Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

spaghetti integral com molho de cogumelos, um jantar delicioso para fazer em 20 minutos

Desde que uma amiga me disse que o truque para uma dieta eficaz é nunca, em momento algum, misturar hidratos com proteínas, eu pensei cá para mim:

– Ah, então posso comer massa com cogumelos, por exemplo!

Erro. Fui investigar e descobri que os cogumelos afinal têm proteínas. Paciência. Estava cheia de desejos de fazer esta massa do ótimo blog Pinch of Yum para o jantar e vou fazer à mesma. Só que como num prato de sobremesa. Talvez resulte. Ou talvez não.

Enfim, quando digo que eu vou fazer é obviamente uma força de expressão. Eu vou sugerir delicadamente ao meu querido Marido Mistério que esta seria uma excelente receita para o jantar.

Ele só vai precisar de massa integral (pode ser spaghetti ou linguine, por exemplo), manteiga, alho, cogumelos frescos fatiados, farinha ou farinha integral, ervas de provence, leite, sal e pimenta, azeite, água (também pode usar caldo de legumes ou leite) e salsa fresca.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

mushroom-spaghetti-3-600x975.jpg

 

 

bolachas integrais só com um ingrediente: a receita mais minimalista do universo

Cada vez que vejo uma receita só com um ingrediente, os meus cabelos alouram quase tão rapidamente como os do Jorge Jesus em dia de cabeleireiro – é uma felicidade intergaláctica! Mas como as receitas deliciosas só com um ingrediente não são tão frequentes como eu gostaria, infelizmente mantenho o meu cabelo grisalho intocável. Ou mantinha. Até hoje.

Ao abrir aquele que é, para mim, um dos melhores livros de culinária alguma vez produzidos (Genius Recipes, do blog Food52 e disponível aqui), encontrei esta fabulosa receita de bolachas integrais só com um ingrediente. A inigualável receita é do chef americano Dan Barber e não leva nada além de um cereal integral e um pouco de flor de sal. Não há cá manteiga, não há cá óleo, não há cá farinha, não há cá nada que se interponha entre o meu abdómen e a minha balança. Se quer falar de uma receita simples e light, está à hora certa no blog certo.

A versão que eu experimentei foi preparada pelo blog Hayden Flour Mills e é uma verdadeira homenagem à genialidade simples – ou à simplicidade genial, como preferir. O autor usou freekeh, uma espécie de trigo verde super saudável e que está muito na moda nos Estados Unidos. Mas pode colocar farro, espelta ou qualquer cereal integral.

transferir.jpeg

 

 

3 maneiras deliciosas de animar uma torrada de pão integral

Vamos lá aqui admitir uma coisa simples: o pão integral não é propriamente a coisa mais saborosa do mundo, pois não? Calculei. Antes dele, temos o pão alentejano, o pão de Mafra, a broa de milho, a broa de Avintes, o pão de leite, o brioche, o fofinho e todos os outros pães que eu devorava já aqui, neste preciso momento, sem pensar dois segundos nas consequências.

Mas o pão integral faz parte dos sacrifícios essenciais de quem aspira a ter uma barriga que se consiga sentar ao volante de um Smart. E foi por isso num estado de profunda euforia que eu encontrei esta indispensável lista do sempre útil Buzzfeed: 14 receitas de tostas e sanduíches que tornam o pão integral num sacrifício ligeiramente menos penoso. Eu escolhi as três melhores para começar a adoptar urgentemente cá em casa.

 

Torrada de Pão Integral com Ovo Escalfado

ovo-poche-torrada-integral_0.jpg

Pão, manteiga light e ovo escalfado com sumo de limão. Se preferir, substitua a manteiga light por abacate – também fica delicioso. A receita, tal como a foto, é do site M de Mulher e só tem 80 calorias. Veja o modo de preparação aqui.

 

 

 

uma pizza super-saudável para o dia da criança

Dia da Criança sem pizza é mais Dia do Bisavô do que outra coisa qualquer, não é? Pois, eu calculei. Cá em casa a pressão começa umas semanas antes. Primeiro, pedem para ir ao McDonald's. Depois, sugerem um jantar só de Calipos. A seguir, já vão na Telepizza. A estratégia é inundarem-me de ideias absurdas para conseguirem alguma coisa minimamente razoável no fim. E vão conseguir. Este ano, como o Dia da Criança calha a uma segunda-feira, no epicentro da última semana de testes, não há cá jantares fora que Ela não deixa. Mas vai haver um prato especial. Não será seguramente Telepizza que eu ainda não estou pronto para mudar de residência para o Hospital Júlio de Matos. Mas vai ser pizza. E saudável. A receita é do incomparável site BBB Good Food, que é uma mina de receitas fáceis e saudáveis.

image.jpg

 

brûlée de manga, uma sobremesa maravilhosa para fazer em cinco minutos

Eu já sei: Ela está de dieta e fotografias destas não ajudam. Mas temos de ser razoáveis: 50 gramas de açúcar a dividir por quatro dá a módica quantia de 12,5 gramas de açúcar por pessoa. Arrendondando, é um pacote de açúcar mais coisa menos coisa (se calhar, um pouco mais a puxar para o "mais coisa" do que para o "menos coisa"). Mas não é dramático, pois não? E, ainda por cima, é açúcar de cana integral! É claro que a manga também tem algum açúcar e as frutas tropicais são o pior que pode acontecer a uma árdua dieta, mas daqui a nada a rapariga engorda só de respirar o ar à porta dos Pastéis de Belém. 

Como diria o arrumador de carros aqui da rua, "vá lá ver, um dia não são meses". Por isso, decidi avançar convictamente para esta sobremesa semi-light e hiper-simples que descobri no maravilhoso blog Dine&Dish.

Mango-Brulee.jpg

Ingredientes 

  • 2 mangas
  • 50 g de açúcar de cana integral
  • 1/8 de colher de chá de gengibre ralado
  • 1/4 de colher de chá de canela em pó
  • 1 pitada de noz-moscada moída

 

Corte a manga ao meio mesmo junto aos dois lados do caroço. Coloque de parte a fruta que sai com o caroço e aproveite-a para outra receita qualquer. Misture os outros ingredientes numa taça e espalhe-os por cima das quatro metades de manga: confirme se as metades estão direitas, caso contrário o açúcar vai escorrer para fora. A seguir, derreta a parte superior da manga com um maçarico para cozinha – ou leve-a ao forno com o grelhador ligado durante três minutos (bem próxima da parte superior).

Diga lá se não vale a pena esta pequena transgressão na dieta para comer uma maravilha assim.

 

Uma boa sobremesa para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita e fotos: dine&dish