Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer a omelete perfeita segundo um dos melhores chefs franceses

Acha que é simples? Que é abrir uns ovos para dentro de uma frigideira, esperar um bocadinho e já está? Por amor da santa! A cozinha é uma ciência e a omelete merece uma verdadeira tese de doutoramento. 

Vamos lá às controvérsias: costuma bater os ovos com uma batedeira antes de os colocar na frigideira? Hmmm... Usa azeite como gordura? Hmmmm.... Não mexe em nada enquanto a omelete está a cozinhar? Hmmmmm... Usa uma frigideira normal? Hmmmmmm...

Não vale a pena continuar aqui com as perguntas e com os gemidos desconfiados. O melhor é passar directamente para as respostas. E essas são dadas por Jacques Pépin, um dos melhores cozinheiros do planeta. Além de ser francês, Pépin foi o chef pessoal de três Presidentes da República, entre os quais Charles de Gaulle, e é uma das maiores referências da cozinha americana, país para onde foi viver em 1959. Para Anthony Bourdain, "se Pépin diz que é assim que se faz, então o assunto está arrumado".

Jacques Pépin ensina, neste vídeo, a fazer dois tipos de omelete francesa: a omelete típica do campo e a omelete clássica. Eu cá prefiro a omelete campestre: além de ser menos lisinha, é feita com a manteiga acastanhada, o que lhe dá um toque tostado maravilhoso. Quer aprender?

omelete.jpg