Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

aprenda a fazer o aperitivo mais famoso do menu dos óscares

Já é um clássico no menu elaborado por Wolfgang Puck para o jantar do Baile do Governador: o Salmão Fumado sobre Brioche em forma de Óscar com Caviar Iraniano é um sucesso e é facílimo de fazer. O chef austríaco mais famoso de Hollywood disponibilizou a receita em grande exclusivo para o Casal Mistério (OK, e para o resto do mundo também) e está decidido: hoje vamos fazer na Mansão Mistério e vamos petiscando esta maravilha enquanto vemos a cerimónia dos Óscares.

oscar-party-governors-ball-recipes-001.jpg

 

 

morangos recheados com queijo de cabra, espinafres baby e nozes caramelizadas, uma entrada sem glúten e original

Esta receita do blog She Likes Food é basicamente uma salada desconstruída. Parece uma daquelas receitas dos restaurantes com estrelas Michelin que incluem uma lista gigantesca de ingredientes e que, de repente, nos aparece num prato com mais ou menos o tamanho de uma falange do dedo mindinho… do pé. De facto, se não fosse pela apresentação, esta receita seria basicamente uma salada de espinafres com morangos e queijo de cabra. Faz-se em meia-hora, e é uma ótima entrada sem glúten para fazer num jantar em sua casa.

Só precisa de morangos, queijo de cabra macio à temperatura ambiente, espinafres baby, redução de balsâmico e nozes ou nozes pecan caramelizadas picadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original. Se quiser amaciar o queijo de cabra rapidamente, coloque a embalagem do queijo numa taça com água quente durante 5 minutos.

Goat-Cheese-Spinach-Stuffed-Strawberries-with-Cand

 

 

rolinhos de massa filo com espinafres e queijo feta, uma receita vegetariana e deliciosa

Não fosse a massa filo, este prato seria praticamente aprovado por essa classe que me inferniza a vida que são os nutricionistas. Não me levem a mal mas o que é facto é que tudo parece fácil na boca deles, depois chegamos a casa e aos restaurantes e começa o martírio. “Peça um peixe cozido com legumes e não olhe para o couvert” ou “beba água em vez de vinho”… Como? Importa-se de repetir? Para mim, tudo isto é humanamente impossível, e é por estes e outros pecados que eu não emagreço. Mas voltando a esta maravilhosa receita vegetariana, do site Waitrose: é simples e deliciosa e fica lindamente em qualquer jantar com convidados de última hora. Só precisa de espinafres bem lavados, queijo feta esmagado, orégãos frescos picados, pimenta preta moída, uma embalagem de massa filo, manteiga e sementes de sésamo. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 35 rolinhos, espreite aqui a receita original.

5d227d7dc913ad54ba3ff9240b12b3f9.jpg

 

 

brie no forno com nozes caramelizadas, alecrim e mel, uma entrada muito fácil e divinal para a sua consoada

A frase que se segue é um conselho de amiga. De uma boa amiga. Não daquelas que nos dizem que estamos lindas e maravilhosas quando estamos uns trambolhos. Não. Daquela amiga de infância que quer o seu sucesso e a sua felicidade genuinamente. Aquela que quer que arrase na sua consoada. Aqui vai o conselho: Guarde esta receita para o seu Natal. Mesmo. Porquê? Porque além de fácil de se fazer, é sucesso garantido. Já escrevemos aqui no blog algumas receitas de Camembert ou Brie no forno, mas esta do blog Will Cook For Friends, é imbatível e perfeita para uma entrada na noite de Natal.

Só precisa, para as nozes caramelizadas, de nozes partidas ao meio, xarope de ácer e uma pitada de sal. Para o Brie, vai precisar obviamente do propriamente dito, mel, raminhos de alecrim, tostas para servir e, claro, das nozes caramelizadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

11730580953_81ef3ecaea_z.jpg

 

 

mini tarteletes caprese, um aperitivo fácil e saudável para arrasar no seu natal

Não há maior alegria para uma dona de casa desesperada do que encontrar uma receita fácil, saudável e deliciosa para um jantar especial ou uma festa. E hoje até fiz um flick flack tal foi a felicidade quando descobri esta maravilha em forma de simplicidade no blog Recipe Runner. A receita original usa mini tacinhas de massa filo mas eu sugiro estas espetaculares e deliciosas mini tarteletes que encontra à venda no Ikea. Depois é só fazer uma mini salada caprese em cada tartelete. Vai ver que não demora mais do que 15 minutos a preparar esta receita.

Só precisa das mini tarteletes (que encontra no Ikea), se descobrir à venda tacinhas de massa filo já feitas melhor ainda, tomates cherry cortados ao meio, bolinhas de mozzarella também cortadas ao meio, folhas de manjericão, sal, pimenta preta moída e molho balsâmico. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 15 tacinhas, espreite aqui a receita original.

MiniCapreseCups.jpg

 

 

húmus de feijão branco com alcachofras e pinhões, o meu presente de natal para as tias mistério

O húmus está para a minha vida assim como o incenso estava para a vida do Belchior. Eu sei... quem ofereceu incenso foi o Gaspar... mas eu também não gosto de fazer o húmus tradicional, por isso vejo-me mais como o Belchior que queria mesmo era ter oferecido incenso e teve de dar ouro. Mas o melhor é parar com as analogias natalícias e passar às realidades culinárias.

Este ano, eu vou distribuir frascos de húmus por toda a Família Mistério. Em vez de dar o habitual par de meias às tias, aos tios e aos primos mistério, vou disseminar frascos de húmus por toda a família. Adoro comer húmus como entrada. Adoro espalhar húmus por cima de tostas fininhas. Adoro mergulhar chips de batata doce em húmus. E adoro ainda mais variar as receitas. Foi por isso que fiquei encantado com esta maravilhosa criação do blog Heartbeet Kitchen: um húmus de feijão branco com alcachofras e pinhões. Quem é que resiste a esta delícia? Ainda por cima, é mais fácil de fazer do que descobrir um novo administrador da Caixa Geral de Depósitos a cada mês que passa.

Para fazer esta maravilha, só vou precisar de feijão branco de lata, alho sem a parte do meio, molho tahini, azeite, um pouco da água de conserva retirada da lata de feijão, sumo de limão espremido, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para o topping, tenho de ter de salsa, pinhões tostados, especiarias a gosto e corações de alcachofras. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

white-bean-hummus-3.jpg

 

pasta de ricotta com trufa branca: quem já está a pensar nos aperitivos para o natal?

"Ai e tal, lá está Ela com a mania das grandezas. As trufas são caríssimas. Este aperitivo custa uma fortuna".

Pois está redondamente enganado/a! O segredo desta receita facílima e deliciosa, do blog Honest Cooking, está precisamente no nome chiquérrimo da propriamente dita. Qualquer receita com a palavra "trufas" no seu nome eleva-a para outro nível, mas, cá entre nós, ninguém precisa de saber que, neste caso, as trufas estão no azeite, o que coloca esta receita no patamar do "delicioso a um preço bastante aceitável".

Em menos de meia-hora, prepare este ótimo aperitivo para servir na sua consoada. Só precisa de queijo ricotta, raspas de limão, azeite de trufa branca, flocos de pimenta vermelha, pimenta preta moída, sal e, claro, tostinhas ou pão alentejano para acompanhar! Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_2552.JPG

 

 

figos com queijo de cabra e presunto ou como fazer-me uma mulher feliz!

Se para a maioria das pessoas civilizadas, esta receita seria um maravilhoso aperitivo, para mim seria um ótimo pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar. Aliás, podia passar o dia inteiro a comer esta delícia! Adoro queijo de cabra e amo figos, por isso, estou às portas do paraíso.

Mas falando a sério, esta receita do site Nugget Markets faz um brilharete em qualquer jantar. É fresca e facílima de fazer! Só precisa de figos frescos, rúcula, queijo de cabra, mel e fatias de presunto. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

figs.jpg

 

uma tarte de iogurte grego sem base? uau, esta receita super light foi feita a pensar em mim!

O New York Times, onde descobri esta fantástica receita, chama-lhes pequenas tartes estilo gregas. Sim, eu leio o New York Times… e o The Economist… e o "Libé"… e… estou a brincar! Tomara eu ter tempo para ler o Correio da Manhã! O meu querido Marido Mistério sim, lê tudo e depois faz-me resumos porque sinceramente ser mãe-trabalhadora, dona de casa desesperada, blogger e pau-para-toda-a-obra, as 24 horas do dia não me chegam. Mas voltando à saudável receita do New York Times, é de facto uma maravilha. Só preciso de folhas de acelga, iogurte grego, sal e pimenta preta, alho, cebolinho, hortelã e endro picados, azeite extra-virgem, raspas de limão, farinha de milho ou farinha de arroz, pinhões tostados e azeitonas para decorar. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingredientes espreite aqui a receita original.

20KITCH1-WEB-master675.jpg

 

mil folhas de beterraba, abacate e mozzarella: um almoço para uns, uma entrada para outros...

O verão pode estar a acabar mas infelizmente a minha dieta está prestes a recomeçar. É a vida! Não há nada a fazer. É o meu karma e há que encará-lo de frente. Por isso, vou começar a semana muito bem comportadinha e fazer esta salada para o meu almoço. E se, para mim, terá de ser um almoço, para o meu querido Marido Mistério, por exemplo, seria uma ótima entrada... Descobri-a no utilíssimo site francês Marmiton e só demora 15 minutos a fazer.

Só preciso de abacates, mozzarella, beterrabas, sumo de limão, sal e pimenta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

01-millefeuille-betterave-mozzarella-avocat_0.jpg

 

 

fatias de maçã desidratadas com blue cheese e amêndoas, o aperitivo mais saudável de sempre

Original, saudável, deliciosa e, ainda por cima, chiquérrima. Por favor ergam uma estátua à autora desta receita incrível, do blog Little Rusted Ladle! Que aspeto maravilhoso e, ainda por cima, permitida pelo mais tirano dos nutricionistas: fatias de maçã desidratadas com toppings deliciosos e originais, todos saudáveis, claro. E o melhor de tudo? Demora quase o mesmo tempo a preparar do que a pôr em taças os amendoins, cajus e tremoços do costume.

Só precisa de fatias de maçãs desidratadas, uma chávena de blue cheese cortado em pedaços de cerca de 1 cm, alperces secos cortados em 6 fatias cada, framboesas secas, amêndoas, e manjericão fresco ou microgreens para decorar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

apple.jpg

 

dip de queijo de cabra e manjericão, o aperitivo ideal para acalmar os nervos durante o jogo de portugal

Verdade seja dita, este aperitivo tem muita pinta para se servir em qualquer jantar. Esta receita do blog Say Yes tem ótimo aspeto e é simplesmente deliciosa. E desde que descobri que o queijo de cabra não é dos mais calóricos, estou cada vez mais viciada nesta ex-tentação. Mas, já que estamos em pleno Euro, a viver o eterno sofrimento luso, já de calculadora em punho, esta é a receita ideal para ir petiscando enquanto vibramos com os toques do Ronaldo e os cruzamentos de trivela do Quaresma (não é espetacular a minha cultura futebolística? Eu sei! Sou o sonho de qualquer marido, mas com menos 6 kg, é certo). E o melhor de tudo? Demora 5 minutos a fazer.  Só precisa de queijo de cabra, folhas de manjericão fresco, mel, vinagre balsâmico e sementes de girassol. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 a 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

goatcheeseandbasildip1.png

 

 

trufas de queijo de cabra, um delicioso aperitivo permitido pela minha dieta

Desde que li que o queijo de cabra é o queijo menos calórico de todos, voltei a sorrir. E esta receita do fantástico blog Amy in the Kitchen encheu-me as medidas (a verdade é que nos últimos dias as minhas medidas têm sido difíceis de preencher dada a fome que tenho passado) porque estas trufas conseguem ser light e super saborosas ao mesmo tempo. São uns ótimos aperitivos ou um fantástico snack durante a tarde.

Só precisa de queijo de cabra, queijo creme, nozes pecan e arandos secos picados, folhas de hortelã picadas ou outra erva aromática que preferir (eu gosto mais de manjericão, por exemplo, ou salsa). Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente para cerca de 12 trufas, espreite aqui a receita original.

goat-cheese-truffles-1.png

 

abacate recheado com salmão fumado e crème fraîche, uma entrada light e deliciosa

A culinária é de facto uma arte, sobretudo para mim, que me considero uma autêntica apreciadora. Quando olho para uma mesa farta ou simplesmente apetitosa imagino mais ou menos a mesma sensação que Calouste Gulbenkian teria a entrar no Museu D’Orsay ou no Louvre.

Tal como em quase todas as artes, a apresentação de um prato faz a diferença e esta receita do blog holandês Uit Pauline’s Keuken é a prova disso mesmo: abacate recheado com salmão fumado servido dentro da própria casca do abacate. Se, para mim, neste dura fase da minha vida, seria um prato principal, porque a minha dieta não me permite outros excessos, esta receita é uma excelente entrada para servir aos seus convidados num jantar em sua casa. Só tem um problema: não pode fazer com muita antecedência porque os abacates mudam de cor rapidamente, mas por outro lado, é uma receita tão fácil de fazer que a prepara num instante, antes dos seus convidados chegarem.

Só precisa (se fizer um jantar para 4 pessoas) de 2 abacates, 150 g de salmão fumado, 1 cebola roxa, sumo de meio limão, 1 colher de sopa de crème fraîche, cebolinho, sal e pimenta.

DSC_0015-13.jpg

 

a receita ideal para uma sexta-feira santa: abacates recheados com ceviche de camarão

Se há um prato que eu adoro é ceviche. Fresco, saboroso e saudável, é quase impossível resistir a esta delícia peruana. Cada vez que vou a um restaurante e vejo ceviche no menu, já nem olho para as outras entradas. Venha! Ele fica meio desesperado, porque adora experimentar coisas novas e comigo não tem grandes hipóteses.

E quando o ceviche se cruza com o abacate? Isso é... a loucura! No momento em que descobri esta receita no fantástico blog da Heather Christo fiquei a hiperventilar. Comecei aos saltos perante o ar reprovador da nossa equipa de futsal que, por breves instantes, se convenceu de que eu tinha ganho o Euromilhões. Expliquei-lhes que não sou nem inglesa nem assim tão gorda, por isso, isso nunca irá acontecer, mas para compensar, tinha descoberto uma receita que se faz em menos de meia hora e que todos iam adorar. E o melhor de tudo? Pode-se comer, sem culpas, a uma Sexta-Feira Santa!

16920183771_dded0fab1c_b.jpg