Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o restaurante que está a combater a lei anti-imigração de donald trump de forma viral

donald-trump.jpg

Chama-se Kiwiana e já era um famoso restaurante neo-zelandês em Brooklyn, Nova Iorque. Mas, esta semana, o restaurante virou notícia em quase todos os jornais americanos por causa da campanha que lançou contra as leis anti-imigração que Donald Trump assinou mal tomou posse.

O restaurante do chef Mark Simmons, ex-concorrente do concurso Top Chef, não organizou propriamente uma manifestação à porta da Casa Branca. Limitou-se a escrever uma pequena nota no final de todas as contas entregues aos clientes. A seguir ao valor a pagar, os clientes podem ler: "Os imigrantes tornam a América grandiosa (eles também cozinharam a sua comida e serviram-no hoje)".

Captura de ecrã 2017-02-09, às 15.53.02.png

 

papas de aveia com cheesecake, um pequeno-almoço reforçado e saudável para assistir à tomada de posse do trump

Pior do que ver Donald Trump a ocupar o cargo de Presidente dos Estados Unidos da América é ver Barack Obama a despedir-se da Casa Branca. Não, não se assuste: este não é um post político. Não vou aqui discutir o Obamacare, nem as ideias de Trump. Mas tenho de confessar que o novo presidente dos EUA mete-me um “nojinho interior” (a expressão preferida da minha filha adolescente neste momento) e que sou e sempre fui fã de Obama. O meu querido Marido Mistério revira os olhos cada vez que eu suspiro a olhar para ele. Ai! As saudades que vou ter daquelas fotografias de Obama ao telefone na sala oval, os olhares cúmplices com a mulher, as brincadeiras com as crianças e com os cães de água portugueses, as partidas ao staff, o sorriso (lindo!), os discursos. Ok. Estou oficialmente deprimida. E o que é que eu faço quando estou deprimida? Normalmente como chocolate mas, como estou de dieta, vou fazer este espetacular pequeno-almoço para afogar as mágoas: umas papas de aveia inspiradas no cheesecake tradicional só que saudável, sem queijo. Descobri esta maravilha no blog Fit Foodie Finds.

strawberry-cheesecake-overnight-oats.png

 

peitos de frango com molho de cogumelos e vinho do porto, um jantar fácil para recuperar da vitória de trump

Os peitos de frango são tão importantes para esta Família Mistério assim como o penteado pós-calvície é fundamental para Donald Trump. Definitivamente, ainda não conseguimos usar a risca do cabelo colada à orelha, mas precisamos de uma solução igualmente criativa para aqueles dias em que chegamos a casa às oito da noite sem nada pronto para o jantar. E é aí que estes peitos de frango da fabulosa Donna Hay entram de rompante pela nossa vida adentro.

A receita consegue ser fácil, rápida, prática e deliciosa – tudo no mesmo prato. E será seguramente um dos próximos jantares semanais cá de casa. Tudo o que vai precisar é de peitos de frango, azeite, folhas de sálvia fresca, alho, cogumelos, leite de amêndoa, sal, pimenta preta moída no momento e Vinho do Porto (a receita original é com Marsala, mas eu acho óptimo adaptar).

Para acompanhar os peitos de frango, esta receita leva um molho cremoso feito com leite, manteiga, natas e sêmola de trigo. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

IMG_2503.JPG