Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

e o vencedor é… este smoothie de frutos vermelhos, gengibre e tahine

Estou cada vez mais fã de smoothies. São fáceis de fazer, fáceis de improvisar e fáceis de gostar. São o pequeno-almoço ideal para os dias de semana. Não sei se lhe acontece também, mas as minhas manhãs antes de sair de casa passam a correr. Os ponteiros do relógio aceleram a um ritmo estonteante e, quando dou por mim, estou atrasada. Que nervos! Por isso, os nossos pequenos-almoços têm de ser fáceis, rápidos de preparar e, claro, saudáveis.

Este smoothie, que encontrei no blog Green Kitchen Stories, não tem açúcar nem glúten e demora menos de cinco minutos a preparar. Só precisa de uma banana, meio abacate, tâmaras, gengibre, cardamomo em pó, molho tahine, framboesas e amoras congeladas e leite de aveia ou de amêndoa.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Berry_tahini_smoothie.jpg

 

 

não leva batata, mas leva cenoura, gengibre e leite de coco! é a sopa perfeita para dias de chuva

Tudo o que me apetece com um tempo destes é chegar a casa e mergulhar nos braços da minha querida e estimada Sopa Mistério. E então se for quentinha, light e ajudar a combater gripes e afins, acho que consigo reunir o apoio de toda a família – crianças incluídas.

Esta delícia do fabuloso blog Dishing Up the Dirt consegue juntar os poderes sobrehumanos da cenoura às capacidades estratosféricas do gengibre. E é assim que nasce uma sopa cremosa, leve (não tem batata) e fantástica para nos ajudar a aquecer em dias de frio e chuva. Além disso, junta o sabor adocicado da cenoura assada ao toque picante do gengibre fresco. E, claro, é fácil de fazer. Como vê, são dezenas de qualidades num único prato de sopa.

Tudo o que precisa para fazer esta maravilha é de cenouras com casca cortadas em pedaços, cebola cortada em quatro, alho, tomilho, caldo de legumes, gengibre ralado e leite de coco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Carrot-Ginger-Soup3-better-680x1024.jpg

 

hoje é dia de não perder mais de 15 minutos na cozinha com o jantar (e por isso temos esta turbo-receita)

Quinze minutos não chegavam sequer para Fidel Castro dar as boas-noites em cada discurso que fazia. No entanto, é todo o tempo de que eu preciso para fazer este divinal jantar de camarões salteados com brócolos, caju e gengibre.

O gengibre tem o efeito detox que deixa a minha querida Mulher Mistério feliz. Os cajus ajudam à dieta, o que a deixa radiante. Os brócolos são vegetais, o que a deixa à beira da euforia. E o camarão não a deixa nada – deixa-me a mim exultante (que também mereço alguma consideração nesta casa, ou não?). Todos estes ingredientes estão juntinhos e aconchegados nesta fabulosa receita do fantástico blog Eat Drink Paleo.

Tudo o que vou precisar para fazer esta delícia é de camarão descascado, alho picado, brócolos, cajus tostados, óleo de coco, gengibre fresco ralado, molho de soja, molho de peixe, óleo de sésamo, mel, sumo de limão espremido no momento e meia malagueta picada se gostar de picante. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

paleo-shrimp-stir-fry-cashews-broccoli-800-2.jpg

 

 

smoothie verde de banana e gengibre para recuperar dos excessos do fim-de-semana

Depois de beber este smoothie detox vou ficar mais turbinada do que a Ana Malhoa. É este o meu objetivo para este ano. Estou a brincar. Não sonho tão alto. Só queria mesmo emagrecer! E este smoothie ligeiramente picante que descobri no blog Fooduzzi vai ajudar-me a combater a fome e a começar esta semana cheia de saúde e energia. Demora 5 minutos a fazer, por isso, ainda vai a tempo de o preparar antes de sair de casa.

Só vai precisar de uma banana congelada cortada às rodelas, espinafres, gengibre ralado, canela, leite de amêndoa, gelo, sementes de chia e granola para usar como topping. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 a 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

ginger-banana-smoothie-2.jpg

 

 

5 smoothies com gengibre para uma semana de dieta

Eu sei que estou ligeiramente obcecada por gengibre mas desde que descobri os benefícios desta exótica raiz que não quero outra coisa para me ajudar na minha longa e dolorosa dieta. Além de prevenir uma série de doenças, é anti-inflamatório e antioxidante, mas mais importante ainda: acelera o metabolismo. Não pense que estou a falar daquele gengibre de conserva horroroso que costuma vir nos pratos nos restaurantes japoneses. Nãaaaao! Falo de gengibre fresco cujo sabor nada tem a ver com aquela… coisa.

Como estou empenhada na minha eterna dieta, resolvi pesquisar por essa internet fora smoothies que contenham gengibre para ir experimentando ao longo da semana e aqui fica o meu top 5.

 

Smoothie de Gengibre e Beterraba 

1 (1).jpg

É quase um crime beber este smoothie do blog Eat This. É lindo de morrer. Leva meia beterraba fresca, meia romã, 1 cenoura, 2 laranjas, 3 tâmaras secas, 1 cm de gengibre, 150 ml de água fria e 4 cubos de gelo, e dá para dois smoothies grandes. Descasque a beterraba e corte-a em pedaços. Retire as sementes de romã da casca. Depois corte a cenoura aos bocados, descasque a laranja e o gengibre. Misture tudo no liquidificador e delicie-se.

 

 

5 águas detox para uma semana de pequenos-almoços light

a8d816036507a0b3a1179b7d3d50dac0.jpg

É a grande obsessão deste ano. Logo a seguir à passagem de ano, a minha querida Mulher Mistério obrigou-me a fazer uma água com limão e gengibre para ajudar a limpar o organismo das loucuras do Natal. E a verdade é que sabe lindamente beber aquilo de manhã, em jejum.

A acidez do limão misturada com o picante do gengibre (eu ralo o gengibre fresco para se sentir mais o seu sabor) dá uma sensação de frescura e de leveza que se torna quase viciante. A partir daí, comecei a preparar essa água todos os dias de manhã. E depois comecei a fazer pequenas variações: acrescentar manjericão, pimenta rosa, zimbro e tudo o que dê mais sabor e frescura à água.

Também fica delicioso se substituir o limão por lima, laranja ou maçã. Se acrescentar pepino, canela ou outras especiarias. Enfim, acho que me tornei obcecado por águas detox. Vai ver como lhe sabem bem em jejum ou a acompanhar o pequeno-almoço. E por isso aqui ficam 5 receitas para experimentar ao longo da próxima semana.

 

 

diga bom dia com este pudim de chia com gengibre, pistácios e bagas de goji (assim vale a pena estar de dieta)

Sabia que o gengibre acelera o metabolismo, queima toxinas e ajuda na digestão? E que a chia ajuda a emagrecer, melhora o trânsito intestinal e o colesterol, e diminui o apetite, porque é rica em fibras e vitaminas?

Desde que estou de dieta, tenho descoberto ingredientes absolutamente milagrosos que entraram rapidamente para o top dos mais usados na Mansão Mistério. Dois deles estão nesta receita divinal que descobri no blog The Full Helping. Pois, claro. Adivinhou. São precisamente o gengibre e a chia. Cá em casa, já temos um jarro só de água com limão e gengibre para irmos bebendo. E todos adoram, crianças e tudo!

Para fazer este incrível pequeno-almoço, só vou precisar de leite de amêndoa, gengibre fresco ralado, raspas de uma laranja, sumo de laranja, xarope de ácer, sementes de chia, pistácios descascados e bagas de goji (que também é um poderoso antioxidante! Estou insuportável, não estou? Eu sei, mas preciso de auto-motivação). Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 taças pequenas ou 2 grandes, espreite aqui a receita original.

IMG_9071.jpg

 

 

papas de aveia com coco e sumo de beterraba, a forma mais saudável de começar a semana

Esta receita eleva as papas de aveia a todo um outro nível. Além de ficarem lindas de morrer graças à cor da beterraba, são praticamente um remédio em forma de pequeno-almoço. E não estou a falar só da aveia! Esta receita do blog The Awesome Green inclui gengibre, esse ingrediente milagroso que basicamente faz bem a tudo: é antioxidante, anti-inflamatório, acelera o metabolismo e ajuda a emagrecer. Além disso, a beterraba ainda tem muitos benefícios: é pouco calórica, também tem propriedades antioxidantes e é rica em fibras e sais minerais como o ferro, o potássio e o magnésio. Por isso, nada melhor do que começar a semana com um pequeno-almoço híper saudável com apenas 218 calorias! Leu bem: 218 calorias! Vamos a isso?

Só precisa de flocos de aveia, sementes de chia, água purificada, leite de coco, duas beterrabas descascadas, gengibre descascado, sementes de romã e xarope de ácer. Para decorar as suas papas de aveia, separe fruta fresca, pólen de abelha e flocos de coco tostados.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 3 pessoas, espreite aqui a receita original.

Overnight-Oats.jpg

 

 

lombo de bacalhau no forno com leite de coco e gengibre, uma receita só com 5 ingredientes

Confesso: estou obcecado com molhos à base de leite de coco, gengibre e caril. Podia estar obcecado por me tornar no 21º administrador da Caixa Geral de Depósitos, mas não. Deu-me para isto. Depois dessa divinal receita de camarão com molho de coco e gengibre (veja aqui como é tão fácil de fazer), mergulhei de cabeça nas profundezas da Internet à procura do melhor, mais simples e mais rápido jantar com esse imbatível molho que a Humanidade produziu.

Trata-se de um delicadíssimo lombo de bacalhau cozido no forno com o tal molho-maravilha. A receita é do genial blog Simply Whisked e leva apenas cinco míseros ingredientes: lombo de bacalhau, leite de coco, gengibre ralado, caril e coentros picados – além, claro, de flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

5-Ingredient-Baked-Coconut-Curry-Cod-2.jpg

 

camarão com molho de coco e gengibre, um jantar saudável para fazer em meia-hora

Segunda-feira é sempre um dia difícil. Quando damos de caras com o computador às 9h e notamos que o fim-de-semana já acabou. Quando a primeira pessoa que vemos de manhã é o colega do lado numa praia das Bahamas e percebemos que o Instagram pode ser cruel a relembrar-nos permanentemente que há gente de férias enquanto nós estamos a trabalhar. Quando constatamos que a única saída para um dia de profunda depressão pós-férias em Agosto é um repimpado jantar em casa. E é nesse preciso momento que nós entramos em acção: não para lhe fazer o repasto, mas para lhe dar a receita – para guiar as suas mãos pelos mistérios da culinária tailandesa.

E para isso contamos com a preciosa ajuda do blog How Sweet It Is que inventou esta divinal receita de camarão com molho de coco que se prepara nuns míseros 35 minutos. Tudo o que vai precisar é de óleo de coco, camarão grande, cebola às fatias, pimentos (encarnados e amarelos) às fatias, alho picado, gengibre ralado, caril, ervilhas, leite de coco, coentros picados, cebolinho picado, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

shrimp-curry-I-howsweeteats.com-7.jpg

 

vai uma limonada de gengibre para resistir ao mau tempo?

Com que então estávamos convencidos de que era Primavera, hã? Se 15 graus de temperatura máxima em Lisboa e 13 no Porto forem Primavera para si, então está com sorte. Se preferir calor e céu sem nuvens, temos pena, interrompemos a Primavera por uns instantes e retomamos a emissão dentro de momentos.

É para agradar a toda a gente (quem está feliz com este tempo e quem não está) que falo desta magnífica limonada de gengibre, descoberta no fabuloso (já que não posso elogiar o tempo, gasto todos os adjectivos aqui) blog Love and Olive Oil. É fresca para os poucos minutos de sol e picante para tratar a sinusite causada pela chuva e pelas nuvens. Além de tudo, é fácil de fazer, o que agrada a toda a gente.

Eu, que nem sou grande fã de gengibre (o responsável pela parte picante da limonada), adorei.

 

brûlée de manga, uma sobremesa maravilhosa para fazer em cinco minutos

Eu já sei: Ela está de dieta e fotografias destas não ajudam. Mas temos de ser razoáveis: 50 gramas de açúcar a dividir por quatro dá a módica quantia de 12,5 gramas de açúcar por pessoa. Arrendondando, é um pacote de açúcar mais coisa menos coisa (se calhar, um pouco mais a puxar para o "mais coisa" do que para o "menos coisa"). Mas não é dramático, pois não? E, ainda por cima, é açúcar de cana integral! É claro que a manga também tem algum açúcar e as frutas tropicais são o pior que pode acontecer a uma árdua dieta, mas daqui a nada a rapariga engorda só de respirar o ar à porta dos Pastéis de Belém. 

Como diria o arrumador de carros aqui da rua, "vá lá ver, um dia não são meses". Por isso, decidi avançar convictamente para esta sobremesa semi-light e hiper-simples que descobri no maravilhoso blog Dine&Dish.

Mango-Brulee.jpg

Ingredientes 

  • 2 mangas
  • 50 g de açúcar de cana integral
  • 1/8 de colher de chá de gengibre ralado
  • 1/4 de colher de chá de canela em pó
  • 1 pitada de noz-moscada moída

 

Corte a manga ao meio mesmo junto aos dois lados do caroço. Coloque de parte a fruta que sai com o caroço e aproveite-a para outra receita qualquer. Misture os outros ingredientes numa taça e espalhe-os por cima das quatro metades de manga: confirme se as metades estão direitas, caso contrário o açúcar vai escorrer para fora. A seguir, derreta a parte superior da manga com um maçarico para cozinha – ou leve-a ao forno com o grelhador ligado durante três minutos (bem próxima da parte superior).

Diga lá se não vale a pena esta pequena transgressão na dieta para comer uma maravilha assim.

 

Uma boa sobremesa para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita e fotos: dine&dish

sugestão para a dieta: bolachas de gengibre sem açúcar

Tenho de confessar duas coisas. Primeiro, não gosto de gengibre. Segundo, não gosto de dietas. Foi, por isso, com um intenso mau humor que vi entrar cá em casa um pacote de bolachas de gengibre sem açúcar. (Oh, Deus, o que é que passa pela cabeça das mulheres a partir do início da Primavera?!) Mas, a verdade é que tive de reconhecer uma coisa: há bolachas boas sem açúcar. E depois outra: também há bolachas boas de gengibre. E mais difícil ainda de reconhecer: há bolachas boas de gengibre, sem açúcar.

As responsáveis por esta mudança radical na minha vida foram as Simpkins Ginger Biscuits, uma marca inglesa que produz bolachas desde 1921 e que, como quase todas as marcas inglesas de biscoitos, bolinhos e outras coisas que se comem com o chá, tem umas embalagens com óptimo aspecto que nos dão vontade de aspirar um pacote seguido em 30 segundos.

A verdade e que as Simpkins são doces e conseguem misturar o sabor típico da bolacha com um toque apimentado do gengibre. É uma óptima escolha para quem está de dieta e não quer deixar de comer (situação em que infelizmente me encontro porque produtos calóricos deixaram de entrar cá em casa). Segundo parece, as Simpkins vendem-se no Celeiro, uma loja de comida que, nunca percebi bem porquê tem empregadas vestidas com uma bata branca de dentista em fim de carreira. E é melhor acabar por aqui para não ter de falar do cheiro a remédio dos corredores…

Uma boa dieta para si, onde quer que esteja,

Ele