Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

gin de romã, o nosso mais recente vício destas férias de verão

O meu querido Marido Mistério dá cabo de mim e da minha dieta. Está uma pessoa a esforçar-se para se encher de água e fruta o dia inteiro durante as férias, até que chega ao fim da tarde e Ele aparece-me com esta maravilha que descobriu no site Yuppie Chef e que me tira do sério.

O meu querido Marido Mistério (que cada vez estou mais convencida de que me quer ver gorda para todo o sempre) garante-me que me serve metade da dose do gin, por isso, no fundo é praticamente um sumo de romã. O problema aqui é a expressão “praticamente” que é o suficiente para me pôr a milhas da balança. Enfim, mas aqui estou eu a partilhar esta delícia com o mundo na esperança de ficarem todos como eu para não me sentir tão sozinha nesta luta titânica.

Ele só precisou de 5 minutos para me desgraçar e dos seguintes ingredientes: gin, cubos de gelo ou gelo picado, sumo de romã e água com gás. Para decorar, ele usou uma lima cortada às rodelas, sementes de romã e folhas de hortelã.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Pomegranate-gin-cocktail-ball-glasses_uyxpn0.jpg

 

 

já fomos à novíssima esplanada no chiado, ideal para um almoço leve de verão

13680791_1824430401109299_2201483273091035823_n.jp

Apesar do calor abrasador dos últimos dias, não resistimos a ir espreitar o recentíssimo Topo Chiado. E temos de assumir com toda a frontalidade: ficámos absolutamente rendidos aos magníficos 1500 metros quadrados de terraços com uma vista deslumbrante: com o castelo de São Jorge em frente, o elevador de Santa Justa à direita e a Sé e a Graça ao fundo, é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores vistas de Lisboa.

IMG_8492 (1).jpg

 

 

e que tal uma sangria de cidra para brindar a este delicioso fim de semana de verão?

Tenho de confessar uma coisa: desde que o meu Filho Mistério mais velho chegou a casa com uma garrafa de Somersby vazia debaixo do braço (irra, que raio de moda!) que eu me tenho dedicado a investigar os malefícios da cidra para a saúde dos adolescentes. Agora preciso de confessar um bocadinho mais: quanto mais investigo, mais fico encantado com a bebida (espero que ele não leia este post...).

E foi durante uma das minhas expedições internáuticas anti-cidra que descobri esta maravilhosa receita do blog How Sweet It Is: sangria de cidra. Agora estou pacientemente à espera de um fim-de-semana em que ele não esteja em casa para a poder experimentar tranquilamente sem ouvir aquele embaraçoso: 

- Mas então a cidra não era péssima?...

Enquanto, não tenho esse momento de paz, resolvi partilhar a receita convosco. Vejam lá se não é maravilhosamente simples?

 

 

qual é para si o melhor terraço de lisboa? conheça os nossos três favoritos

18568682_HnwRm.jpg

Esta semana não foi fácil. Diríamos mais: foi dura. Diríamos mais ainda: foi violenta. Foi aquilo a que se pode chamar, em linguagem publicável num blog sério e familiar, uma penosa semana de árdua labuta. Pois imagine o nosso ilustre leitor e a nossa insigne leitora que passámos quatro longos dias no terreno a preparar ao detalhe este belo post que trazemos até si. E que hercúlea tarefa foi essa? Experimentar os melhores terraços de Lisboa. E quando dizemos experimentar, dizemos sentar em confortáveis cadeiras, provar fresquíssimas ostras, bebericar magníficos cocktails, apreciar espantosas vistas. Pode parecer um agradável prazer, mas é trabalho. E como isso só nos fica bem, temos de nos queixar do trabalho.