Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

breaking news: fiz o plano detox três dias go natural... quer saber se emagreci?

Como estamos a oferecer esta semana dois planos detox de 5 dias, com todas as refeições incluídas, e uma consulta de nutrição grátis, a Go Natural desafiou-me a experimentar – eu mesma – um dos planos. Eu ainda tentei explicar que sou um caso perdido, porque um dia típico de dieta meu resume-se a passar fome de manhã, cair na tentação à tarde e desgraçar-me à noite. Mas, como o verão se aproxima a passos largos, decidi experimentar.

Optei pelo plano de 3 dias porque infelizmente o meu querido Marido Mistério consegue estragar-me todas as dietas a médio e longo prazo. Basicamente este plano tem sumos com toppings de sementes ao pequeno-almoço e ao lanche, uma sopa e uma refeição sem hidratos ao almoço e uma sopa e uma mini salada ao jantar. E, minhas senhoras e meus senhores, não vão acreditar no que tenho para vos anunciar: é um exagero de comida. Eu não consegui comer tudo! E, para eu não conseguir comer tudo, digo-vos uma coisa: estamos a falar de muuuita comida.

10579979_734858869904448_6041286300498083459_n (1)

Dia 1 - Domingo

O meu primeiro dia começou com dois sumos: Lucia Love (laranja, cenoura, beterraba, maçã, limão e infusão de lucia-lima), com apenas 70 calorias, e o Goji Bellies (cenoura, maçã, gengibre e infusão de goji), com 93 calorias. Juntei-lhes 5 g (uma colher de chá) de topping para os sumos que incluem sementes de linhaça castanhas e sementes de chia. Achei os dois igualmente bons: o Lucia Love, além de ter uma cor apetitosa, tem um ligeiro sabor a laranja, o que adorei. Mas o Goji Bellies é uma agradável surpresa, com um delicioso e doce toque a cenoura.

A acompanhar, comi um saquinho de frutos secos. Fiquei lindamente apesar de os meus filhos terem tido a lata de me pedirem para experimentar os meus sumos ao mesmo tempo que devoravam torradas com queijo fresco e bolo de iogurte. Consegui resistir às tentações mas fui logo gozada pela minha querida Família Mistério só porque roubei uma fatia quase transparente de queijo fresco. Mas rapidamente me justifiquei:

- Compensa os golos que vocês deram nos meus sumos! 

 

 

como a minha filosofia de vida mudou graças ao novo go natural do colombo

O Go Natural já existe há dez anos. (Que medo: lembro-me como se fosse hoje da abertura da primeira loja). Durante estes dez anos, cresceu, criou novas receitas, introduziu o sushi e reinventou-se. Com a minha obsessão pelas dietas, sempre fui uma cliente mais ou menos fiel. Optava quase sempre pelas sopas, pelas saladas ou pelos wraps. Confesso que sou muito “grab and go” à hora de almoço. Mas agora, tudo mudou. E alterei a minha filosofia de vida para o “grab and stay”. Isto porque o Go Natural teve a brilhante ideia de passar da embalagem para o prato (Aleluia!) e estreou este novo conceito no Alegro, em Alfragide, e mais recentemente na loja do Colombo. Aqui os pratos são preparados no momento, e nós podemos ver o chef a trabalhar na cozinha. E temos duas opções: escolher os ingredientes e fazer a nossa própria salada ou pedir ao chef para nos preparar um dos pratos do dia. É todo um mundo novo que vale a pena explorar. A loja no Colombo até parece maior com a cozinha à vista de todos. E no final, vai ver que o seu prato vai acabar assim:

E não é que já me viciei em dois pratos? A salada de tataki de salmão com rebentos de soja e wasabi peas (para aqueles dias em que não tenho muita fome) e os couscous de camarão com legumes salteados (para aqueles dias em que tenho alguma fome). A salada é leve e o salmão super fresco. As wasabi peas poderiam ser o dobro que não sobraria nenhuma. Os couscous são ótimos e os legumes salteados combinam na perfeição com os camarões que, diga-se, se fossem mais também não sobraria nenhum no prato. Fora as massas e os outros pratos feitos na altura que, neste momento difícil da minha vida (já vos disse que estou de dieta… outra vez?), não posso nem olhar para não cair em tentação.

O bom

O serviço, que é rápido e atencioso

 

O mau

As embalagens (depois de experimentar os pratos feitos na hora, não consigo voltar às massas embaladas)

 

O ótimo

A salada de tataki de salmão com rebentos de soja e wasabi peas

 

Go Natural, que tal alastrar o novo conceito a todas as lojas? Agradecida.

Ela