Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

sextantio, o hotel de luxo que é uma aldeia italiana do século XVI

Sextantio-Albergo-Diffuso-870.jpg

Esqueça aqueles edifícios impessoais com corredores enormes e quartos e quartos seguidos com portas iguais de um lado e do outro. O Sextantio é algo de único e completamente diferente. O seu nome completo, Sextantio Albergo Diffuso, explica o conceito deste hotel, que está distribuído por entre as casas dos residentes de uma aldeia do século XVI, no topo de uma montanha na região de Abruzzo, em Itália. Os quartos estão espalhados por entre as várias casas e edifícios da aldeia. São 29 e são surpreendentes.

17943__870x_sextantio-albergo-diffuso-01_870.jpg

17957__870x_sextantio-albergo-diffuso-14.jpg

17959__870x_sextantio-albergo-diffuso-16.jpg

17960__870x_sextantio-albergo-diffuso-17.jpg

A traça original dos edifícios foi mantida e os quartos conseguem ser antigos e modernos ao mesmo tempo mas com todo o conforto do século XXI: chão aquecido, internet, casas de banho com assinatura de Philippe Starck, como a famosa banheira em forma de ovo, e lareiras restauradas que ainda conseguem fazer um lume imponente e aconchegante. Há também uma pequena “cantina” onde se pode tomar o pequeno-almoço ou um digestivo e um restaurante que serve gastronomia típica da região.

17948__870x_sextantio-albergo-diffuso-05.jpg

17967__870x_sextantio-albergo-diffuso-24.jpg

17963__870x_sextantio-albergo-diffuso-20.jpg

17958__870x_sextantio-albergo-diffuso-15.jpg

A ideia é viver como os locais, bom, com condições “ligeiramente” melhores, a começar pela decoração dos quartos. Mas, pelo menos, não corre o risco de se sentir isolado num qualquer bar de hotel ou num quarto igual a tantos outros no meio de um infindável corredor com um ar condicionado incontrolável. Aqui, a cerca de duas horas de carro do aeroporto de Roma, vai sentir-se um aldeão em pleno meio rural italiano.

17995__870x_sextantio-albergo-diffuso-54.jpg

17966__870x_sextantio-albergo-diffuso-23.jpg

17953__870x_sextantio-albergo-diffuso-10.jpg

17964__870x_sextantio-albergo-diffuso-21.jpg

17954__870x_sextantio-albergo-diffuso-11 (1).jpg

A partir de 150 euros por noite, pode dormir num destes maravilhosos quartos com lareira, tomar banho numa destas banheiras magníficas, desfrutar de uma paisagem de sonho, aproveitar para conhecer a história, a arquitetura e o património local de uma região de uma beleza rara, e, sobretudo, namorar, namorar muito, porque este ambiente não pode ser mais romântico.

17949__870x_sextantio-albergo-diffuso-06.jpg

17952__870x_sextantio-albergo-diffuso-09.jpg

17950__870x_sextantio-albergo-diffuso-07.jpg

17951__870x_sextantio-albergo-diffuso-08.jpg

Será que Ele percebeu a indireta? O melhor é ser mais direta porque os homens adoram fazer-se de parvos: podes marcar, meu querido Marido Mistério. Podes escolher o fim de semana, não sou esquisita. O preços dos aviões? Sei lá. Não posso ser eu a tratar de tudo, não é?

17988__870x_sextantio-albergo-diffuso-47.jpg

Bom fim de semana,

Ela


fotos: sextantio 

monteverdi, o refúgio na toscânia para onde eu ia já amanhã

69556-tosc-12.jpgCom o inverno à porta, o que apetece mesmo é um refúgio no campo, com a lareira acesa e umas mantinhas cá fora enquanto se aprecia a paisagem com um copo de vinho (ou de gin, claro!) numa mão e um bom livro na outra. Podia estar a falar do Alentejo que tem sítios deliciosos (eu sei) mas, como sabem, tenho a mania das grandezas, por isso, apetecia-me mais uma coisa deste género:

10519759_793721690689821_6014229139056853213_o.jpg

10372913_745654258829898_140742585328527572_o.jpg

monteverdi-070.jpgPegar na Família Mistério e partir à descoberta da Toscânia, das suas vinhas, dos seus campos, das suas montanhas, da sua história. Em pleno Vale de Órcia, há um lugar para onde eu fugia já amanhã e ficaria durante uma semana inteira ou duas ou três: o Monteverdi Tuscany, um boutique hotel que nasceu no alto da aldeia de Castiglioncello del Trinoro, que data do século XII.

858098_717930558268935_6884934446689224593_o.jpg

10496035_793713977357259_1493347567890176323_o.jpg

hotel-monteverdi_05.jpgAlém do edifício do hotel propriamente dito, o Monteverdi tem três villas privadas, todas com uma decoração contemporânea e os luxos da vida moderna, respeitando os traços da arquitetura medieval. Toda a reconstrução das estruturas respeitou o estilo da época de origem, manteve os arcos, as escadas e as vigas originais e recorreu aos materiais locais, como a madeira, o granito e o mármore. O resultado é um equilíbrio perfeito entre o antigo e o moderno. O sítio ideal para dar algumas aulas de história ou de geografia à nossa imensa prole.

P53-Monteverdi-Traveller-21May13-Bernard-Touillon_

monteverdi-tuscany_03.jpg

hotel-monteverdi_15.jpg

A decoração de interiores, a cargo da talentosa designer Ilaria Miani, é maravilhosa. Simples, elegante, confortável e com muita pinta, transpira bom gosto. As villas, que têm entre dois e seis quartos, só podem ser alugadas à semana. Incluem uma cozinha com equipamento de última geração, onde um chef exclusivo poderá preparar deliciosos pratos típicos da Toscânia. Além disso, conte com uma adega, quartos com móveis de design e casas de banho com banheiras XL. Acho que uma villa com três quartos chega perfeitamente para nós!

hotel-monteverdi_11.jpg

1966042_811899472205376_2924338675045479428_o.jpg

hotel-monteverdi_07.jpg

O boutique hotel tem sete quartos de design. Tal como nas villas, estas acomodações refletem o equilíbrio perfeito entre o antigo e o moderno: ao mesmo tempo que os tetos mantêm as vigas de madeira originais, os interiores estão repletos de autênticas obras de arte contemporâneas. A decoração também é clean e minimalista, o gosto irrepreensível.

984035_713324228729568_7432457584671930414_n.jpg

E agora, a machadada final que será música para os ouvidos do meu querido Marido Mistério: a cozinha do Monteverdi é criativa e inspiradora, recorrendo aos ingredientes que cultivam na propriedade, como ervas aromáticas, azeitonas, tomate, queijo pecorino feito a partir do leite das ovelhas da região, ou o presunto curado dos javalis selvagens que vagueiam pelos bosques vizinhos. Tudo isto e muito mais nas mágicas mãos do antigo chef da Locanda Locatelli, Paolo Coluccio. Já para não falar das caves recheadas de vinho produzido neste delicioso vale italiano.

hotel-monteverdi-siena-italy.jpg Qual vai ser a primeira pergunta que vai sair da boca dele?

- É caro?

Claro que é caro. Já sabes que quando sonho, sonho alto. E respondo, em tom de sussurro:

- Parece que é a partir de €375 por noite – cada quarto.

Mas como diria a Teresa Guilherme, isso agora não interessa nada.

hotel-monteverdi_10.jpg

Bons sonhos,

Ela