Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

creme de chocolate, iogurte grego e mirtilos, uma sobremesa deliciosamente original para o seu fim de ano

Parece um iogurte mas é uma sobremesa maravilhosa. Primeiro porque tem uma apresentação tentadora, em camadas coloridas e apetitosas, depois porque junta dois dos meus ingredientes preferidos: chocolate e mirtilos. A receita, do blog Modern Taste, é muito fácil de fazer e é uma excelente ideia para o seu jantar de passagem de ano.

Para a camada de mirtilos, só precisa de mirtilos, iogurte grego, açúcar e gelatina. Para a camada de chocolate, precisa de queijo creme, chocolate preto, manteiga e açúcar em pó. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 5 pessoas, espreite aqui a receita original.

aefc6cbf2eb731ea19a5d13d20f9bc8a.jpg

 

 

a entrada que vai deixar a sua família embevecida neste natal: ovos recheados com iogurte grego e mostarda de dijon

Ovos-Recheados-6.jpg

Está desesperadamente à procura de uma entrada que deixe toda a família de queixo caído na noite de Natal? Quer uma receita tão deliciosa que revolucione para sempre o Natal em sua casa? E que, ainda por cima, seja light e tão espectacular como a Angelina Jolie depois de acordar? Ok, ou como o Brad Pitt de tronco nu?...

Então, tenho só três palavras para lhe dizer: ovos, iogurte e grego. E mostarda. E cebolinho. E paprika. Esta divinal entrada de Natal nasceu de mais um desafio que nos foi lançado pela magnífica Mostarda Maille de Dijon. Nós, cá em casa, adoramos todos mostarda (sim, até as crianças...) e a Maille desafiou-nos a criar uma entrada de Natal com mostarda de Dijon. O resultado são uns fantásticos ovos cozidos recheados com uma hiper-cremosa mistura de iogurte grego com Mostarda Maille de Dijon. Por cima, leva cebolinho e paprika salpicada.

E sabe o que é o melhor de tudo? Esta receita é tão fácil de fazer que, para a aprender, só precisa de um vídeo de 50 segundos. Espreite lá...

 

  

bolinhos saudáveis de beterraba e queijo feta, um lanche colorido ou um aperitivo original?

Parecem biscoitos mas na prática são bolinhos salgados, ou melhor, são fritos, mas não se assuste: estou a falar-lhe de fritos saudáveis e super coloridos, irresistíveis para qualquer criança. Esta receita do blog Sugar et Al é ideal para um lanche, um snack a meio do dia ou pode ser mesmo um requintado aperitivo. São bolinhos fáceis de fazer e simplesmente deliciosos. Além de que, se não gostar de beterraba (o que é uma pena porque a cor é imbatível) pode usar os seus legumes preferidos: ervilhas esmagadas, cenoura ralada, milho, tomate, couve, o que preferir!

Para fazer esta maravilha, vai precisar de ovos, farinha integral com fermento, leite, puré de beterraba assada no forno (passe-a pelo liquidificador depois de a assar no forno), queijo feta esmagado, tomilho fresco picado, sal e pimenta, azeite, e ainda: iogurte grego e molho pesto para servir. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_0988-740x1110.jpg

 

 

panquecas de banana, flocos de aveia e iogurte grego: será que encontrei o brunch mais fácil e saudável de sempre?

Não tenho palavras. Não sei bem o que dizer. Esta receita é boa demais para conversas de chacha. Umas panquecas feitas com iogurte grego já seriam qualquer coisa de indigno. Agora se lhes juntar banana e flocos de aveia em vez de farinha, então chegámos ao paraíso da comida saudável.

E, com isto, já estou com mais uma conversa de chacha. Esta receita do fantástico blog Running With Spoons exige o mesmo silêncio solene de um fado coimbrão. Por isso, passemos aos finalmentes.

Para fazer esta delícia, só vou precisar de iogurte grego, banana, flocos de aveia, ovos, leite de amêndoa, fermento, extracto de baunilha e mirtilos. Não há cá farinhas, açúcares e outras invenções do demónio. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Blueberry-Banana-Greek-Yogurt-Pancakes4.jpg

 

 

iogurte grego com granola de mirtilos, será que é desta que a minha vida vai mudar?

Uma das minhas melhores amigas decidiu que vai mudar a minha alimentação. Coitada. Ainda deposita esperança em mim. Meteu na cabeça que vai fazer todo um plano para a minha alimentação. Não que esteja gorda, longe disso, porque ela não se preocupa com esses pormenores irrelevantes. Mas sim, com a minha rica saúde. Tão amorosa. Ela, que se transformou num verdadeiro guru da alimentação saudável, acha que vai conseguir mudar os hábitos de um caso perdido como eu. Primeira regra, diz-me ela: faz uma taça colorida de manhã, com iogurte, fruta, sementes, granola.

Yes, sir. Os seus desejos são ordens. Hoje dei o primeiro passo para mudar de vida. Nada de leite e torradas ao pequeno-almoço e cumpri as ordens da minha amiga guru: fiz esta espetacular taça colorida que descobri no incrível blog Half Baked Harvest.

A receita é fácil mas requer alguma preparação. Isto de ser saudável dá trabalho.

Para a granola de mirtilos, precisei de flocos de aveia (o ideal é sem glúten), amêndoas picadas, sementes de abóbora, óleo de coco derretido, xarope de ácer ou mel, extrato de baunilha, bananas maduras esmagadas, raspas de um limão e mirtilos frescos.

Para compôr a taça, só precisei de um iogurte grego natural, fruta fresca (mirtilos, banana, maracujá, etc.), abacate cortado às fatias, frutos secos (amêndoas, pistácios) e sementes (cânhamo, chia), mel ou xarope de ácer e flores comestíveis (opcional).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Blueberry-Muffin-Granola-Greek-Yogurt-Breakfast-Bo

 

 

batata doce recheada com salmão fumado e molho de iogurte grego, a minha nova receita favorita

Eu sei que sou obcecada por batata doce. Também sei que adoro salmão. Mas quando uma receita junta na sua lista de ingredientes batata doce, salmão fumado e iogurte grego, é um encontro apoteótico, quase romântico, mais ou menos como juntar a Maria Leal e o Mister Gay num dueto. Estou a brincar. Isso é só assustador e esta receita do blog The Little Green Spoon é um sonho.

Só preciso de batata doce, iogurte grego, sumo de meio limão, alcaparras, salmão fumado, endro picado, azeite, sal e pimenta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_81102.jpg

 

 

o brunch mais saudável para este fim-de-semana: panquecas sem glúten feitas com iogurte grego e flocos de coco tostados

Acabou. Atingi todos os objectivos que tinha na vida: já tive um filho (na verdade, foi um pouco mais do que um), já plantei uma árvore e agora também já cozinhei uma panqueca com iogurte grego. É difícil encontrar alguma coisa melhor do que esta fabulosa combinação de iogurte grego, farinha de sorgo (é um cereal, não tem nada a ver com o sogro) e flocos de coco tostados. Ainda por cima, não leva açúcar refinado.

Esta maravilhosa invenção do blog Heartbeet Kitchen foi a estrela do nosso brunch de ontem e até teve direito à aprovação régia da guru das dietas, a minha querida e estimada Mulher Mistério. 

Tudo o que vai precisar para fazer esta maravilha é de farinha de sorgo, fermento, iogurte grego, leite, um ovo, sal, extracto de baunilha e vários toppings opcionais: kiwi, manteiga de coco (veja aqui como fazer), flocos de coco tostados e sementes de chia. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Fluffy-Gluten-Free-Pancakes-6-1.jpg

 

 

omelete com iogurte grego, molho picante e ervas aromáticas, uma receita deliciosa sem glúten

Depois de toda a polémica com o nosso último vídeo, decidi fazer um post consensual para deixar os nossos leitores mais tranquilos e os haters super maçados. Quem é que não gosta de uma belíssima omelete com esta extraordinária nuance que é um fio de iogurte por cima? Esta fantástica ideia do blog Edible Perspective tanto pode ser um ótimo brunch como um almoço ou um jantar de última hora. Só precisa de um iogurte natural ou grego (de preferência light, claro!), leite ou água, ovos, sal e pimenta preta moída, manteiga sem sal ou azeite, molho picante e ervas aromáticas frescas picadas, como salsa, cebolinho, endro ou estragão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 a 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Flat+Omelet+with+Yogurt,+Hot+Sauce,+and+Herbs+from

 

 

o jantar mais simples e delicioso do verão: macarrão com molho de queijo e iogurte grego para fazer em 15 minutos

O iogurte grego está para a minha vida assim como a mental coach está para a vida do Eder. É ele (o iogurte, não o Eder, claro) que me obriga a saltar todos os dias da cama e correr desenfreadamente para a cozinha em busca de um pequeno-almoço revigorante. É ele (ainda o iogurte...) que me anima as sobremesas ultra-light impostas pela minha querida Mulher Mistério. E foi ele (neste caso, o iogurte E o Eder) que transformou o meu Verão num sonho encantado.

No caso do iogurte, o coaching de Verão veio do fantástico blog Cooking ala Mel que me mostrou, através desta receita, como é tão fácil transformar um desinteressante macarrão com queijo num fabuloso, surpreendente e ligeiramente mais saudável jantar para a família. O segredo está no divinal molho de iogurte grego.

Tudo o que precisa para fazer esta delícia é de massa de cotovelinhos, queijo ralado (a autora da receita sugere cheddar, mas eu prefiro Queijo da Ilha), iogurte grego, espinafres baby, alho em pó, cebola em pó, flor de sal e pimenta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

9518964104_8480018652_c.jpg

 

um pequeno-almoço delicioso e saudável: barcos de papaia com iogurte grego, banana e mirtilos

Depois dos excessos dos últimos dias (Oh, meu Deus, o que eu fui fazer? Sardinhas, sangria, petiscos e mais sangria, uma desgraça!), hoje é dia de pequeno-almoço saudável para toda a família. Nem pão, nem manteiga nem leite. Hoje é dia de fruta, iogurte, granola e um fio de mel. Barcos de papaia com iogurte grego, banana e mirtilos, uma ideia genial do blog love and cupcakes. Esta receita é deliciosa, satisfaz os mais esfomeados e nem é preciso sujar taças ou pratos. Ideal para começar este domingo da melhor maneira.

papaya_boat_003.jpg

 

 

6 deliciosas receitas com iogurte grego para animar a sua semana

Se os iogurtes fossem gente, os gregos seriam certamente a elite das elites: os frequentadores de Ascot ou, melhor ainda, aquele grupo restrito que tomava gin tónico com a rainha-mãe, às 11h da manhã, no palácio de Buckingham. É, sem dúvida, o rei dos lacticínios. Além de simplesmente delicioso, é completo: é nutritivo e é cheio de proteínas e de gorduras saudáveis (existem?). Mas sejamos sinceros, é óbvio que engorda, porque infelizmente tudo o que é bom engorda.

Melhor do que comer um iogurte grego é descobrir receitas de pratos deliciosos cujo ingrediente fundamental é – adivinhem lá? – iogurte grego, pois claro. A sua textura super cremosa dá um sabor especial a pratos com queijo e pode mesmo substituir a malfadada maionese, essa sim uma bomba calórica totalmente dispensável. Aqui ficam as minhas seis receitas preferidas.

 

Sanduíche de Queijo Munster Grelhado com Maionese de Wasabi e Iogurte Grego

slide_374722_4374552_free.jpg

Porquê usar maionese quando pode usar iogurte grego. E até pode ser iogurte grego light. Nesta receita, faça uma maionese de wasabi super saudável com o iogurte grego. Depois junte abacate, queijo e espinafres baby e já está. Aprenda todos os detalhes aqui.

 

figos caramelizados com iogurte grego, pistácios e mel: a minha desgraça ao pequeno-almoço (parte mil e uma)

Já aqui partilhei a minha paixão assolapada por figos. Já falei tantas vezes desta minha loucura que estive em sério risco de ser desmascarada. No outro dia, uma amiga minha de infância ligou-me, excitadíssima:

- Não acredito que tu és a Ela do Casal Mistério?

- Eu? Que disparate! Porquê?

- Porque és a única pessoa que conheço que gosta de figos dessa maneira.

- Olha, pelos vistos, somos duas.

E disfarcei a conversa. O que vale é que cada vez que falamos, temos tanto assunto, tanto tema para debater (não, infelizmente não é nem o Brexit nem o Donald Trump, são seguramente temas tão ou mais interessantes), que rapidamente passei para o seguinte. Mas o que é facto é que não fui apanhada por um… figo. Peço desculpa pelo péssimo trocadilho, mas não resisti, tal como, infelizmente para a minha dieta, não vou conseguir resistir a esta maravilha que descobri no site da inigualável Martha Stewart.

image.jpeg

 

iogurte com frutos vermelhos, pistácios e mel para começar o dia da melhor maneira

O meu querido Marido Mistério anda à beira de um ataque de nervos. Como se não bastasse o empate de ontem frente à Islândia e as minhas intermináveis dietas, a nossa filha adolescente aderiu à moda dos iogurtes saudáveis. Só que tal mãe, tal filha… e também ela faz umas dietas digamos assim… peculiares. Por isso, quando hoje de manhã cheguei à cozinha, estava ela toda contente a fazer esta receita do blog The Bojon Gourmet. E, em boa hora, cheguei porque troquei alguns dos ingredientes mais calóricos da receita original.

Só precisa de uma mistura de frutos vermelhos (amoras, mirtilos, framboesas e morangos), mel e vinagre balsâmico, natas (dispensei, claro!), iogurte grego natural, extrato de baunilha, açúcar (eu optei por mel, mas também pode usar stevia) e para decorar: pólen de abelha e pistácios picados (ou outros frutos secos da sua preferência). Se quiser saber a quantidade certa de cada ingrediente, para 3 a 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

image.jpeg

 

4 maneiras diferentes de transformar um abacate num snack saudável e delicioso

Ontem enfrentei estoicamente o dia que andava a evitar: estreei-me na praia com os meus 6 quilos a mais. Um terror. Mas foi com grande alívio que não me senti sozinha neste mundo cruel. Estava cercada por corpos brancos e flácidos por todos os lados exceto à minha direita: onde estava o meu querido Marido Mistério a bronzear o seu corpo atlético e turbinado. Mas enfrentei a dura realidade: já inaugurei a época balnear e ainda não emagreci tudo o que preciso…

Está na altura de tomar medidas drásticas e, em boa hora, descobri estas receitas saudáveis do blog Salt and Lavender. Com apenas dois abacates e uns toppings originais se fazem uns deliciosos snacks, super compatíveis com a minha dieta. Para as quatro versões, comece por cortar os abacates ao meio e retirar-lhes o caroço.

avocadohalves1.jpg

 

abóbora assada no forno com iogurte grego, mel e nozes pecan: um pequeno-almoço delicioso e original

OK. Admito. Não é propriamente um pequeno-almoço para um dia de semana, sobretudo para pessoas como eu, que vivem a correr, mas fica a dica para o próximo fim-de-semana. Esta receita do fantástico blog Ambitious Kitchen demora cerca de uma hora a fazer… mas vale tanto a pena! Além de ser super saudável, não tem glúten, é vegetariana e é incrivelmente saborosa. Só precisa  de uma abóbora minimoranga, óleo de coco, canela, açúcar mascavado, iogurte grego natural, mel e nozes pecan picadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

2-IMG_5678.jpg