Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

a dieta secreta dos jogadores da nba antes das partidas

Captura de ecrã 2017-04-08, às 18.59.39.png

A moda nasceu em 2007 quando Kevin Garnett, uma das estrelas dos Boston Celtics, resolveu comer uma sanduíche de manteiga de amendoim com doce de morango antes de um jogo importante. Os Celtics ganharam e Garnett fez uma exibição impressionante. No final da partida, foi ter com o treinador e disse:

– A partir de agora, vamos precisar de manteiga de amendoim e doce antes de cada jogo.

Hoje, a equipa prepara sempre 20 sanduíches de manteiga de amendoim três horas antes de cada confronto. As sanduíches são colocadas dentro de sacos de plástico transparentes rotulados só com uma letra de código: S para doce de morango (strawberry) ou G para doce de uva (grape), por exemplo.

Mas a tendência não ficou por aqui. À medida que os jogadores foram transferidos para outras equipas, espalharam a moda das sanduíches de manteiga de amendoim e doce. E foi isso que levou a ESPN a publicar recentemente uma reportagem exclusiva em que mostra como as PB&J (como são conhecidas nos Estados Unidos, as iniciais de Peanut Butter & Jam) se espalharam por quase todas as principais equipas de basquetebol americanas. Num campeonato multimilionário, cheio de especialistas obcecados por rendimento desportivo e de chefs consagrados a estudarem ementas, a dieta mais comum antes de cada jogo baseia-se numa combinação de ingredientes que custa 69 cêntimos.

 

 

quanto tempo de ginásio precisa para queimar as calorias de um big mac (e de mais sete comidas habituais no dia-a-dia)

10165.jpg

Da próxima vez que entrar no McDonald's pode levar já os ténis calçados. Para queimar a quantidade absurda de calorias (490 kcal) e disparatada de gordura (24 g), vai precisar de fazer, pelo menos, 42 minutos de jogging a uma velocidade de 8 km por hora. Isto se for um homem, porque se for mulher o futuro torna-se ainda mais negro: são necessários pelo menos 51 minutos de corrida.

As contas foram feitas pelo site Buddy Loans que recorreu a estatísticas da BBC e do Serviço Nacional de Saúde britânico para calcular qual o tempo de exercício necessário para conseguir abater oito comidas habituais na vida de toda a gente: desde o assustador Big Mac à tradicional imperial, passando por uma pizza ou por uma mísera tablete de chocolate de 45 gramas. Se fizer jogging ou outro exercício de cardio, como bicicleta, queima as calorias mais rapidamente; se preferir musculação no ginásio, vai precisar de mais tempo – e terá de o fazer numa intensidade elevada.

Mas o melhor é ver tudo aqui.

 

o que deve comer antes e depois do treino no ginásio

image.jpeg

Ora aí está uma pergunta que a minha querida Mulher Mistério nunca fez a si própria. O ginásio não é exactamente um local onde Ela costume passar muito tempo. No entanto, esta semana tudo mudou. Depois de ter iniciado a dieta, a minha sempre surpreendente Mulher Mistério decidiu inscrever-se num ginásio de Lisboa e abraçar o exercício físico com o mesmo fulgor com que um urso abraça um pote de mel.

Perante esta revolução familiar, não me restou outra opção que não fosse descobrir quais os melhores alimentos para comer antes e depois do exercício físico. E, já agora, quais as quantidades ideais (sim, sou eu que lhe preparo a comidinha). A resposta preciosa veio de um magnífico artigo do BuzzFeed. O site americano falou com dois especialistas em dietas e nutrição e deu a quantidade de proteínas, gorduras e hidratos de carbono que deve comer nos dias de ginásio. Além de exemplos de alimentos concretos.

As recomendações são para pessoas que fazem exercício físico apenas para manter um estilo de vida saudável e sem cuidados especiais de saúde.