 horas. Não há muito tempo para comprar alguma coisa decente. Caprichada. Supimpa, mesmo.

 

a homenagem que faltava para todos os pais: o hilton de lisboa oferece-lhe um jantar grátis no dia do pai

restaurants_n.jpg

Haja quem faça justiça a essa pobre classe de seres peludos, abdómen saliente e roncadura nocturna que dedicou grande parte das suas vidas a empurrar crianças desamparadas em cima de bicicletas com rodinhas, a carregar pequenos petizes às cavalitas ou a contar intermináveis, monótonas e soporíferas histórias de embalar. Sim, estou a falar dessa desprezada classe de seres a que a comunidade decidiu simplesmente chamar "pai". Exacto, essa infeliz classe quase sempre discriminada perante o poder avassalador da sua temível opositora constantemente ovacionada pela opinião pública: a mãe.

 

 

presente de última hora para o dia do pai

Costuma deixar tudo para a última hora? Está a pensar em sair do escritório e passar por um shopping a correr para comprar um presente qualquer para o Dia do Pai? Tenho a solução para os seus problemas. Vá ao blog da Lia Griffith e imprima as mais variadas etiquetas e rótulos com mensagens para o "melhor pai do mundo". Tem rótulos muito giros e originais para garrafas, potes de doce, boiões de bolachas, porta-chaves, etiquetas de todas as formas e feitios, é só escolher. Imprima a que mais lhe agradar, passe pelo supermercado e compre uma boa cola e uma garrafa de vinho ou uma compota, por exemplo. Quando chegar a casa, personalize discretamente a sua compra e vai ver que o seu presente de última hora vai parecer que foi planeado com imenso tempo e carinho. Melhor: vai ser único e original. Aqui ficam alguns exemplos:

 

Feliz Dia do Pai,

Ela

 

jantar do dia do pai: salmão braseado, sashimi de atum e salada de mozzarela com tomate, abacate e azeite de trufas

Cá em casa Dia do Pai é dia do pai na cozinha. Não, não me estou a lamentar, estou só a constatar um facto. Mais vale passar dez minutos à frente do fogão do que três horas enfiado num restaurante a abarrotar com famílias numerosas forçadas a comemorar a data com um jantar fora. É um dia especial? Então prepare um jantar especial. E deixe os restaurantes para o almoço ou para os dias em que os outros 9.999.999 portugueses não têm nada para comemorar.

E quem diz à frente do fogão, diz à frente do balcão, porque hoje em dia cozinhar não implica obrigatoriamente lume, óleo, panelas e milhares de calorias. Hoje juntam-se cá em casa três gerações de pais e quatro gerações de filhos. E como é preciso agradar a bocas dos 5 aos 90 anos, a ementa é saudável. 

 

Aperitivos

Bolas de wasabi torrado envolvidas em amendoins. A nossa marca preferida é a Lorenz e está à venda no Continente por dois euros e pouco a embalagem.

Requeijão de Azeitão do El Corte Inglès.

Broa de milho (não podemos dizer de onde é para não darmos demasiadas pistas sobre quem somos).

 

Entrada

Sashimi de atum. Ai, comida japonesa, isso dá uma trabalheira! Nada disso. É a coisa mais simples de fazer. Compra o lombo de atum (tem de ser numa peixaria da sua confiança, para lhe darem o peixe mais fresco) já arranjado para sashimi: sem espinhas e sem pele. Depois corta às fatias com um dedo mindinho de espessura e dois dedos de altura. Também pode cortar as fatias mais fininhas, mas aí passa a ser carpaccio e deixa de ser sashimi. Coloca o peixe numa travessa e serve com pratinhos de molho de soja e wasabi. Chamem-nos esquisitos, mas cá em casa não gostamos de gengibre – nem sequer do cheiro – por isso é coisa que não passa da porta da rua.

 

Prato principal

Lombos de salmão braseados. Na mesma peixaria onde comprou os lombos de atum, peça também uns lombos de salmão fresco para sashimi (é uma técnica falível, como todas as outras, mas eu acredito que, ao pensarem que vai comer peixe cru, se preocupam em dar-lhe o peixe mais fresco que tiverem). Depois tem duas hipóteses: ou passa com um maçarico (para leite creme, não para soldar as dobradiças da porta) à volta de todo o peixe ou, se só tiver o maçarico para soldar, coloca uma frigideira para grelhar com o lume no máximo e, quando estiver muito quente, coloca o salmão sobre um fio de óleo (o azeite queima a uma temperatura mais baixa e a ideia é que o lume esteja muito forte). Deixa 30 segundos em cada lado, só para marcar o peixe e tira. Eu ponho um pouco de flor de sal por cima, mas pode servir com molho de soja. 

Salada de mozzarela com abacate. Corta uns oito tomates, bem maduros aos cubos – se não conseguir o tomate vindo directamente da horta, aconselho o do Minipreço, que costuma ser óptimo – e junta com dois queijos mozzarela de búfala – olhe que a mozzarela de búfala é bastante melhor do que a mozzarela normal – e dois abacates bem maduros também aos cubos. Tempere tudo com azeite, vinagre balsâmico, flor de sal e um bocadinho de azeite de trufas por cima. Misture e já está.

Sobremesa

É aqui que o saudável vai para o beleléu. Desde os tempos mais remotos que sobremesa do Dia do Pai é Santini. E não é um Santini qualquer. É de avelã, meloa e framboesa, os melhores sabores – e não há discussão, porque hoje o pai é que manda! Se não houver meloa, venha o limão para a Senhora da Dieta não começar já a queixar-se.

Um bom Dia do Pai para si, onde quer que esteja (e espero que não seja num restaurante cheio de gente),

Ele

almoço para o dia do pai: a esplanada do darwin's

Quer uma verdadeira surpresa para o Dia do Pai? Então, finja que não leu este post, vá buscar os miúdos à escola à hora do almoço e leve o Homem a almoçar em família à esplanada do Darwin's, mesmo em cima do rio Tejo, em Lisboa. Isso, sim, é uma surpresa a sério. Nós já lá estivemos. E gostámos.

 

O ambiente

À primeira vista, este restaurante é lindo – o espaço é amplo, arejado e com luz natural a entrar por todos os recantos da sala; a decoração é exuberante sem ser kitsch, é extravagante sem ser pirosa, é colorida sem ser berrante; a clientela é calma, civilizada e fala baixo, o que num espaço todo aberto é fundamental para não transformar um restaurante numa cantina.

À segunda vista, este restaurante é surpreendente  depois de ver todo este ambiente civilizado e sofisticado, este banho de bom gosto e de boa educação, entrei na casa-de-banho e encontrei, ao lado da reluzente torneira e do brilhante lavatório, um copo cheio de palitos. Como?! Depois de desfilarem os seus elegantes fatos cinzentos e as suas discretas gravatas azuis pela sala de jantar, estes senhores enfiam-se na casa-de-banho a palitar os dentes à frente do espelho?

Quando voltei à mesa, percebi finalmente a justificação para um restaurante destes fornecer aos seus clientes palitos iguais aos que usa o empregado do balcão da pastelaria Cristal, na Lapa: entre as dezenas de CEOs, administradores e consultores que frequentam o Darwin’s à hora do almoço, pode encontrar também várias secretárias em discretos tête-a-tête, alguns políticos em secretos tráficos de influências e uns poucos jornalistas em nebulosas buscas de notícias. E sempre é melhor ter um político a palitar os dentes fechado na casa-de-banho do que sentado à mesa.

A ementa

Explicado o fenómeno sociológico dos palitos, vamos ao que interessa: a comida. E essa é uma das grandes vantagens do Darwin’s: a ementa varia consoante a hora do dia, consoante a estação do ano e consoante a vontade das pessoas. É mais leve no Verão, mais barata ao almoço, mais demorada à noite.

Em dias como estes, com um sol de Verão e uma temperatura de Primavera, o que mais apetece é comer um prato leve na magnífica esplanada mesmo em cima do Tejo. E hipóteses não faltam, por exemplo para comemorar amanhã o Dia do Pai: salada de frango com tostas de queijo de cabra, bruschetta de presunto e queijo da Serra com doce de tomate ou tempura de frango com queijo da ilha e mel sobre salada. Já experimentei todos estes pratos e são simplesmente maravilhosos para uma tarde de calor. Depois há também quatro opções de Brás: o tradicional bacalhau com coentros e os mais criativos pato assado com funcho (delicioso!), salmão com rúcula, ou beringela com courgette, tomate e coentros.

Desta vez, eu optei por alguma coisa ligeiramente mais consistente – um lombo de bacalhau com crosta de broa sobre risotto de soja (o bacalhau estava muito bem cozido, a crosta de broa crocante e só o risotto de soja é que foi uma desilusão para quem esperava a combinação perfeita entre a comida japonesa e a italiana) – e Ela por um lombo de salmão com crosta de funcho sobre risotto de cebola roxa, tomate cherry, coentros e balsâmico (o salmão estava mal passado, como deve ser, a crosta de funcho dava um sabor maravilhoso e o risotto não deixou qualquer vestígio no prato).

Com uma refeição brutal como esta, e com o calor que está, não houve qualquer hipótese de ingerir um único grão de açúcar que fosse. Por isso, passámos a sobremesa – até mesmo os fantásticos gealdos Häagen-Dazs. E ganhámos tempo para dar um mini-passeio a pé junto ao rio, o que sempre passa alguma simpática ilusão de perda de parte das calorias que ingerimos ao almoço.

O serviço

Eu contei 14 empregados na sala, a maioria simpática e prestável, o que daria uma média avassaladora de 8,3 clientes por empregado se a sala estivesse cheia. E não estava. Ou seja, aqui os clientes não esperam para pedirem um café, outra Coca-cola ou a conta. Mas o serviço de cozinha é um pouco demorado. Tudo o que são pratos levam, pelo menos, 15 minutos a chegar à mesa.

De todos os empregados com que nos cruzámos, só o chefe de sala, que nos recebeu à entrada, é que fez questão de não sorrir. É um estilo, mas não é um estilo simpático.

 

O óptimo - A decoração, a esplanada, a vista

O bom - A comida

O razoável - O chefe de sala

 

E agora que já se faz tarde, vou ali palitar os dentes, onde quer que os palitos estejam,

Ele