Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

7 toppings originais para transformar o seu iogurte natural num lanche gourmet

Uma taça de iogurte natural (para os pobres que estão de dieta como eu) ou de iogurte grego (para os sortudos que não estão de dieta como o meu querido Marido Mistério) é sempre uma boa solução para um rápido pequeno-almoço ou lanche. Mas ao fim de algum tempo, torna-se desenxabido. Por essa razão, o site The Kitchn fez uma seleção de 12 ingredientes para fazer um upgrade ao seu iogurte. Além de óbvia granola (que fica sempre bem), essa bíblia da cozinha sugere um ou outro mais previsível como doce de morango ou de alperce, mas surpreende com outros ingredientes originais e salgados.

Os doces e as compotas bem como o molho de caramelo são obviamente deliciosos mas estão fora de questão porque significariam o fim da minha dieta. Mais grave ainda são as últimas sugestões: amêndoas caramelizadas e pipocas. Deve ficar ótimo mas também são uma bomba calórica!

Por isso aqui ficam as minhas preferidas, tendo em conta dois critérios: a originalidade a minha fatídica dieta!

255405740cca79a935d9cb0a986a98c027651651.jpeg

 

 

banana split com iogurte grego e amêndoas laminadas, um pequeno-almoço rápido e saudável para um dia de semana

A minha querida mãe vive obcecada com os meus filhos. Não sei se vos acontece o mesmo. Telefona-me todos os dias e faz invariavelmente as mesmas perguntas:

– O X tomou o ben-u-ron?

– O que é que o Y jantou ontem?

– Não é melhor o Z não ir à natação? Está muito frio…

Ultimamente, mudou o chip para embirrar com a minha dieta:

– Coitadinhas dessas crianças, não comem nada de jeito com essa obsessão pela dieta. Os "piquenos" precisam de se alimentar…

O pior é que a nossa equipa de futsal ouve estas conversas e aproveita para se revoltar e exigir o fim da minha dieta. Por isso, hoje vou calá-los de vez (e à minha dócil mãe) com este espetacular pequeno-almoço que, além de facílimo de fazer, até é saudável. Quero ver se refilam quando virem esta receita que descobri no fantástico The Kitchn e que é uma delícia.

531a314d697ab06db3002d12__w_540_s_fit_.jpg

 

omelete grega de quinoa com queijo feta e molho tzatziki, um brunch de sonho para este domingo

Tenho de fazer uma confissão em público: há dias em que me vejo grega para aturar o meu querido Marido Mistério. E nesses dias de sofrimento doloroso e profundo, nada melhor do que fazer uma omelete grega para o pequeno-almoço, para o almoço ou para o jantar – ou, para os três, se for preciso.

Esta fantástica receita descobri-a há uns tempos no ainda mais fantástico blog Half Baked Harvest, de que eu gosto quase tanto como do meu querido Marido Mistério – nãaaa, é mentira claro. Adoro o meu querido Marido Mistério. Mas se o puder ter a ele e a esta omelete, então cheguei ao paraíso.

Esta delícia consegue misturar queijo feta, quinoa e molho tzatziki. Depois leva tudo o que eu adoro: tomate seco, pimento assado, alcachofras marinadas, azeitonas e pinhões. Além dos ovos, claro.

Pode comprar o molho tzatziki já pronto, no supermercado, ou pode fazê-lo em casa. Se quiser fazê-lo, vai precisar de iogurte grego, pepino picado, sem pele e sem sementes, alho picado, endro seco, óregãos secos, sumo de limão fresco e azeite extra-virgem.

Depois, para a omelete vai precisar de ovos, leite, manteiga, quinoa cozinhada, espinafres frescos cortados, azeitonas sem caroço e partidas ao meio, pimento assado picado, corações de alcachofra picados, tomate seco em azeite, alho picado, óregãos, manjericão seco, queijo feita esmagado, pinhões tostados, tomatinhos cherry, abacate, flor de sal e pimenta. Parece que tem de comprar o supermercado inteiro, não é? Mas garanto-lhe que é uma delícia. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Greek-Quinoa-Dinner-Omelets-with-Feta-and-Tzatziki

 

5 pequenos-almoços saudáveis para fazer em menos de 5 minutos

f2cdfca6_Acai-Bowl-THUMB.xxxlarge_2x.jpg

Ontem cheguei à cozinha às 7h30 da manhã, para tomar o pequeno-almoço ainda meio estremunhado, e estava um dos meus queridos e dilectos Filhos Mistério impecavelmente sentado à mesa, a deliciar-se com uma torrada de pão de espelta com uma pasta feita de abacate, flor de sal e um fio de azeite extra-virgem.

Não sei em que parte da educação é que eu acertei para ter filhos que acordam às 7h da manhã, com tempo para fazerem pequenos-almoços saudáveis e requintados capazes de fazer corar de inveja os bisnetos do Paul Bocusse (sim, somos de gerações diferentes).

No entanto, sei que eu nunca terei mais do que cinco minutos de manhã, aos dias de semana, para comer qualquer coisa enquanto acabo de me pentear à frente do microondas. E será que isso quer dizer que tenho de comer torradas carregadas de manteiga de segunda a sexta-feira? Claro que não. Especialmente porque existe um site como o Popsugar que gasta grande parte das suas energias a juntar as mais fáceis, deliciosas e saudáveis receitas que a Humanidade já conheceu.

Estas são as melhores receitas que prepararam para o pequeno-almoço. Sugestões cheias de fibras e de proteínas, que demoram tanto tempo a preparar como torrar uma fatia de pão. 

 

iogurte gelado de beterraba e mel, uma receita saudável com apenas 3 ingredientes

Prepare-se para entrar numa outra dimensão. Esta receita, do blog My Diary of Us, é das mais surpreendentes e originais que descobri nos últimos tempos. Que maravilha! Pode ser um ótimo lanche ou uma espetacular sobremesa num jantar de cerimónia. Já viu a vistaça que faria? A cor desta receita é imbatível! Bendita beterraba que dá uma cor inconfundível e apetitosa a qualquer prato.

Sabia que quando as beterrabas são assadas ficam caramelizadas? Pois é, e o resultado é esta espetacular sobremesa com apenas 3 ingredientes: iogurte grego, beterraba e mel, além, claro, do azeite e de uma pitada de sal.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Honey+and+Beet+Frozen+Yogurt-+My+Diary+of+Us.jpeg

 

 

iogurte grego com mel e granola de tandoori, o brunch mais exótico de sempre para digerir a noite dos óscares

Colocar especiarias picantes num iogurte de pequeno-almoço é quase o mesmo do que ter uma música do Serafim Saudade a abrir o La La Land. Eu sei, pode parecer estranho, mas acredite que vai ser divertido. E como eu sou um homem de loucuras (especialmente depois de ficar acordado até às 5h da manhã para ver o nome do vencedor do Óscar de melhor filme ter sido trocado), estou disposto a experimentar esta arrojada receita, que encontrei no site Pure Now, para o pequeno-almoço de hoje.

A receita é do concorrente do Top Chef Richard Blais e tudo o que precisa é de iogurte grego, especiarias tandoori masala, mel, granola, fruta fresca (morangos, kiwi, banana ou o que preferir), fruta congelada (a combinação que lhe apetecer), manjericão e hortelã. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

GreekYogurt549x305.jpg

 

 

papas de aveia com banana caramelizada: hoje é para a desgraça!

Estou tão cansada, tão cansada que acho que vou antecipar o meu Dia da Asneira já para hoje. Estou a precisar de um bom pequeno-almoço para me dar forças. Vou ter mais um dia daqueles, cheia de trabalho e mil coisas para fazer ao mesmo tempo, por isso, recomeço a dieta ao almoço. Não me crucifique, já me chegam os olhares trocistas da minha querida Família Mistério… Amanhã volto a fechar a boca! Infelizmente não consegui resistir a esta incrível receita do blog Joy The Baker.

Só preciso de água, sal e aveia para as papas de aveia. Para as bananas, preciso das propriamente ditas cortadas em fatias na diagonal, manteiga sem sal, açúcar mascavado, sal e natas ou leite. Finalmente, vou precisar também de iogurte grego, mel, canela em pó e nozes pecan tostadas e partidas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original. 

0S9A5003-683x1024.jpg

 

 

o aperitivo mais popular de 2016: pão no forno recheado com queijo e corações de alcachofras

Acabou. Ao sexto dia consecutivo de chuva, tenho de tomar uma atitude drástica para me proteger do mau tempo. Das duas uma: ou compro um guarda-chuva ou faço este divinal aperitivo de queijo para o jantar. Confesso que ainda ponderei muito bem entre as duas hipóteses. Reconheço até que estive com um guarda-chuva na mão. Mas optei pelo queijo. Entre uma cabeça seca e um estômago cheio, privilegio sempre o estômago – até porque a cabeça encharcada seca rapidamente.

E foi assim que hoje caí nos braços desta divinal receita do blog Tastes Better From Scratch. Ainda por cima, foi o aperitivo para molhar (uns chips de batata doce ou umas tostas) mais popular do Pinterest no ano passado, com um total de 232 mil partilhas.

Tudo o que vou precisar é de um pão, sour cream (natas azedas), maionese (eu vou substituir por iogurte grego), queijo creme, parmesão ralado, alho picado, corações de alcachofras de lata ou de frasco e endro fresco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

2c9a9d9dd5372602144cba8542b101ad871699e3.jpeg

 

 

creme de chocolate, iogurte grego e mirtilos, uma sobremesa deliciosamente original para o seu fim de ano

Parece um iogurte mas é uma sobremesa maravilhosa. Primeiro porque tem uma apresentação tentadora, em camadas coloridas e apetitosas, depois porque junta dois dos meus ingredientes preferidos: chocolate e mirtilos. A receita, do blog Modern Taste, é muito fácil de fazer e é uma excelente ideia para o seu jantar de passagem de ano.

Para a camada de mirtilos, só precisa de mirtilos, iogurte grego, açúcar e gelatina. Para a camada de chocolate, precisa de queijo creme, chocolate preto, manteiga e açúcar em pó. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 5 pessoas, espreite aqui a receita original.

aefc6cbf2eb731ea19a5d13d20f9bc8a.jpg

 

 

a entrada que vai deixar a sua família embevecida neste natal: ovos recheados com iogurte grego e mostarda de dijon

Ovos-Recheados-6.jpg

Está desesperadamente à procura de uma entrada que deixe toda a família de queixo caído na noite de Natal? Quer uma receita tão deliciosa que revolucione para sempre o Natal em sua casa? E que, ainda por cima, seja light e tão espectacular como a Angelina Jolie depois de acordar? Ok, ou como o Brad Pitt de tronco nu?...

Então, tenho só três palavras para lhe dizer: ovos, iogurte e grego. E mostarda. E cebolinho. E paprika. Esta divinal entrada de Natal nasceu de mais um desafio que nos foi lançado pela magnífica Mostarda Maille de Dijon. Nós, cá em casa, adoramos todos mostarda (sim, até as crianças...) e a Maille desafiou-nos a criar uma entrada de Natal com mostarda de Dijon. O resultado são uns fantásticos ovos cozidos recheados com uma hiper-cremosa mistura de iogurte grego com Mostarda Maille de Dijon. Por cima, leva cebolinho e paprika salpicada.

E sabe o que é o melhor de tudo? Esta receita é tão fácil de fazer que, para a aprender, só precisa de um vídeo de 50 segundos. Espreite lá...

 

  

bolinhos saudáveis de beterraba e queijo feta, um lanche colorido ou um aperitivo original?

Parecem biscoitos mas na prática são bolinhos salgados, ou melhor, são fritos, mas não se assuste: estou a falar-lhe de fritos saudáveis e super coloridos, irresistíveis para qualquer criança. Esta receita do blog Sugar et Al é ideal para um lanche, um snack a meio do dia ou pode ser mesmo um requintado aperitivo. São bolinhos fáceis de fazer e simplesmente deliciosos. Além de que, se não gostar de beterraba (o que é uma pena porque a cor é imbatível) pode usar os seus legumes preferidos: ervilhas esmagadas, cenoura ralada, milho, tomate, couve, o que preferir!

Para fazer esta maravilha, vai precisar de ovos, farinha integral com fermento, leite, puré de beterraba assada no forno (passe-a pelo liquidificador depois de a assar no forno), queijo feta esmagado, tomilho fresco picado, sal e pimenta, azeite, e ainda: iogurte grego e molho pesto para servir. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_0988-740x1110.jpg

 

 

panquecas de banana, flocos de aveia e iogurte grego: será que encontrei o brunch mais fácil e saudável de sempre?

Não tenho palavras. Não sei bem o que dizer. Esta receita é boa demais para conversas de chacha. Umas panquecas feitas com iogurte grego já seriam qualquer coisa de indigno. Agora se lhes juntar banana e flocos de aveia em vez de farinha, então chegámos ao paraíso da comida saudável.

E, com isto, já estou com mais uma conversa de chacha. Esta receita do fantástico blog Running With Spoons exige o mesmo silêncio solene de um fado coimbrão. Por isso, passemos aos finalmentes.

Para fazer esta delícia, só vou precisar de iogurte grego, banana, flocos de aveia, ovos, leite de amêndoa, fermento, extracto de baunilha e mirtilos. Não há cá farinhas, açúcares e outras invenções do demónio. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Blueberry-Banana-Greek-Yogurt-Pancakes4.jpg

 

 

iogurte grego com granola de mirtilos, será que é desta que a minha vida vai mudar?

Uma das minhas melhores amigas decidiu que vai mudar a minha alimentação. Coitada. Ainda deposita esperança em mim. Meteu na cabeça que vai fazer todo um plano para a minha alimentação. Não que esteja gorda, longe disso, porque ela não se preocupa com esses pormenores irrelevantes. Mas sim, com a minha rica saúde. Tão amorosa. Ela, que se transformou num verdadeiro guru da alimentação saudável, acha que vai conseguir mudar os hábitos de um caso perdido como eu. Primeira regra, diz-me ela: faz uma taça colorida de manhã, com iogurte, fruta, sementes, granola.

Yes, sir. Os seus desejos são ordens. Hoje dei o primeiro passo para mudar de vida. Nada de leite e torradas ao pequeno-almoço e cumpri as ordens da minha amiga guru: fiz esta espetacular taça colorida que descobri no incrível blog Half Baked Harvest.

A receita é fácil mas requer alguma preparação. Isto de ser saudável dá trabalho.

Para a granola de mirtilos, precisei de flocos de aveia (o ideal é sem glúten), amêndoas picadas, sementes de abóbora, óleo de coco derretido, xarope de ácer ou mel, extrato de baunilha, bananas maduras esmagadas, raspas de um limão e mirtilos frescos.

Para compôr a taça, só precisei de um iogurte grego natural, fruta fresca (mirtilos, banana, maracujá, etc.), abacate cortado às fatias, frutos secos (amêndoas, pistácios) e sementes (cânhamo, chia), mel ou xarope de ácer e flores comestíveis (opcional).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Blueberry-Muffin-Granola-Greek-Yogurt-Breakfast-Bo

 

 

batata doce recheada com salmão fumado e molho de iogurte grego, a minha nova receita favorita

Eu sei que sou obcecada por batata doce. Também sei que adoro salmão. Mas quando uma receita junta na sua lista de ingredientes batata doce, salmão fumado e iogurte grego, é um encontro apoteótico, quase romântico, mais ou menos como juntar a Maria Leal e o Mister Gay num dueto. Estou a brincar. Isso é só assustador e esta receita do blog The Little Green Spoon é um sonho.

Só preciso de batata doce, iogurte grego, sumo de meio limão, alcaparras, salmão fumado, endro picado, azeite, sal e pimenta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_81102.jpg

 

 

o brunch mais saudável para este fim-de-semana: panquecas sem glúten feitas com iogurte grego e flocos de coco tostados

Acabou. Atingi todos os objectivos que tinha na vida: já tive um filho (na verdade, foi um pouco mais do que um), já plantei uma árvore e agora também já cozinhei uma panqueca com iogurte grego. É difícil encontrar alguma coisa melhor do que esta fabulosa combinação de iogurte grego, farinha de sorgo (é um cereal, não tem nada a ver com o sogro) e flocos de coco tostados. Ainda por cima, não leva açúcar refinado.

Esta maravilhosa invenção do blog Heartbeet Kitchen foi a estrela do nosso brunch de ontem e até teve direito à aprovação régia da guru das dietas, a minha querida e estimada Mulher Mistério. 

Tudo o que vai precisar para fazer esta maravilha é de farinha de sorgo, fermento, iogurte grego, leite, um ovo, sal, extracto de baunilha e vários toppings opcionais: kiwi, manteiga de coco (veja aqui como fazer), flocos de coco tostados e sementes de chia. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Fluffy-Gluten-Free-Pancakes-6-1.jpg