Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

quem precisa de uma ideia fácil e original para um jantar de cerimónia? folhado de galinha dentro de uma caneca

Não pense que este texto é apenas para todos os solteirões e solteironas por esse país fora. Não, senhor. E, já agora, não, senhora também. Este texto dirige-se a todo e qualquer ser humano que queira jantar sozinho ou acompanhado. Em silêncio ou em barulho. A olhar para o telemóvel ou a fazer olhinhos. Por muito que possa parecer que não, esta é uma receita universal, global e total. Se servir um consomé num jantar de cerimónia é o pináculo da chiqueza urbana, porque é que não se há-de servir este divinal folhado em doses individuais dentro de pequenas canecas em vez de fazer a travessa familiar do costume? Hã? Responda! Não fala?! É o costume. Pois... Não tem resposta, não é? Calculei... E foi por isso que me encantei com esta fabulosa receita do fantástico blog Dance on Flour. Cá em casa é para fazer no próximo jantar com convidados. Ai é, é.

P8070564.jpg