Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

crepes de frango no forno para preparar em apenas 15 minutos: serão estes os crepes mais fáceis de sempre?

Segunda-feira é provavelmente o dia mais difícil da semana. E não estou a falar só da semana do Rui Vitória depois de jogar contra o Boavista. Não. Segunda-feira é aquele dia de sacrifício em que contamos penosamente as horas até à próxima sexta-feira. Em que nos arrastamos pesadamente pelo escritório a imaginar o próximo gin tónico à beira-rio. Em que entramos em casa directamente para o sofá. Em que somos capazes de subornar o filho mais velho para ele nos fazer o jantar. 

Segunda-feira devia ser sumariamente abolida do calendário. Em vez de acabar com feriados, o país devia acabar definitivamente com a segunda-feira.

Mas enquanto isso não acontece, não me resta outra alternativa senão encontrar um jantar tão fácil de preparar que me faça passar pela cozinha como um verdadeiro Speedy González.

Hoje tenho uma fantástica receita do blog Recipe Tin Eats que só me vai obrigar a estar 15 minutos de avental à cintura. Trata-se de uns fantásticos crepes de frango feitos com tortillas prontas em vez de uma massa demorada. Além disso, levam frango desfiado que pode ser aproveitado dos restos do fim-de-semana. Mas o melhor é ver a lista dos ingredientes.

crepes.jpg

 

 

uma receita que quase não é uma receita: são só 3 ingredientes e fica pronto em 15 minutos

O New York Times chama-lhe uma não-receita. E quando o New York Times chama, eu vou logo a correr. De facto, este deslumbrante salmão no forno é ideal para quem tem pouco tempo e muita fome. As quantidades dos ingredientes são à vontade do freguês e os únicos passos que tem de seguir com rigor são aquecer o forno a 200º C e cozinhar o salmão durante 10 minutos.

Então, como é que o salmão fica com este aspecto de Claudia Schiffer da culinária? Porque leva um fantástico molho que entra directamente para o primeiro lugar do Guinness das receitas mais fáceis do mundo.

Para fazer esta fantástica invenção do New York Times só precisa de lombos de salmão (de preferência, selvagem), mostarda de Dijon e açúcar mascavado. Eu disse-lhe que não havia quantidades, não disse?

salmon.jpg

 

como fazer uma granola saudável com 5 ingredientes em apenas 5 minutos (e sem micro-ondas)

Não dá para acreditar nesta maravilha que descobri no blog Cooking for Keeps. Em cinco minutos e com apenas cinco ingredientes, consigo (repare com usei o verbo na primeira pessoa do singular, sim, eu consigo, yes, I can, porque é fácil até para mim) fazer uma granola muito mais deliciosa e saudável do que aquelas caríssimas e cheias de açúcar que encontramos no supermercado. E o melhor de tudo é que dura uma semana! É ideal para o pequeno-almoço naquelas manhãs infernais em que não oiço o despertador (ou seja, quase todos os dias).

Só preciso de mel, óleo de coco, flocos de aveia, açúcar mascavado e amêndoas tostadas com mel. Eu não disse que eram só 5 ingredientes? Se quiser saber as quantidades certas de cada um espreite aqui a receita original.

1 (1).jpg

 

 

queijo derretido com figos caramelizados e nozes crocantes, um jantar de sonho para fazer em 15 minutos

O queijo vai derreter no forno e misturar-se lentamente com o sumo dos figos caramelizados pelo calor. Ao provar esta pequena maravilha da natureza, vai sentir essa mistura deslumbrante do salgado do Camembert com o doce da fruta. Por cima, tem umas fantásticas nozes crocantes que contrastam na perfeição com a cremosidade de tudo o resto.

Este parágrafo aqui de cima podia ser a descrição de uma natureza-morta de Cézanne, mas não: é o resultado de uma receita do blog A Cozy Kitchen. Eu encaro-a quase como uma obra de arte e, se pudesse, até a comia sentado num museu. Mas, como a época dos figos está quase a acabar, acho que a vou comer hoje mesmo, aqui em casa, enquanto posso.

Tudo o que vou precisar para fazer este jantar perfeito de sábado à noite é de um queijo Camembert ou um Brie pequeno, nozes picadas, pistácios picados, figos cortados em quatro, tomilho fresco e mel. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

MeltyBakedBrieFigsWalnutsHoney-9.jpg

 

 

são uns peitos de frango mas também são uma pizza! não acredita? então o melhor é ler este texto

Imagine uma pizza. Agora tire-lhe a massa e substitua-a por uns peitos de frango fininhos. A ideia genial é do fantástico blog Two Peas & Their Pod e transforma esta na primeira pizza com base de peito de frango. É isso mesmo que acabou de ler: em vez da massa feita de farinha, tem uns peitos de frango fininhos. Depois, coloca-lhes em cima todos os toppings de uma pizza, leva ao forno e já está.

A minha querida Mulher Mistério ficou com a cara daquele emoji dos olhos esbugalhados, os Mini-Misteriosos começaram a babar como se fossem as cataratas do Niagara e eu estou como sempre – a caminho da cozinha para fazer esta belezura para o jantar de hoje.

Tudo o que vou precisar é de peitos de frango, queijo mozzarella ralado, pepperoni, cogumelos laminados, pão ralado, parmesão ralado, sumo de limão espremido no momento, molho marinara, cebola roxa laminada e pimentos picados. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui. Mas também pode adaptar os ingredientes aos seus toppings preferidos para uma pizza: fiambre, ananás, azeitonas, etc..

Pizza-Stuffed-Chicken-Roll-Ups-1.jpg

 

vídeo: como fazer minicroissants de nutella com apenas 4 ingredientes

IMG_9974.jpg

Não consigo compreender. Morro de inveja de pessoas que não gostam de comer. Têm uma vida tão mais fácil (mas francamente mais maçadora que é o que me consola)! Como é que eu, uma pobre aspirante a magra, posso resistir a uma receita destas? Tem tudo para não resistirmos! É deliciosa, leva Nutella, é fácil de fazer e só preciso de 4 ingredientes! É tudo a empurrar-me para comer isto hoje.

Mas fazer croissants em casa?! Está tudo maluco?! Não se assuste, é muito mais fácil do que parece. Até eu, que sou um desastre ambulante na cozinha, consigo fazer esta maravilha.

Nós já tínhamos experimentado esta receita há uns meses, mas agora resolvemos tirar todas as dúvidas e cronometrar, em vídeo, quanto tempo levamos a preparar estes croissants recheados com Nutella. O resultado é um surpreendente vídeo com 35 segundos. Quer ver?

 

 

 

bolachas de chocolate derretido com óleo de coco em vez de manteiga: saudáveis e divinais!

Esta é daquelas receitas que quase não precisava de título. Basta mostrar-me esta fotografia aqui em baixo para me deixar a babar como o Cavaco Silva em dia de bolo-rei. Só de imaginar o chocolate derretido e cremoso no meio da bolacha crocante, já fico com tremuras.

Mas antes que a minha querida Mulher Mistério pegue na colher de pau para me sovar por um atentado contra a sua dieta, deixe-me esclarecer: estas bolachas, do blog Ambitious Kitchen, são light. Exactamente. Light. Saudáveis. Dietéticas.

Não acredita? Então veja lá: em vez de manteiga, levam óleo de coco; em vez de farinha refinada, levam farinha integral; e, em vez de açúcar branco, levam açúcar mascavado. Que mais é que um homem podia querer do que uma mulher em paz e uma travessa de bolachas na mesa?

Tudo o que vou precisar para fazer esta delícia é de óleo de coco derretido mas arrefecido, açúcar mascavado, um ovo à temperatura ambiente (é importante não estar frio), extracto de baunilha, farinha integral (a receita original é com farinha de pasteleiro integral), bicarbonato de sódio, flor de sal e chocolate preto picado, com 72% de cacau. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

coconutoilcookies-2.jpg

 

a maneira mais fresca e deliciosa de servir um jantar congelado: camarão com vegetais para preparar em 10 minutos

Quem é que disse que a comida congelada não podia ser deliciosa? Com o fim das férias e o reinício dos despertadores às 7h da manhã, tudo o que me apetece é simplificar os jantares cá em casa. Mas com seis bocas tão exigentes como um exame nacional de Matemática, não tenho qualquer hipótese.

A minha querida e estimada Mulher Mistério não admite pizzas, hambúrgueres ou outros pratos calóricos. Se quero servir comida congelada, tem de ser deliciosa e saudável. Foi por isso que fiquei radiante quando o fantástico blog Damn Delicious inventou esta incrível receita para congelar e servir quando lhe der jeito. Naqueles dias de desespero e falta de paciência. Naquelas alturas em que tudo o que nos apetece é chegar a casa e refastelar-nos no sofá. Basicamente, às segundas-feiras.

O jantar de que estou a falar são uns fabulosos camarões salteados com vegetais e molho de soja. E a grande vantagem é que pode ser tudo preparado com antecedência – até o molho – e congelado num saco de congelação. Quando chegar a casa, só tem de tirar o saco do congelador e saltear tudo rapidamente numa frigideira. São dez minutos de trabalho!

Shrimp2.jpg

 

salmão com molho de limão e manjericão, o jantar saudável mais prático de sempre

Demora menos de meia hora a fazer, não suja tachos, panelas nem sequer um pirex.

Além de ser facílima de preparar, esta receita do blog Evolving Table é tudo o que a Família Mistério precisa neste momento, depois de umas férias marcadas pelos excessos do costume. Não tem glúten nem açúcar, tem poucos hidratos e é super saudável.

Tem apenas 265 calorias por pessoa, não é maravilhoso? E demora 5 minutos a preparar e 20 no forno.

Só precisa de 6 lombos de salmão, manteiga derretida, um dente de alho esmagado, manjericão fresco picado, sumo de um limão, sal, pimenta e 6 fatias de limão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Lemon-Basil-Salmon-3.jpg

 

 

como transformar uma salada de atum numa refeição que o alimenta durante o dia inteiro

Ao olhar para esta fabulosa salada de atum com macarrão, sinto-me como um membro do Governo a olhar para um bilhete de avião oferecido pela Huawei: é uma tentação forte demais para mim. Eu sei que o macarrão engorda, eu sei que a maionese é calórica – mas não consigo resistir quando vejo este prato à minha frente.

Especialmente porque costumo ficar com fome se almoçar só uma salada de atum, mas, neste caso, a massa vai transformar esta salada num almoço para o dia todo. Além disso, a receita do New York Times é fácil de fazer e deve ser comida fria, o que, no Verão, é tudo aquilo com que um homem sonha. E, quando um homem sonha, a receita pula e avança.

Tudo o que vou precisar para fazer esta maravilha é de massa de cotovelinhos, atum em lata, aipo cortado às fatias, queijo cheddar em cubos, cebolinho picado, picles de pepinos laminados e maionese. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

22COOKING-TUNAMACARONISALAD1-articleLarge.jpg

 

3 bolos sem glúten para fazer em poucos minutos numa caneca no micro-ondas

Eu sei que pareço a maluquinha dos bolos na caneca. Mas quem é que resiste a uma receita fácil, deliciosa e que se faz em poucos minutos no micro-ondas? Pois. Muita gente, talvez. Mas infelizmente eu não faço parte desse grupo de pessoas que resiste estoicamente a uma boa receita de bolo. Mas, vá, como estou outra vez de dieta (não, agora, não é dieta, é só uma tentativa vã de mudar os meus hábitos alimentares), fiz uma seleção de 3 receitas de bolos na caneca sem glúten. Menos mal. Não é que emagreçam, mas engordam… menos.

 

Bolo de Chocolate e Framboesas 

healthy-4-ingredient-chocolate-raspberry-cake-3.jpg

É saudável, tem 4 ingredientes e faz-se num minuto no micro-ondas. E o que é incrível é que este bolo, que encontrei no blog A Big Man’s World, consegue ficar húmido e macio ao mesmo tempo. Ah, e não tem açúcar refinado. Só precisa de uma banana madura, um ovo, cacau em pó, framboesas e adoçante (opcional, em príncipio a banana será suficiente para adoçar o bolo).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

Comece por misturar a banana, o ovo e o cacau em pó no liquidificador até formar uma massa fina. Junte as framboesas, garantindo que elas ficam no meio da massa. Unte uma caneca ou uma taça de cereais, despeje a massa para a caneca e leve ao micro-ondas durante um minuto ou um pouco mais, dependendo da potência do micro-ondas e da consistência desejada.

 

 

mini pizzas caprese, o jantar ideal para crianças em férias

Segunda-feira. Dia de neura e de recomeços. Recomecei a trabalhar, recomecei a dieta, recomecei a estragar a dieta e depois recomecei novamente a dieta. Tudo num dia. Que canseira! Certo é que voltámos ao trabalho mas as crianças continuam de férias. Que inveja! Que saudades dos tempos em que tínhamos três meses de férias…

E com o regresso ao trabalho, sobra-me pouco tempo para pensar em coisas básicas e essenciais como “o que vou fazer para o jantar?” O pior é que, quando chegar a casa, tenho mais não sei quantos amigos dos nossos Filhos Mistério para alimentar. Por isso, hoje é para a desgraça, não tenho tempo para pensar em nada e tinha esta maravilhosa receita na manga que descobri no site My Recipes. As crianças adoram e eu respiro fundo.

Só preciso de alho picado, azeite, massa de pizza, tomates cherry amarelos e encarnados cortados em quartos ou às fatias, mozzarella fresca cortada em pequenos pedaços, folhas de manjericão cortadas às fatias, sal e pimenta preta moída. Para decorar, vou guardar folhas de manjericão frescas inteiras.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

e1712c96fba47a94b2c8b59e2d23cced.jpg

 

 

peito de peru assado com alho e ervas aromáticas, uma receita tão simples que não precisa de fazer quase nada

Os senhores do talho aqui perto da Mansão Mistério têm uma incrível fé em mim e mostram-me sempre nacos de carne de todas as variedades e feitios com a melhor das intenções, antevendo mil iguarias que eu não vou fazer.

Com o meu fraco poder de argumentação sobre o ponto de fritura a que aquele bife do lombo ficará perfeito ou o tempo de assadura para fazer rosbife, certo é que lá vou comprando porque sei que o meu querido Marido Mistério saberá o que fazer. Só que hoje consegui surpreendê-lo. Trouxe-lhe um peito de peru inteiro. Estão a ver aquele naco de onde se cortam os bifes de peru? Comprei-o na sua forma original porque os senhores do talho me garantiram que fica ótimo no forno. Cá estou. Eu, o peito gigante (será por isso que os perus são tão cheios de si?) já com uma receita infalível que encontrei no inspirador site Flavor The Moments.

Para um peito tão grande, surpreendi-me logo com o pouco que é preciso para fazer a receita: dentes de alho picados, tomilho, alecrim, folhas de salva, sal, pimenta e azeite. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

simple-herb-garlic-roasted-turkey-breast3-flavorthemoments.com_-500x722 (1).jpg

 

massa folhada com espargos, presunto e parmesão, uma receita fácil e irresistível só com 5 ingredientes

Há receitas assim, que nos conquistam ao primeiro olhar. Alguém resiste a esta maravilha? Já me estou a imaginar a dar uma trinca nesta delícia, e ficar com aquela sensação - não de absorção - mas de que só vou parar quando acabar com o tabuleiro todo. Descobri esta maravilha num site polaco, o Kwestia Smaku, (sim, sou poliglota, não, estou a brincar: ainda não sei falar polaco mas tenho um excelente dicionário em casa) e não vou descansar enquanto não pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer. Ou melhor, esta receita é tão fácil que vou ter um ataque de loucura e, desta vez, vou eu vestir o avental. Sem medos.

Só preciso de 150 g de massa folhada com uma espessura de cerca de 2 mm, 12 espargos verdes, fatias finas de presunto e queijo parmesão ralado.

szparagi_w_ciescie_francuskim_01_0.jpg

 

 

5 deliciosos e facílimos almoços para levar para a praia (e que não são sanduíches)

Está um homem sozinho a trabalhar em Lisboa, enquanto o resto do país está estendido nas praias do Algarve (e também, de pé, nas filas para os restaurantes...), e o que é que ele faz? Reza para que comece a chover e o trabalho em Lisboa custe menos? Lança um mau olhado a toda a gente que está de férias? Não, este pobre homem é generoso e benemérito e, por isso, lança-se numa incansável busca pelas melhores e mais saudáveis receitas de almoços para os felizardos veraneantes poderem levar para a praia e usufruir ainda mais das suas férias.

Escusado será dizer que, caso ainda não tenha percebido, ele (o generoso e benemérito) sou eu próprio que, além de falar de mim mesmo na terceira pessoa, como fazia o Jardel, estou aqui à frente do computador a trabalhar para si, feliz veraneante.

Não está cansado da velha e calórica sanduíche? Não está farto de comer sempre o mesmo na praia enquanto contribui para insuflar essa pobre barriga? Calculei. É por isso que hoje tenho aqui 5 deliciosas receitas de almoços frios para levar na lancheira – e que não são sanduíches. Vai ver como, depois de provar isto, não vai querer outra coisa.

 

Salada de camarão com aipo e cebolinho

Old-Bay-Shrimp-Salad-1-1

Esta deliciosa receita do blog Once Upon a Chef é mais rápida do que a própria sombra. Tudo o que tem de fazer é cozer o camarão e descascá-lo. Depois, preparar um molho misturando numa taça maionese, molho inglês, vinagre, paprika, pimenta preta, pimenta vermelha, flor de sal e mais especiarias ao seu gosto (a receita original utiliza a mistura de especiarias Old Bay, mas eu nunca a encontrei à venda em Portugal). 

Junte o camarão com o molho e com aipo cortado em pedaços e cebolinho picado. Misture bem e guarde na lancheira. Vai ver como o seu almoço vai ser diferente. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite a receita original aqui.